Covid-19: políticos contaminados pela segunda vez

Na semana passada o governador Carlos Moisés (sem partido) noticiou via redes sociais que havia sido contaminado pela segunda vez pela covid-19, mesmo vacinado com as três doses. Disse que os sintomas eram fracos, mas que não iria circular para a proteção de terceiros. Esta semana deverá voltar à ativa.

Já nesta segunda-feira (17), foi a vez do senador Jorginho Mello (PL) notificar também nas redes sociais que testou positivo pela segunda vez. Os sintomas são leves e afirmou estar tranquilo. Seguirá trabalhando remotamente. Dias atrás, quem esteve com covid foi o senador Esperidião Amin (PP).

Foto: facebook 

Presidente deve assinar hoje a ficha no Partido Liberal

Ao assinar a ficha de filiação ao Partido Liberal (PL), nesta terça-feira (30), o presidente Jair Bolsonaro chegará à sua nona legenda em seus 33 anos de trajetória política, desde que se elegeu vereador no Rio de Janeiro, em 1988.

O número de siglas pelas quais ele passou equivale ao total de mandatos que acumulou em sua vida.

Por outro lado, Bolsonaro chega ao Partido com a promessa do presidente do PL, Valdemar Costa Neto, de que terá a palavra final sobre as composições da legenda nas disputas estaduais, vetando alianças com partidos de centro-esquerda e esquerda.

Em Santa Catarina, o senador Jorginho Mello (PL), não esconde a satisfação. Como pré-candidato ao governo, dará palanque a Bolsonaro, e passa a gozar do prestígio do Presidente no Estado, o que pode reverter a seu favor no traçado que leva até o Centro Administrativo.

Foto: divulgação

Perto de duas mil pessoas no encontro estadual do PL

Com a participação de aproximadamente duas mil pessoas em Lages, no Centro Serra, o Partido Liberal apresentou o que tem de melhor para o enfrentamento das urnas no Estado, em 2022.

Assim, o encontro do PL, neste sábado, 20, mostrou força, com a reunião de prefeitos, vice-prefeitos, vereadores, deputados, filiados e apoiadores.

Alinhados

A ocasião deixou claro também o alinhamento com o presidente Jair Bolsonaro. O PL aguarda a filiação dele nos próximos dias. Tanto que, o ex-senador Magno Malta (PL-ES) que esteve presente, saiu em defesa do governo Bolsonaro e da pré-candidatura do senador e presidente do PL-SC, e também de Jorginho Mello ao governo do estado.

Já o senador Jorginho Mello, ao discursar afirmou que pretende trabalhar para que o projeto de governo se consolide cada dia mais, mesmo com sacrifícios.

Vice-governadora

Por fim, o evento que além de oficializar a filiação da vice-governadora do Estado, Daniela Reineher, que deverá buscar uma vaga na Câmara Federal, deu carta branca para Jorginho Mello buscar a eleição ao Governo do Estado.

Emocionada ela ressaltou que foi recebida com respeito e dignidade, e que no PL vai seguir defendendo as pautas alinhadas com o presidente Bolsonaro.

Fotos: Assessoria de Imprensa PL

Jorginho e Bolsonaro falam em MEI para os caminhoneiros

Caminhoneiros ganharão um programa especial de Microempreendedor Individual (MEI) que vai permitir que os trabalhadores da categoria tenham faturamento anual de R$ 300 mil. A ideia do governo é diferenciar o teto desses profissionais das demais categorias, que é de R$ 81 mil.

O anuncio foi feito nesta quinta-feira (25) pelo senador Jorginho Mello (PL) e pelo presidente Jair Bolsonaro. Como se pode ver, o senador catarinense está mais do que afinado com o líder maior da Nação. Vale o registro.

Foto: reprodução

Cedo, Jorginho Mello (PL) ambiciona o Governo de SC

Longe ainda das eleições de 2022, porém, desde já, surgem possíveis nomes para o Governo de Santa Catarina. Por hora, o mais evidenciado é o do senador Jorginho Mello (PL).

Jorginho Mello acena forte com candidatura ao Governo de SC em 2022

Aliás, Jair Bolsonaro nas visitas que fez recentemente ao Paraná e Santa Catarina, não economizou as citações do nome do Senador, numa clara alusão de que andam juntos nos projetos futuros. Nos bastidores da política cogita-se até mesmo adesão de Bolsonaro ao PL.

Pelos lados de Santa Catarina, Jorginho Mello tem, desde já, ampliado a musculatura com apoio de nomes como o do prefeito de Chapecó João Rodrigues (PSD). Vale lembrar de que na eleição passada JR se lançou como pré-candidato ao Governo, numa disputa interna com Gelson Merísio, e aí se sucedeu todo o martírio judicial com prisão e tudo de João Rodrigues.

Seja como for, os movimentos para a sucessão de Carlos Moisés já estão aflorando desde agora, o que evidencia de que, quem correr na frente poderá tomar água limpa, como diz o ditado. Mello tem escancarado o apoio de Jair Bolsonaro, o que pode dar um direcionamento favorável a ele, caso se mantenha a popularidade do Presidente.

Na Alesc, o assunto também repercute, principalmente em meio à bancado do PL e dos dissidentes do PSL, ligados ao bolsonarismo, e claro, opositores a Carlos Moisés.

Diante dos últimos acontecimentos, espera-se a partir de agora o desencadear de novos nomes ao Governo.

Sobre a quarentena do prefeito de Lages Antonio Ceron

Observei nas redes sociais muitas pessoas questionando sobre o isolamento do prefeito de Lages, Antonio Ceron, que testou positivo recentemente para o novo coronavírus.

Fui então em busca de informação a respeito, e obtive retorno da assessoria de que ele cumpriu rigorosamente o período de isolamento domiciliar, iniciado no dia 3 de junho e encerrado no dia 17. 

Prefeito Ceron está bem. Tanto que recebeu na tarde desta quinta, na Prefeitura, o senador Jorginho Mello

Por isso é que ele está tranquilamente participando de atos em pontos da cidade e despachando no Gabinete.

Foto: Iran Rosa

Jorginho Mello repassa recursos de emenda à Prefeitura de Lages

Emenda parlamentar do senador Jorginho Mello com verbas já destinadas para investimentos na construção de um novo Centro de Educação Infantil Municipal (CEIM) e para asfaltamento de uma rua, foi entregue nesta quinta-feira (18), ao prefeito Antonio Ceron. São cerca de R$ 3,1 milhões.

Além do senador Jorginho Mello, presente também no ato o deputado estadual Marcius Machado e a secretária municipal da Educação, Ivana Michaltchuk.

Para a construção do novo CEIM foi disponibilizado o repasse foi de R$ 2.839.469,15 e para a pavimentação da rua Guilherme de Almeida, no bairro São Cristóvão, um total de R$ 300.000,00.

Foto: Pablo Gomes e Iran Rosa de Moraes