Sucessão no Senado

Share this

Nesta semana, o governador eleito e senador licenciado de Santa Catarina, Jorginho Mello, teve uma conversa com o agora suplente da senadora Ivete Appel da Silveira (MDB), Beto Martins (PL), sobre a sucessão da cadeira no Senado Federal.

Havia a previsão de que o ex-prefeito de Imbituba assumisse no próximo dia 24 de novembro, porém o regimento interno do senado impede que Beto assuma por apenas 30 dias. Martins concordou com a possibilidade de assumir eventualmente a cadeira no senado no ano que vem, com a anuência da senadora do MDB, já que ela passará a ser titular da vaga, com a posse de Jorginho como governador.

Foto: Assessoria de Imprensa JM

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.