Criatividade: em Palmeira o 1º Concurso de Decoração de Natal

O Blog enaltece a iniciativa da Prefeitura Municipal de Palmeira, que, com o apoio da Sala do Empreendedor está realizando o primeiro concurso de decoração de Natal.

A ideia principal é a de incentivar o envolvimento do comércio local e tornar a cidade mais bela para as festividades natalinas, estimulando a participação dos moradores do município.

As inscrições já estão abertas, gratuitas, e encerram no dia10 de dezembro. Quem quiser participar só precisa fazer o preenchimento completo da ficha de inscrição que estará disponível na Sala do Empreendedor, localizada no hall de entrada da Prefeitura.

Após feita a inscrição e decoração da casa, no dia 13 de dezembro, no período noturno, a equipe da prefeitura fará uma sessão de fotos das residências decoradas.

Moradores decidem

Caberá à população decidir a casa mais bonita através de curtidas nas redes sociais, entre o dia 14 de dezembro e 16 de dezembro. Os inscritos terão as fotos de sua residência publicadas na página do Facebook e Instagram da Prefeitura até às 23h59min.

A divulgação dos ganhadores e entrega dos prêmios será realizada no dia 17 de dezembro durante a festa Natal Encantado.

E tem premiação

A casa decorada que receber mais curtidas ficará em 1º lugar no concurso, recebendo o prêmio de R$1.000,00, em 2º lugar R$ 300,00 e 3º lugar R$200,00.

Vale o registro da iniciativa. Méritos!

Imagem: Ilustrativa/divulgação 

Serra como centro do agronegócio de Santa Catarina

O setor do agronegócio está bastante agitado neste terça-feira (23), com a notícia de que o gigante asiático, a China, vai voltar a importar carne bovina do Brasil. No entanto, puxo o assunto, valorizando a força do agronegócio na Serra Catarinense.

Na noite desta segunda-feira (22), por ocasião do último leilão do ano do Sindicato Rural de Lages, no Parque Conta Dinheiro, o presidente da entidade Márcio Pamplona lançou importantes números.

Em 2021, na comparação com 2020, a comercialização de animais teve um incremento de apenas 8,5%. No entanto, o faturamento ficou acima dos 75%. No ano passado o volume financeiro alcançou R$ 16 milhões 639 mil.

Neste ano, já computado o resultado da Feira de Gado Geral desta segunda-feira totalizou R$ 29 milhões 368 mil. Somente neste leilão o faturamento chegou perto de R$ 1,5 milhão. E por fim, disse que a expectativa, em 2022, é esperada a volta do público nos leilões.

Assim, a partir destes dados, Lages consolida-se como a maior praça leiloeira de Santa Catarina, e a Serra como o maior centro da pecuária no Estado.

Sem dúvida, a representatividade dos negócios no município e na região resulta numa das maiores movimentações econômicas da Região, e com excelente retorno a quem produz.

Fotos: Paulo Chagas

BR-282 terá terceiras faixas nos pontos mais críticos

Muito distante de uma duplicação e uma das rodovias federais mais importantes de Santa Catarina, a BR-282 deve ganhar terceiras faixas nos pontos considerados mais críticos e onde há um registro de maior fluxo de veículos e acidentes, especialmente, entre o Litoral e a Serra Catarinense.

A informação foi confirmada nesta terça-feira (16) pelo presidente da Comissão de Infraestrutura (CI) do Senado Federal, senador Dário Berger (MDB).

O parlamentar tratou sobre o assunto com o diretor-geral do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit), general Santo Filho. A expectativa é de que as obras iniciem já no primeiro semestre de 2022.

Junto com a Infraestrutura

Reunião entre o Dnit e a Secretaria de Estado da Infraestrutura e Mobilidade será articulada pelo senador Dário Berger nos próximos dias, já que o governo estadual manifestou interesse em alocar recursos para agilizar a obra. O objetivo é acelerar os trâmites necessários para que os serviços iniciem o quanto antes.

Audiência Pública

A proposta também debatida em audiência pública no dia 14 de junho, em Lages, promovida pela Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL), Associação Empresarial de Lages (ACIL) e Ministério Público Federal (MPF).

