Apenas duas empresas lageanas no edital da Festa do Pinhão

Contrariando a expectativa de ter duas grandes empresas: Opus e Gaby Produções, na briga pela terceirização da Festa Nacional do Pinhão, de 2023, a abertura dos envelopes do Edital na manhã desta sexta-feira (27), revelou com surpresa, a ausência das duas.

Curiosamente, outras duas empresas se fizeram presentes na abertura dos envelopes, e duas locais, de Lages. Realmente inesperado. Mas, seja como for, buscaram habilitação a empresa Homero Borges de Carvalho e a TBS Produções, de Eduardo Luzardo Rech.

A primeira foi desclassificada logo no começo por oferecer um lance de apenas R$ 50 mil, contrariando o edital. Já a TBS lançou R$ 401 mil.

Agora, para validar o lance da TBS Produções, precisa apenas apresentar, em até três dias, um documento que comprove a capacidade para a realização de eventos para públicos superiores a 15 mil pessoas, isso, por dia. Segundo informações, será providenciado. Caso contrário também será desabilitada, e novo certame será aberto.

Enfim, se tudo se concretizar, será um fato histórico, contar com uma empresa lageana tocando um dos maiores eventos de entretenimento e gastronomia de Santa Catarina.

MDB estabelece foco na escolha do Presidente da Alesc

Não tem como deixar de lado o assunto da eleição do futuro presidente da Assembleia Legislativa de Santa Catarina. O tempo está passando e ainda não há consenso em meio aos parlamentares.

Executiva do MDB se reuniu durante a semana / Foto: Assessoria de Imprensa

O que se sabe é que o MDB que conta com seis deputados na bancada, está com mais força para eleger o representante dele, o deputado Mauro De Nadal. A estratégia é interessante. O Partido decidiu centrar foco nesta eleição, e, confirmando, ganha em poder.

Por isso deixa a briga por espaços no Governo para segundo plano. Depois, caso consume o projeto de conquistar a cadeira principal da Casa terá, nas barganhas, peso muito maior. Tudo o que Jorginho Mello está tentando evitar.

Berger precisa validar na prática a conversa com Alckmin

Fora do circuito dos cargos eletivos, mas procurando exercer a influência conquistada, o ex-senador Dário Berger está tentando algo em benefício aos catarinenses. Ele tira proveito de ter na sua lista de parceiros, o vice-presidente da República, Geraldo Alckmin, ambos do PSB.

Dário ainda contou com a companhia do presidente e vice-presidente do Partido em Santa Catarina, Cláudio Vignatti e Juliano Campos. Na oportunidade, segundo informações, a conversa tratou de mostrar a relevância do Estado no contexto nacional.

Também na pauta, a necessidade do apoio às micro e pequenas empresas, geração de emprego e renda, e a busca de alternativas para o desenvolvimento desses negócios menores, que representam perto de 95% no Estado. Considero pertinente a abordagem sobre infraestrutura.

Houve, portanto, a sugestão de que seja criado um planejamento de execução das obras nas rodovias federais que cortam Santa Catarina, a exemplo das BR’s 470, 163, 280, 282, 285 e também para o início das terceiras faixas na BR 282.

Tomara que Alckmin, além de ouvir, tenha poder para que tais iniciativas saiam do papel. Aí sim, conversas nesse sentido passam a ter validade e não apenas aparição.

Foto: Instagram de DB

Governador Jorginho Mello volta a se reunir com Lula

O governado Jorginho Mello já está em Brasília, onde nesta sexta-feira (27), tem o segundo encontro com o Governo Federal. Na presença do presidente Lula irá entregar pelo menos três pleitos importantes para o Estado.

Um deles trata da conclusão das obras nas rodovias federais em SC, que se arrastam sem prazo de finalização. As proposições do Sul serão apresentadas conjuntamente pelos três governadores do Sul: Paraná, Rio Grande do Sul e Santa Catarina.

Jorginho, além da prioridade para as BRs, leva cobranças por melhorias para os portos e aeroportos catarinenses e a preocupação em reequilibrar as contas do Estado. O governador almeja obter um debate de alto nível entre governo estadual e governo federal.

