Lageano é o que mais adere ao consumo da carne de truta

A exemplo do que acontece com a tainha em municípios litorâneos, e em Urubici, onde é realizada a Festa Nacional da Truta (Fenatruta), em Lages vem sendo pensada há muito tempo a possibilidade de se criar no município alguma forma de promover ainda mais o consumo da carne do peixe. Atualmente, a produção de truta na Serra Catarinense atinge índices de grande escala.

É também em Lages e Região que o peixe industrializado, em forma de filés com e sem pele, inclusive, inteiro, está sendo distribuído em supermercados, e com ótima aceitação pelos consumidores.

Cardápio

Conforme os produtores, o peixe já faz parte do cardápio de muitas famílias. Por isso, também deveria estar incluído em algum tipo de projeto gastronômico serrano.

Afinal, por se tratar da única região a produzir truta em cativeiro e em grande escala, a inserção do produto promocionalmente, só agregaria.

Ainda de acordo com os produtores, um evento abriria oportunidade para que os visitantes pudessem saborear a carne do peixe, que é repleta de características nutricionais.

Festival Gastronômico

Os produtores entendem que o Festival Gastronômico Sabores Lages seria um dos caminhos para a difusão de um prato essencialmente preparado a partir da carne de truta. Eis aí, algo que parece ter passando em branco. A truta bem que poderia estar entre os pratos do Festival.

Fotos: ilustrativas

Petrobras anuncia redução de R$ 0,18 na gasolina

A Petrobras vai reduzir amanhã (16) o preço de venda da gasolina A para as distribuidoras de combustível em R$ 0,18. O reajuste foi informado no início da tarde de hoje (15) pela estatal.

Com a redução, o litro da gasolina vendido pela Petrobras deixará de custar R$ 3,71 e passará a custar R$ 3,53, em uma queda de cerca de 4,8%.

Justificativa

A empresa afirma que “a redução acompanha a evolução dos preços de referência e é coerente com a prática de preços da Petrobras, que busca o equilíbrio dos seus preços com o mercado global, mas sem o repasse para os preços internos da volatilidade conjuntural das cotações internacionais e da taxa de câmbio”.

Como a gasolina vendida nos postos de combustível recebe mistura obrigatória de 27% de etanol anidro, a Petrobras calcula que a sua parcela no custo final da gasolina paga pelos motoristas passará a ser de R$ 2,57 para cada litro.

Informações e foto: Agência Brasil

Em Piratuba loja tradicionalista explora a honestidade

Neste domingo, 14, ao passear pela avenida principal de Piratuba, Meio-Oeste, no Centro da cidade, deparei-me com uma curiosidade muito rara de se ver.

Uma loja tradicionalista, Armazém da Tradição, deixou uma série de produtos na calçada, sem ninguém para cuidar. Apenas o recado em uma placa na parede dizendo: “Tenda Dr. Gaúcho Honesto” – sirva-se, deposite o dinheiro na caixa ou por pix. Ainda os dizeres: “honestidade é um presente muito caro, não espere isso de pessoas baratas”. Muito bacana.

E o detalhe. Não eram produtos comuns. Havia bombas de chimarrão, cuias, facas, pelegos, mateiras, térmicas, erva-mate, chinelos, cadeiras, pelegos, entre tantas outras coisas.

Realmente uma surpresa positiva, ao ver algo assim, quase inusitado em pleno centro de uma cidade catarinense. Vale e muito o registro!

Por fim, não consigo imaginar algo parecido em pleno domingo em uma rua central de Lages, por exemplo! Em Piratuba, pelo que soube, em todos os domingos a loja repete a experiência, e sem que haja contratempos com a desonestidade de alguns.

Passeio à Piratuba no Meio Oeste

Tirei um tempo para mim e a família e decidi passar um final de semana em Piratuba, nas águas termais, no Meio Oeste. Nunca tinha antes estado nesse lugar.

Uma cidade acolhedora e um lugar bastante frequentado até mesmo nesta época de inverno. Recomendo.

No entanto, quero aqui fazer duas observações: a primeira quanto à estrada que liga Capinzal à Piratuba, a SC 150. Um trecho que há muito tempo não tem tido manutenção, e com muitos buracos. Alguns, pelo menos foram tapados provisoriamente.

É de triste constatar tanto desleixo justamente num trajeto de ligação a um dos maiores potenciais turísticos da região.

A segunda observação é relacionada ao preço da gasolina, em comparação a Lages. Há postos cobrando menos de R$ 5,00 o litro. Enfim, devem estar sabendo o que estão fazendo.  

