Nomes para as esferas estadual e federal na Serra Catarinense

É de Lages a maioria dos nomes que surgem para as candidaturas a deputado estadual e federal, pela Serra Catarinense. Nessas nomenclaturas que se ascendem neste período pré-eleitoral, elas aparecem como uma colcha de retalhos, em que as chances se tornam mínimas para, pelo menos, uma, chegar ao objetivo.

A pobreza da representatividade política serrana tem sido lamentada ao longo dos anos. Hoje, um estadual e um federal, a muito custo. E, neste próximo pleito? Como será?

Não tem sido por falta de esforço. Entidades tentaram até cansar, alertando com campanhas de Serrano vota em Serrano, mas sem muito sucesso. A Região tem ficado sempre no mínimo.

Pois bem. Eis o que se tem:

A Serra conta com dois deputados, um federal, Carmen Zanotto (Cidadania), e um estadual, Március Machado (PL). Ambos, vão à reeleição pelo que se sabe.

Em Lages, também a federal, surgem os nomes do vereador Jean Felipe de Souza (PP), e o do vereador Bruno Hartamann (Podemos). Para a Alesc, a lista começa a aparecer: Lucas Neves (Podemos), Samuel Ramos, não sei mais seu partido, Gerson dos Santos (PSD), e outros mais que ainda não se decidiram se vão ou não engrossar a lista dos pretensos.

Enfim. Não será nestas eleições que a Serra, novamente, fugirá da base minguada de representantes. Quem sabe, possa, desta vez, ter a chance de dois estaduais, e a manutenção de um federal. O que seria um avanço e tanto. Seguirei observando o andar das definições.

Jorginho Mello palestrou em Lages neste sábado (12)

O senador Jorginho Mello, do PL, pré-candidato ao governo do Estado foi o convidado do Lidera Serra Curso de Formação de Líderes Políticos, para falar da trajetória pública dele, na manhã deste sábado (12).

O evento na Associação Empresarial de Lages (Acil), faz parte de uma série de apresentações do gênero que objetiva formação de lideranças políticas.

O senador reiterou sua disposição de concorrer à sucessão de Carlos Moisés, e antecipou que “ressuscitará ” o Banco do Estado de Santa Catarina – Besc, caso eleito governador.

Também confirmou ao seu lado na campanha, do empresário Luciano Hang, que disputará a vaga ao senado. Hang já noticiou que fará anúncio oficial no próximo dia 18/03.

Dentre os participantes na plateia, o deputado estadual Marcius Machado e o vice-prefeito de São José do Cerrito, Leonardo Garcia Heinzen.

Informações e fotos: Oneres Lopes

Projeto de Lei põe fim às corridas de cães em Santa Catarina

Projeto de autoria do deputado Marcius Machado (PL) foi aprovado por unanimidade nesta quarta-feira (15). Para quem acompanhou, no caso os defensores, a emoção tomou conta. Pelo Projeto fica proibida as corridas de cães em Santa Catarina.

Valeu a persistência do deputado Marcius. A aprovação foi por unanimidade

Os deputados votaram o projeto na tarde desta quarta-feira (15). O texto segue para sanção do governador Carlos Moises da Silva (sem partido).

Valeu a luta do deputado e dos defensores. O assunto que gerou grande repercussão entre os protetores da causa animal e a expectativa pela aprovação do tema era muito esperada. Eles estiveram na Alesc, acompanhando a votação.

Protetores comemoram muito a aprovação do projeto

O Projeto havia sido rejeitado em agosto deste ano e em setembro, Marcius conseguiu a maioria absoluta de assinaturas dos deputados para a volta da tramitação do tema ainda neste ano.

A Lei

A proposta de Lei pretende proibir a realização de competições de corrida de quaisquer raças de cães, no Estado de Santa Catarina, principalmente dos cães galgos que costumam ser treinados para tais competições, com o uso de anabolizantes e são vítimas de maus tratos para melhorar seu desempenho. A multa poderá variar entre R$ 10 e R$ 20 mil.

Só não proíbe

A Lei não proíbe a realização de corridas de cães, em casos de treinamento pelas polícias Civil e Militar, Corpo de Bombeiros, Polícia Federal, Polícia Rodoviária Federal, para atuarem nas ações de busca e salvamento, resgates e investigações de combate ao tráfico de drogas, ao contrabando de armas e à utilização de artefatos explosivos.

Informações e foto: Assessoria deputado Marcius Machado

Reconhecimento ao profissional Mycchel Hudson Legnaghi

Em São Joaquim pouca gente valoriza o esforço do profissional da fotografia Mycchel Hudson Legnaghi, do São Joaquim Online. 

