Pesquisa eleitoral ao Governo: Carlos Moisés na frente

Share this

Com 23% das intenções de voto, o atual governador de Santa Catarina, e candidato à reeleição, aparece em primeiro na pesquisa realizada pelo Instituto Inteligência em Pesquisa e Consultoria (IPEC) contratada pela NSC Comunicação. Porém, neste mesmo apontamento, Moisés tem também, a maior rejeição: 27%.

Foto: Ricardo Wolffenbüttel/Secom

A pesquisa ouviu no período entre 20 e 23 de agosto de 2022, 800 eleitores, em 39 municípios. Na margem de erro, a máxima estimada é de 3 (três) pontos percentuais para mais ou para menos. Nível de confiança: 95%. Isso quer dizer que há uma probabilidade de 95% de os resultados retratarem o atual momento eleitoral. Em segundo lugar está Jorginho Mello (PL), com 16%, seguido por Esperidião Amin (PP), 15%, empatados tecnicamente. Estes, os três mais bem avaliados.

Cenário favorável ao atual gestor

A primeira pesquisa divulgada após a definição dos candidatos ao governo não apresentou novidades, na relação ao posicionamento do governador e candidato à reeleição, Carlos Moisés. Lá atrás, quando os levantamentos continham outros supostos candidatos, ele aparecia na liderança. No entanto, ele carrega o fardo da maior rejeição. Isso quer dizer que no avançar da campanha, há margem de crescimento dos candidatos mais próximos que pontuam entre 15 e 16%. Não vejo grande possibilidade de crescimento dos demais, talvez, com oscilação mínima para cima ou para baixo. Décio Lima (PT), por exemplo, não deverá passar muito dos percentuais hoje apontados no levantamento (7%).

Campanha apenas começando

A campanha oficial está apenas no começo, e até o dia 2 de outubro, obviamente, o cenário poderá apresentar diferença. Porém, caso Moisés mantenha a margem de pontos entre o segundo e o terceiro, o quadro se desenha para a real possibilidade de vitória dele, no pleito. Caso contrário, o embate tende a acirrar e a campanha estará diante de um quadro de indefinição quanto a quem será o eleito. Imagino que no decorrer da campanha, ocorra o crescimento de Esperidião Amin e Jorginho Mello. É esperar para ver.

Raimundo lidera para o Senado

Foto: Cláudio Thomas

Diferente do quadro ao Governo, o ex-governador Raimundo Colombo (PSD), lidera com folga a corrida para o Senado, com 26% das intenções de voto. Após, Dário Berger (PSB), com 9%, e Celso Maldaner (MDB), com 7%. Na estimulada, Colombo também atinge 26%. Na sequência, aparecem cinco candidatos com percentuais próximos: Dário (PSB), com 9%, Celso Maldaner (MDB), com 7%, Kennedy Nunes (PTB), com 6%, Jorge Seif (PL), com 4%, e Luiz Barboza (Novo), com 3%. Os outros cinco candidatos registraram entre 1% e 2% cada. Brancos e nulos somaram 11%. Entrevistados que não sabem ou não responderam equivalem a 29%.

OBS: A minha análise é com base nos dados da pesquisa do Instituto Inteligência em Pesquisa e Consultoria (IPEC) contratada pela NSC Comunicação.

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.