Polaco tem longa história na política da Serra Catarinense

O vereador de Lages e candidato a deputado estadual pelo Partido Social Democrático (PSD), Ozair Coelho, 61 anos, mais conhecido como Polaco, é natural de Ponte Alta (SC). Casado, pai de cinco filhos, tem longo histórico na vida política.

Iniciou em Otacílio Costa/SC, onde foi Vereador, eleito em 1992 pelo Partido da Reconstrução Nacional (PRN), o mais votado no pleito. Foi Presidente da Câmara de 1995 a 1996; e Vice-Prefeito, eleito em 1996 com 3.825 votos, na chapa encabeçada por Nelson Melo de Liz, do Partido Democrático Trabalhista (PDT).

Nas eleições de 2000 e 2008 concorreu ao cargo de Prefeito de Otacílio Costa, pelo Partido da Frente Liberal (PFL), e em 2008, pelo Democratas (DEM), mas ficou na segunda colocação nas três disputas.

Na Alesc assumiu cadeira como suplente 

Em 2006, candidatou-se a Deputado Estadual para a Assembleia Legislativa de Santa Catarina, pelo Partido Popular Socialista (PPS), obteve 6.862 votos, ficou na posição de 3º Suplente, foi convocado duas vezes em 2010, já filiado ao DEM, e tomou posse à 16ª Legislatura (2007-2011).

Registro ao lado dos candidatos ao Governo, Gean Loureiro e Eron Giordani

Mesmo como suplente, teve participação ativa na passagem pelo Parlamento, onde participou de algumas Comissões Permanentes: Pesca e Agricultura; Trabalho, Administração e Serviço Público; Economia, Ciência, Tecnologia, Minas e Energia; Turismo e Meio Ambiente; Educação, Cultura e Desporto.

Vida política em Lages

Ao escolher Lages para morar, decidiu retomar a vida política, após um sério incidente que culminou com a morte de um filho. Assim, em 2017, assumiu a Direção Administrativa da Secretaria Municipal de Agricultura e Pesca de Lages/SC.

Aos poucos, o envolvimento com meio político foi sendo retomado. Nas eleições de 2020, foi eleito Vereador à Câmara de Lages, pelo Partido Social Democrático (PSD).

Agora, encara novamente o desafio de se tornar deputado estadual, pelo PSD, carregando como bandeira inúmeros projetos, alguns já exercidos na condição de vereador, caso da clínica Pró-Autismo, já funcionando em Lages. A proposta é levar para outros municípios polos do Estado.

Fotos: Assessoria de Imprensa

Gean Loureiro prestigiado na arrancada da campanha

A centralização geográfica de Lages no Estado tem sido palco de lançamentos de muitas campanhas políticas ao longo dos anos. Neste sábado (20), em uma manhã gelada, os correligionários da coligação “Bora Trabalhar” lotaram o Centroserra Convention Center. No horário previsto, por volta das 10 horas, os candidatos já estavam em meio às pessoas. Gean Loureiro (UB), nome ao governo, chegou acompanhado da esposa Cíntia.

Com ele, o seu vice, Eron Giordani (PSD), e o candidato ao Senado, o “dono da casa”, por ser lageano, o ex-governador Raimundo Colombo. O coordenador da campanha, o prefeito de Chapecó, João Rodrigues (PSD), também esteve presente.

Aproximadamente duas mil pessoas, imagino, prestigiaram o evento que marcou a arrancada da campanha do candidato ao governo Gean Loureiro. Inúmeros outros candidatos a deputado federal e estadual vindos de várias regiões do Estado fizeram parte do ato. Somente de Lages eram três estaduais e um a federal.

Os discursos foram sucessivamente acontecendo, em que todos ressaltaram o crescimento da campanha, e a crença de que os nomes postos ao governo são a melhor opção aos eleitores de Santa Catarina.

Ceron abraça candidatura de Gean, Eron e Colombo

O prefeito de Lages, Antonio Ceron, como bom anfitrião abriu as falas, ocasião em que tirou de vez as dúvidas, minhas, inclusive, de quem deveria apoiar neste pleito para governador, Carlos Moisés ou Gean Loureiro.

A fidelidade, segundo ele, falou mais alto, e declarou abraçar a candidatura do ex-prefeito de Florianópolis. Enalteceu a juventude do candidato a vice Eron Giordani, e os laços de amizade de longa data com Raimundo Colombo, seguindo assim, o destino do PSD nas eleições de outubro.

