Governador confirma licitação de projetos de novas ferrovias

Eis uma ideia que há muito tempo vem sendo falada, mas nunca colocada em prática. Desta vez, parece que sai do papel. Pelo menos é o que disse o governador Carlos Moisés durante o encontro de governadores do Codesul, em Chapecó, nesta segunda-feira (21).

Segundo ele, autorizou o lançamento de dois editais de licitação para projetos que criam novas ferrovias em Santa Catarina. Trata-se do Corredor Ferroviário Catarinense, que ligará Chapecó a Correia Pinto e terá 319 quilômetros de extensão, e a nova Ferrovia Interportos, entre Itajaí e Araquari, com 72 quilômetros de comprimento.

Apenas nos projetos, o Governo do Estado deverá investir cerca de R$ 40 milhões. A assinatura ocorreu durante o encontro dos governadores do Codesul na manhã desta segunda-feira, 21, em Chapecó.

Segundo disse ainda, os projetos são para o longo prazo, num planejamento estratégico para o ano de 2035, quando Santa Catarina contará com 2,1 mil quilômetros de ferrovias em operação, o que inclui a construção de novos ramais, a recuperação de trechos e a manutenção dos traçados já existentes.

Corredor litorâneo

Além da questão ferroviária, o governador Carlos Moisés também apresentou o projeto do novo corredor litorâneo. A nova rodovia terá 145 quilômetros de extensão e ligará Joinville a Biguaçu, na Grande Florianópolis, três faixas de rolamento em cada sentido. O investimento para implantação está estimado em R$ 6 bilhões.

Foto: Maurício Vieira/Secom

Governador Carlos Moisés assume presidência do Codesul

O governador catarinense Carlos Moisés é o novo presidente do Conselho de Desenvolvimento e Integração Sul (Codesul).

O gestor tomou posse no cargo na manhã desta terça-feira, 30, em cerimônia realizada no Palácio Iguaçu, sede do Governo do Paraná, em Curitiba. Ele sucede o governador paranaense Carlos Massa Ratinho Júnior.

Ao tomar posse como presidente do Codesul, Carlos Moisés elogiou o trabalho do antecessor e destacou o modal ferroviário como um assunto que deve unir os quatro estados na busca por soluções conjuntas e integradas.

O Conselho

O conselho foi criado em 1961, por Santa Catarina, Rio Grande do Sul e Paraná. Em 1992, o Mato Grosso do Sul também passou a fazer parte.

O objetivo é fortalecer o desenvolvimento da região, colocando os quatro estados membros em um único patamar de desenvolvimento econômico e social.

Fotos: Itamar Aguiar/ Palácio Piratini / Peterson Paul/Secom

Quatro governadores em coletiva de imprensa

A partir das 12h desta segunda-feira, (19), na sede da Fiesc, em Florianópolis, os jornalistas poderão conversar com os governadores de Santa Catarina, Rio Grande do Sul, Paraná e Mato Grosso do Sul.

A coletiva será no dia da reunião do Conselho de Desenvolvimento e Integração Sul (Codesul).

Em pauta, o aumento e melhoria na distribuição de gás natural na região Sul, questões indígenas, criação de um órgão de planejamento e gestão para a região e a assinatura do protocolo de cooperação conjunta na defesa sanitária.

Bem que algum jornalista poderia perguntar discretamente para o governador Tarso Genro, do RS, sobre o asfaltamento do trecho do Caminho das Neves, que passa por Bom Jesus.