Nas semifinais: fora de casa, Inter derrota o Carlos Renaux

O Internacional de Lages é sem dúvida a maior surpresa entre os semifinalistas do Catarinense de Futebol, da Série B, e ressurgiu praticamente das cinzas e agora está forte na disputa para o acesso à Série A, podendo sonhar até mesmo com o título.

Time comemora a classificação com torcedores colorados no Estádio Augusto Bauer, em Brusque (Foto: divulgação)

Neste sábado, 13, a vitória por 1 a 0 sobre o Carlos Renaux, de Brusque, assegurou classificação colorada. Agora, a equipe disputará com o Atlético Catarinense uma das vagas rumo à elite do Catarinense.

Gerson Omar dos Santos no Tema Livre inédito desta sexta

Na edição inédita desta sexta-feira, do Tema Livre, na Nova Era TV, uma conversa franca com o vereador e pré-candidato a deputado estadual Gerson Omar dos Santos (PSD/Lages). 

Gerson aproveitou o espaço para falar da atuação dele como vereador, e a razão de enfrentar o desafio de se enfrentar as urnas em busca de uma cadeira na Assembleia Legislativa de Santa Catarina.

O Programa vai ao ar às 21h30. Também aqui no Blog, no Portal Lages Hoje, e no meu Facebook. Na próxima quarta-feira (17), será a vez do candidato a deputado estadual Ozair Coelho (Polaco – PSD/Lages), ir ao ar na NETV, no Tema Livre.

Horários do programa na NETV

Segundas (00:30h, 08:30h, 17:30h); Terças (04h, 15h, 19:30h); Quartas (10h, 20:30h); Quintas (07:30h,

15h); Sextas (10h, 21:30h); Sábados (02:30h, 14:30h), e nos Domingos (01:30h, 11h).

Na internet acesse: www.novaeratv.net.

Foto: Alair Sell

Jimmy Burguer de Lages entre os oito do 2º Sebrae Desafia

Sebrae/SC acaba de anunciar os oito empresários selecionados para a 2ª edição do Sebrae Desafia. É a maior competição de gestão de negócios de Santa Catarina começa em outubro, e o vencedor irá ganhar R$ 90 mil em prêmios. Os selecionados podem ser conhecidos pelo http://sebrae.sc/sebraedesafia.

Entre os empresários participantes, o lageano Dmitri Arruda, conhecido como Jimmy Burguer. Com os demais, ele irá ser desafiado com provas semanais sobre gestão de negócios e será acompanhado por técnicos Sebrae/SC.

No Sebrae Desafia, os empresários terão de se reinventar para superar as provas, que tem como grande objetivo contribuir com a melhoria da gestão do negócio. Na competição, um candidato é eliminado por semana.

A premiação

O vencedor ganhará o valor em aceleração, distribuído em R$ 70 mil em espaço publicitário na NDTV | Record TV na sua área de abrangência (região). Além de R$10.000,00 em consultoria especializada do Sebrae e R$10.000,00 mil em dinheiro.

Todos os selecionados

– Márcia Aparecida Giacomossi, Dudamaria Perfumaria, São João Batista

– Cleiton Strassberg, High Tech Hospitalar, Blumenau

– Kamila da Rosa Wolf, Wolf Imobiliária, Florianópolis

– Nelson de Oliveira, Agroecon Agropecuária, Içara

–  Dmitri Arruda, Jimmy Burguer, Lages

– Vinicius Polawski de Mello, Eletriza Brasil, Caçador

– Carla Rhoden, Natural Garden, Joinville

– Dediany Leticia Guaragni, Diani Modas, Chapecó

Mulher vai poder decidir sobre fazer ou não laqueadura

O Senado Federal aprovou na tarde de quarta-feira (10) o projeto de lei (PL 1941/14) da deputada Carmen Zanotto (Cidadania/SC) que retira da legislação atual a exigência de autorização entre marido e mulher para a esterilização voluntária, laqueadura ou vasectomia. A matéria segue para sanção presidencial.

Segundo a deputada, a realidade é que raramente uma esposa precisa autorizar a vasectomia do marido e quase sempre a mulher precisa da autorização do marido para fazer o procedimento de laqueadura no Sistema Único de Saúde (SUS).

Além disso, a proposta aprovada ainda reduz de 25 para 21 anos a idade mínima a partir da qual é autorizada a esterilização voluntária, permitindo a realização do procedimento na mulher logo após o parto.

Atualmente a regulamentação do Ministério da Saúde proíbe a laqueadura durante períodos de parto, exceto em casos de comprovada necessidade.

O texto também garante a oferta de qualquer método e técnica de contracepção no prazo máximo de 30 dias.

Foto: Elaine Menke/Câmara do Deputados