Em todos os dias do ano ele acompanha a mudança da temperatura na região, seja no inverno ou no verão, quando a geada acontece. E não por menos, o resultado desse trabalho acaba repercutindo na grande mídia de todo o país, e até no exterior.

Lugares que muita gente nem imagina, mas os registros dele estão nos noticiários

A elevação do nome da cidade de São Joaquim é enorme, e graças ao jovem Mycchel. Mas, se na cidade ele tem pouco reconhecimento, há quem de longe observa, e valoriza todo o esforço dele. E, graças à essa divulgação, o turismo do frio em São Joaquim e da Serra Catarinense tem se fortalecido a cada ano.

É o caso do deputado estadual Marcius Machado (PL) que, através de moção aprovada por unanimidade na Casa, entregou no início desta quarta-feira (8), uma honraria em reconhecimento ao profissionalismo de Mycchel, e a divulgação da cidade mundo a fora.

De minha parte, em meus espaços de comunicação também procuro dignificar o belo trabalho que ele desenvolve em prol de São Joaquim, a cidade natal dele. Quem sabe, a partir de iniciativas como essa, do deputado, a sociedade local possa também entender e valorizar aquele que tem projetado o nome do município em todo o território nacional e no exterior. 

Valeu meu amigo. Sei o que você tem passado. Que esta homenagem lhe motive a continuar seu trabalho.

Fotos: Assessoria do deputado e amigos do Mycchel

Outorga da Comenda do Legislativo Catarinense 2021

Nesta segunda-feira (29), o deputado Marcius Machado (PL) homenageou o empresário Aldorindo Speranza, na sessão de outorga da Comenda do Legislativo Catarinense 2021.

Seu Speranza é uma figura conhecida em Lages pela sua simplicidade, dedicação e qualidade de trabalho. Nascido no Rio Grande do Sul, no interior de Bento Gonçalves, Aldorindo chegou às terras catarinenses em 1991 para abrir uma fruteira.

Aldorindo Speranza foi a escolha do deputado Marcius Machado, pela resiliência e os valores familiares.

Foto: Camila Paes

Deputado Marcius homenageia Mycchel Hudson na Alesc

O profissional da fotografia do gelo, Mycchel Hudson Legnagi, do São Joaquim Online teve moção do deputado Március Machado (PL), aprovada por unanimidade em sessão ordinária desta terça-feira (9), na Alesc.

A honraria se deveu ao reconhecimento do trabalho que Mycchel desenvolve através das fotos, divulgando São Joaquim e a Serra Catarinense para o Brasil e o Mundo.

Pelo que soube, há também a mobilização de um vereador da cidade dele, para entregar uma comenda pelos serviços prestados ao turismo local e regional. Méritos!

Novo protocolo do projeto que proíbe corrida de cães em SC

O deputado Marcius Machado (PL) não desiste, e colheu assinatura da maioria dos deputados, fazendo com que volte o projeto para apreciação ainda em 2021. O texto já foi protocolado na Diretoria Administrativa.

O Projeto de Lei foi rejeitado pela maioria dos deputados no último mês, causando revolta nos protetores de animais catarinenses e em Marcius, que é representante da causa na Alesc. Na época, o deputado garantiu que não desistiria do tema.

De acordo com o regimento interno da Alesc, o Projeto rejeitado poderá ser objeto de apreciação na mesma Legislatura se tiver a assinatura da maioria absoluta dos membros, ou seja, 21 assinaturas.

Na última terça-feira (14), o deputado Marcius Machado conseguiu 27 assinaturas. O Projeto foi protocolado no plenário da Alesc no mesmo dia.

O teor do projeto

A proposta de Lei pretende proibir a realização de competições de corrida de quaisquer raças de cães, no Estado de Santa Catarina, principalmente dos cães galgos que costumam ser treinados para tais competições, com o uso de anabolizantes e são vítimas de maus tratos para melhorar seu desempenho.

 Recentemente, a Polícia Militar flagrou uma ocorrência no sul do Estado, os animais foram levados para cuidados da veterinária Kátia Chubaci.

Foto: Camila Paes

Recursos de emendas para castração de animais

Todos os municípios da Amures receberam recursos para a castração de animais graças à destinação de emendas impositivas pelo deputado Marcius Machado (PL). São cerca de R$ 500 mil. Num primeiro momento, serão pagos R$ 200 mil para os 18 municípios.

Já como irão funcionar o agendamento e a realização dos procedimentos, isso tudo será de responsabilidade de cada Prefeitura. Esta é a primeira vez que um deputado destina recursos para a castração de animais. Méritos!

Foto: Divulgação