Fotos: Paulo Chagas

Gean Loureiro anuncia arrancada da campanha em Lages

O candidato Gean Loureiro (UB), nesta quinta-feira (18), encontra-se visitando municípios do Oeste. Na Sexta (19), estará no Meio-Oeste.

E, no sábado, 20, ao lado do candidato ao Senado, Raimundo Colombo, e do vice, Eron Giordani, estará marcando a arrancada da campanha num grande encontro programado para às 10 horas, no Cento de Eventos, em Lages.

A expectativa é de que estejam presentes todos os candidatos de Santa Catarina, aliados à coligação.

Foto: Fecam

Gean Loureiro: palavras de efeito

Raimundo também deu uma palavrinha ao Blog.Entrevista com Gean Loureiro:

O pré-candidato ao Governo de SC pela coligação entre o União Brasil e o PSD, Gean Loureiro, teve uma fala incisiva e direta. Formado em Direito, deu o recado com diplomacia. Inicialmente se apresentou. Contou que começou a carreira política bastante jovem, e foi eleito o vereador mais jovem do Estado, em Florianópolis. Confessou nunca ter participado de uma majoritária estadual.

Impressionou ao contar a passagem pela Prefeitura da Capital, e pela narrativa, conseguiu fazer uma boa administração, a partir de uma visão política e administrava, sem o viés ideológico. Assim, concluiu 256 obras inacabadas, e em um ano, em 2019, implementou outras 2 mil. Sem contar, o fato do ajuste das contas públicas. Usou da austeridade para isso.

Governo voltado para o social

Pelos relatos, Gean Loureiro deu a entender que preza muito a questão do social. Citou o exemplo de programas implantados em Florianópolis, e com bons resultados. Caso da qualificação através de cursos, a mais de 400 moradores de rua.

Nasce então, a proposta de que se faça um estudo e que os problemas sociais possam ser resolvidos a partir de estruturas regionais, ampliando assim, o desenvolvimento social.

Não basta ter economia forte

Apontou que não basta o Estado ter uma economia forte, e pensar que está tudo resolvido. Em tom crítico não de pode deixar crianças morrendo por falta de UTI, e ter perto de 106 mil pessoas à espera em filas de cirurgias eletivas.

Moisés e Bolsonaro

Gean Loureiro comemorou a eleição de Carlos Moisés atrelada ao presidente Jair Bolsonaro. Segundo disse, imaginava que o Estado teria todas as portas abertas com o Governo Federal. No entanto, logo se decepcionou, com o posicionamento contrário dele ao Presidente, logo depois de eleito. “Não esteve nenhuma vez despachando em Brasília com Bolsonaro”, lamentou.

Ao mesmo tempo, disse acreditar na reeleição de Bolsonaro e que pretende trabalhar ao lado dele, e cuidar de projetos, como os das rodovias federais, pois, elas também são problema de todos os catarinenses que por elas transitam.

BR 282 e Ceasa

Lembrou que pelo menos as terceiras pistas da BR 282 já poderiam ter sido feitas em toda a extensão, e de que perdeu amigos nesta estrada, por falta de investimentos. Se comprometeu em implantar uma unidade da CEASA – Centrais de Abastecimento do Estado de SC, em Lages.

Plano1000

Por fim, sem desacreditar, prometeu dar a mesma continuidade ao Plano 1000, nos próximos quatro anos.

Raimundo Colombo

Raimundo Colombo destacou a importância da eleição de Gean e de Eron para o desenvolvimento da região.

Após o pronunciamento, Colombo foi muito aplaudido pelos mais de 400 participantes do encontro.

Raimundo também concedeu entrevista ao Blog.

Entrevista com Eron Giordani – pré-candidato à vice, de Gean Loureiro

Fotos: Paulo Chagas e Cláudio Thomas

ACIL apresenta lista de pleitos a candidatos ao Governo de SC

No primeiro Ciclo de Apresentações dos Candidatos, um grande público compareceu na Associação Empresarial de Lages (ACIL) na noite desta quarta-feira (3). A ideia é muito boa. Torna-se relevante para dar aos candidatos ao Governo, a oportunidade de apresentar as propostas. 

O primeiro dos ciclos abriu espaço para os pré-candidatos ao Governo e ao Senado: Gean Loureiro (UB), ao vice, Eron Giordani (PSD) e ao Senado, Raimundo Colombo (PSD).

