Vice-governadora: “Mexeu com o agro, mexeu comigo!”

Em nota, a vice-governadora Daniela Reinehr afirmou ter recebido com perplexidade a notícia de que, durante um evento na Universidade do Estado de Santa Catarina, na última semana, foram proferidas palavras e ações com o nítido propósito de promover a difamação do agronegócio.

Segundo ela, no mesmo instante, pediu a apuração destas informações e a responsabilização dos envolvidos em falas ideológico-difamatórias que visam denegrir este segmento fundamental para a economia do nosso Estado e do país: o AGRO. “Não podemos permitir a subversão de valores e a doutrinação no âmbito estudantil, em qualquer que seja a sua esfera pedagógica, muito menos em uma universidade do Estado”, disse.

E mais, ressaltou que não se pode permitir que esse tipo se situação se repita. “Não podemos permitir que a Udesc se torne mais uma universidade pública ideologicamente poluída a ponto de assistirmos sua própria destruição”, completou.

Política com rumos incertos

É mais ou menos assim que está a política catarinense envolvendo, especialmente os caciques que postulam a cadeira do governo. Não se entendem. Poucos arriscam a dizer o rumo que estão seguindo, a exemplo do PSD que decidiu apoiar o nome de Gean Loureiro (União Brasil), e deixar a prateleira de cima, para ser coadjuvante.

Quanto aos demais, enrolação por completo para definir quem vai ou fica com quem. Pobre MDB, que outrora era o maior; detinha poder. Bastava, sussurrar. Hoje grita agoniado e ninguém parece ouvir.

Jorginho Mello (PL), tenho a impressão que pretende ser candidato sozinho e com o amparo apenas da imagem do presidente Bolsonaro. Nem por um momento citou com quem pode fechar para indicar o vice. E assim, vai.

Penso que nossos políticos estão debruçados num tempo que cada vez está menor. Azar deles. Quanto mais demoram, menos o povo eleitor se interessa.

Líderes do PSD e União Brasil mostram aproximação

Nesta quarta-feira (18), durante um almoço na Alesc, lideranças do PSD e do União Brasil conversaram e ficaram ainda mais próximos.

No encontro, estiveram presentes os pré-candidatos ao governo do Estado, Gean Loureiro (União Brasil), e ao Senado, o ex-governador Raimundo Colombo (PSD).

A conversa desenrolou no gabinete do presidente do PSD do Estado, o deputado estadual Milton Hobus. Pelo que se informou, já está selada a aliança.

Na foto, além de Loureiro e Colombo, chamou a atenção a presença de Eron Giordani, que está sendo cotado para ser o vice de Loureiro.

Além deles, os oito deputados estaduais que formam as duas bancadas, sendo Milton Hobus, Marlene Fengler, Ismael dos Santos e Julio Garcia, do PSD, e Jair Miotto, Felipe Estevão, Laércio Schuster e Osmar Vicentini, do União Brasil. (Fonte: Ronda Política/DI)

Créditos foto: PSD/SC

PDT de Lages elege no Diretório

A eleição ocorreu na noite de quinta-feira (12), na semana passada, na Câmara de Vereadores de Lages.

Por escolha da maioria foi eleito presidente José Amarildo Farias que exercerá a função no biênio 2022/2023. O Diretório Municipal, recebeu o nome de Jairo Córdova da Rosa, militante histórico do partido em Lages.

Ainda no histórico, do partido, a tradição política de militância no Brasil. No município, a sigla elegeu vereadores e dois prefeitos municipais.

O ex-deputado federal Fernando Coruja, filiado ao partido, é pré-candidato ao governo de Santa Catarina.

Por fim, os partidários lembram que, com a retomada da militância, a pauta trabalhista é voltada em prol das causas populares.

 Fonte: Comunicação PDT Lages

Colombo expõe panorama político atual em papo na ACIL

Na semana que passou, o ex-governador Raimundo Colombo esteve participando da reunião da diretoria da Associação Empresarial de Lages. Na pauta o panorama político para as próximas eleições.

O político relatou as razões que o levaram a desistir da pré-candidatura ao Governo do Estado. Segundo ele, nesse momento achou mais importante manter a unidade no processo político, e preferiu se colocar como pré-candidato ao Senado.

No tocante ao cenário nacional, o ex-governador prevê uma disputa acirrada à vaga para comandar o país. “Será uma eleição equilibrada, difícil. O nível de insatisfação e revolta é muito grande. As pesquisas têm mostrado um grande número de eleitores que ainda não votam nem no Lula nem no Bolsonaro e será este grupo que irá definir a eleição”, falou.

(Informações e fotos: Scheila Rosa)

Prefeito encaminha nova proposta a servidores municipais

A categoria dos servidores municipais de Lages representados pelo SindServ, Simproel e SindFisco, rejeitou esta semana a revisão da parcela única e a correção do vale de alimentação.

Diante disso, o prefeito Antonio Ceron fez nova oferta, uma contraproposta que já está oficializada e enviada aos três sindicatos.

Conforme o prefeito, a proposta é o pagamento dos 10,15% sobre o vencimento de abril de 2022 em parcela única no mês de junho de 2022. Já o Vale Alimentação, o reajuste será na ordem de 20%, também a partir de junho de 2022.

Resta saber se desta vez, haverá acordo.

Foto: Instagram

Busto em homenagem a Aracy Paim no espaço do Recanto

Boa a proposição do vereador Gerson do Santos. Não só boa, mas também um reconhecimento merecido ao idealizador da história da Festa do Pinhão, em Lages, de Aracy Paim, a ideia de erguer um busto dele na Praça João Costa, local onde são realizadas as edições do Recanto do Pinhão.

Como se sabe, Aracy Paim foi um dos grandes idealizadores da Festa Nacional do Pinhão, tendo desempenhado papel fundamental para a concretização das primeiras edições do evento. A confecção do busto foi pedido à administração municipal.

Gerson lembra que tudo isso ocorreu no início da década de 1970, quando o pinhão deixou de ser apenas um alimento e tronou-se o símbolo de uma festa, época em que Aracy Paim fazia parte da então Associação de Turismo da Região Serrana.

Em todos os eventos na praça ele tem sido lembrado, tanto que foi corretamente denominado o Recanto com o seu nome, oportunizando a todos o conhecimento sobre aquele que foi indispensável para a criação e manutenção da Festa Nacional do Pinhão.

Aldo Baptista Neto é o novo secretário de Estado da Saúde

Já está no Diário Oficial a publicação do nome do novo Secretário de Estado da Saúde. Trata-se de Aldo Baptista Neto, nomeado pelo governador Carlos Moisés.

Nascido em Rio do Sul, Neto, que é pós-graduado em administração pública, é também coronel da reserva e iniciou a carreira no Corpo de Bombeiros de Blumenau, no Vale do Itajaí, sendo importante referência em gestão de crises e desastres.

Por conta disso, assumiu a coordenação da Defesa Civil do município e participou do processo de reformulação dos protocolos relativos a deslizamentos e enchentes da região.

Atualmente, desempenhava o papel de superintendente de gestão estratégica na Secretaria de Estado da Saúde, responsável pelas ações de inteligência dentro da pasta.

Foto: Divulgação / SES