Politicamente, estrão frente a frente, um apoiador de Bolsonaro, e de outro, um ferrenho adversário. É exatamente este clima adverso que o governador catarinense pretende evitar.

(Foto: Eduardo Valente / Secom)

Lei em SC para celebrar amizade entre animais e seus tutores

A história de amizade entre o influenciador catarinense Jesse Koz e o seu cão Shurastey, da raça golden retriever, ganhou o mundo. Em 2017, os dois começaram a viajar a bordo de um Fusca, tendo visitado 17 países.

Jesse Koz e o cão Shurastey. Reprodução Instagram.

O influenciador inspirou diversas pessoas, que admiravam sua coragem e liberdade de percorrer o mundo apenas com a companhia de seu cachorro.

A jornada de Jesse e Shurastey foi interrompida no dia 23 maio de 2022, após sofrerem um acidente de trânsito fatal nos Estados Unidos.

Homenagem é iniciativa de Marcius Machado

O exemplo de amizade entre o influenciador e seu cão passa agora a ser celebrado com a inclusão no calendário oficial de Santa Catarina do Dia Estadual do Shurastey e Jesse para celebrar a Amizade entre Animais de Estimação e seus Tutores.

Pontos à iniciativa do deputado Marcius Machado, do PL, (foto) e que foi aprovada pela Assembleia Legislativa. A lei recebeu a sanção do governador Jorginho Mello, na última sexta-feira (20).

A data especial será comemorada anualmente no dia 23 de maio. É quando deverão ser realizadas ações para difundir informações e conscientizar a população sobre os efeitos benéficos da convivência entre as pessoas e seus bichos de estimação.

Por Daniela Legas / Agência AL

Deputada Ana Campagnollo abre processo contra 17 pessoas

Quem está movendo processos é a deputada estadual Ana Campagnolo (PL). A ação envolve pelo menos 17 pessoas por mensagens publicadas em redes sociais, acusando-a de atos terroristas e pedindo a cassação do seu mandato.

A deputada teria publicado algo falando da Intervenção Federal, após os atos de vandalismo ocorridos no dia 8 de janeiro. Em seguida, sofreu inúmeros ataques com graves acusações, na tentativa de liga-la às invasões na Capital Federal.

(Foto: Rodolfo Espínola / Agência Alesc)

Governador Jorginho Mello é alvo de processos

O Portal Antagonista postou nesta quarta-feira (24) artigo informando que o governador Jorginho Mello (PL) é alvo de processos por ter enviado defensores públicos para auxiliar golpistas.

Diante do fato, o governador estaria na mira do Ministério Público Federal no estado, em ação que apura improbidade administrativa. Conforme adianta o Portal, a ação popular ocorre na 3ª Vara da Fazenda Pública da Comarca da Capital e no Tribunal de Contas do Estado.

A Assembleia Legislativa (Alesc) também irá conduzir uma investigação para apurar um possível crime de responsabilidade. Um grupo de advogados catarinenses também protocolou uma ação contra o governador por suposta má gestão dos servidores. A respeito do assunto, por hora, nenhuma manifestação de Jorginho Mello.

Foto: Paulo Chagas

Senado: Ivete da Silveira fechada com Rogério Marinho

Nesta quarta-feira (25), a confirmação de que a senadora Ivete da Silveira (MDB-SC), que assumiu no lugar de Jorginho Mello, fechou com os demais senadores catarinenses Esperidião Amin (PP) e Jorge Seif (PL) o apoio à eleição a presidente, do senador eleito Rogério Marinho (PL-RN). “Votar nele é a ousadia que o momento político exige. Minha decisão é a mais favorável para o Brasil e para a nossa Santa Catarina’, disse dona Ivete.

Ivete da Silveira / Foto: Edilson Rodrigues/Agência Senado

A eleição de presidente do Senado é igualmente importante. Rodrigo Pacheco (PSD-MG), contestado em todas as instâncias pela inoperância e omissão, quer continuar ocupando a presidência. A disputa, no entanto, diferente da Câmara, está mais acirrada, embora ainda mantenha favoritismo. Fora do clima interno, à sociedade brasileira tem se manifestado contrária à reeleição dele.