A vice-presidente da ACIL, Janelise Royer dos Santos, foi quem apresentou uma lista de pleitos que a entidade considera prioritária para o desenvolvimento regional e catarinense. Confira um a um abaixo:

  1. BR 282: construção de terceiras pistas no trecho entre a BR 116 e o contorno viário de Florianópolis (BR 101) e seu concessionamento;
  2. Continuidade na pavimentação asfáltica no trecho da SC 390, entre Bodegão e São Joaquim;
  3. Compromisso com a continuidade de estratégia de manutenção da municipalização de recursos estaduais;
  4. Efetivação do edital de construção das ZPE – Zona de Processamento e Exportação;
  5. Equiparação de IDH – índice de desenvolvimento humano da região da Serra com o estado de SC;
  6. Implantação de uma unidade da CEASA – Centrais de Abastecimento do Estado de SC, em Lages;
  7. Asfaltamento da rodovia SC 284 entre Palmeira e Correia Pinto;
  8. Construção da subestação da CELESC;
  9. Conclusão das obras do asfalto na SC 370 – trecho serra corvo branco;
  10. Anel viário em São Joaquim;
  11. Uso e ocupação do solo no bioma Mata Atlântica – Fortalecimento do Código Ambiental Catarinense, frente às notificações do IBAMA, na Serra;
  12. Viabilização da duplicação dos trechos prioritários na BR 116;
  13. Pavimentação da rodovia SC370 trecho Urubici a Rio Rufino.

OBS: Estes pleitos serão apresentados em todos os Ciclos, oportunamente, aos candidatos que tiverem interesse em participar.

Fotos: Paulo Chagas

ACIL abre espaço para apresentação de candidatos

A ACIL está dando início ao Ciclo de Apresentações dos Candidatos, um evento que tem o objetivo de criar e disponibilizar um espaço democrático e participativo para que os candidatos que concorrem às eleições em outubro, tenham a possibilidade de apresentar suas propostas.

Assim, recebe neste 1º Ciclo: 

Raimundo Colombo – pré-candidato a Senador 

Gean Loureiro – pré-candidato a Governador

Eron Giodani – pré-candidato a Vice Governador

O encontro ocorre às 19 horas. Antes, porém, às 18h40, haverá uma coletiva à imprensa com os pré-candidatos.

PSD da Serra terá dois nomes na disputa a estadual

A convenção do PSD na tarde deste sábado (23), no Centro Sul em Florianópolis acabou homologando os nomes de Ozair Coelho (Polaco) e Gerson dos Santos. Ambos vão se enfrentar e disputar os votos do partido em Lages e na Serra Catarinense.

Polaco, no registro, ao lado da família

Segundo Polaco, a responsabilidade é grande. Entre os desafios, atenção especial ao autismo em Santa Catarina. “Não tenho palavras para descrever o que sinto e por ter oportunidade de representar tanta gente boa. Vamos para cima, porque vale a pena!”, disse Polaco.

Gerson dos Santos é também vereador de Lages, e pela primeira vez estará enfrentando o desafio de tentar chegar à Assembleia Legislativa.

Na mesma ocasião, foram homologados os nomes do ex-prefeito da Capital, Gean Loureiro (UB), que juntou o PSD e ao Patriota. Ao lado de Gean, como vice, o oestino e ex-secretário da Casa Civil do governo Moisés, Eron Giordani (PSD). O ex-governador Raimundo Colombo (PSD) completa majoritária e estará na disputa pelo Senado.

Fotos: divulgação

Coligação União Brasil, PSD e Patriota faz convenção dia 23

A coligação realiza sua convenção neste sábado, 23, que deve homologar as candidaturas do União Brasil, PSD e Patriota. Na majoritária estão Gean Loureiro (União Brasil), vice, Eron Giordani (PSD) e ao Senado, o lageano e ex-governador, Raimundo Colombo (PSD).

No evento, ainda serão homologados outros candidatos da coligação de Santa Catarina para a disputa aos cargos de deputado estadual e de deputado federal.

A convenção será realizada no Centro de Convenções Centro Sul, em Florianópolis, das 16h às 18h. A expectativa de público é de 2 mil pessoas, de todas as regiões do Estado.

Às 15h30, terá uma coletiva de imprensa para jornalistas e colunistas, com a presença de Gean Loureiro, Eron Giordani e Raimundo Colombo

Também no sábado, na Alesc, o Podemos realiza a convenção, bem como, às 19 horas, igualmente na Alesc, o republicanos irá homologar a candidatura à reeleição do governador Carlos Moisés.

Fonte; DI Regional / Créditos: Bruno Pace Dori/Diário do Iguaçu