No encontro, prestigiado pelo procurador da República, Nazareno Wolf, e pelo secretário de Estado da Infraestrutura, Thiago Vieira, Berger se comprometeu em levar a pauta para Brasília e dar os encaminhamentos.

Foto: Divulgação / Fonte: DI Regional

Matriz de Risco: Serra e outras nove regiões no nível moderado

Pela sexta semana consecutiva, nenhuma região do estado foi classificada nos níveis de risco grave (laranja) ou gravíssimo (vermelho).

A Matriz de Risco Potencial Regionalizado divulgada neste sábado, 13, aponta 10 regiões como risco potencial moderado (cor azul) e sete regiões alto (cor amarela).

Melhora

Houve melhora nos indicadores das regiões Extremo Oeste, Foz do Rio Itajaí e Serra, observados a partir da redução na taxa de detecção de casos novos, hospitalizações e óbitos, aliada ao aumento na cobertura vacinal.

Com isso, estas regiões, que na semana anterior estavam classificadas como nível alto (amarelo), passaram a ser classificadas como nível moderado (azul), se juntando as regiões do Alto Uruguai Catarinense, Alto Vale do Itajaí, Alto Vale do Rio do Peixe, Carbonífera, Laguna, Meio-Oeste e Planalto Norte, que mantiveram a classificação em moderado.

Piora

Por outro lado, houve uma piora nos indicadores das regiões Extremo Sul, Grande Florianópolis, Médio Vale do Itajaí, Oeste e Vale do Itapocu, observados a partir do aumento na taxa de detecção de casos novos e hospitalizações.

Com isso, estas regiões que na semana anterior estavam classificadas em nível moderado (azul), passaram a ser classificadas como nível alto (amarelo), juntamente com as regiões Nordeste e Xanxerê, que permaneceram em alto.

:: Clique aqui para fazer o download da matriz

Estou gostando da iniciativa de alguns prefeitos da Serra

Prefeitos de municípios da Serra não estão se fazendo de rogados, e com ajuda de deputados da bancada catarinense têm se achegado pelos lados do Planalto, recebidos pelo próprio presidente Jair Bolsonaro.

Esta semana estiveram por lá os prefeitos de Bom Jardim da Serra, e mais recentemente, de Urupema.

E é isso que tem de fazer. Cumprindo agenda em Brasília em busca de recursos, o prefeito de Urupema Evandro Frigo Pereira e a vice, Cristiane Muniz Pagani Almeida aportaram no Palácio do Alvorada.

Ao Presidente e à bancada parlamentar governista também pediram para que agilizem a sanção do projeto de Lei que reconhece Urupema como “Capital Nacional do Frio”, já aprovado no Senado.

E bem assim que as coisas acontecem, indo em busca dos objetivos. E Brasília, nem é tão longe assim. Fico feliz em ver que os prefeitos da Serra estão bem mais ativos diante de seus objetivos. Nem todos, infelizmente.

Foto: Ascom Presidência da República

Conhecida a primeira cerveja 100% catarinense

A primeira cerveja produzida com ingredientes 100% catarinenses já está no mercado. O governador Carlos Moisés conheceu na terça-feira, 18, a Toda Nossa, desenvolvida por meio de uma parceria entre a Secretaria de Estado da Agricultura, da Epagri, da Udesc, das cervejarias Ambev e Lohn Bier e a Prefeitura de Lages.

O líquido contém lúpulo, malte de cevada e leveduras produzidas em Santa Catarina. O principal desafio é o desenvolvimento da produção de lúpulo, que ainda se encontra em estágio embrionário no Brasil.

O prefeito Antonio Ceron, de Lages, esteve entre os convidados para o lançamento da cerveja

Uma Fazenda Modelo foi instalada em Lages, na Serra Catarinense, para estimular o plantio. O governador Carlos Moisés enalteceu o projeto. Segundo ele, Santa Catarina já possui uma cultura enraizada de produção cervejeira, e a primeira cerveja 100% catarinense ajudará a alavancar toda uma cadeia econômica.

Fotos: Peterson Paul/Secom

Instituída a Rota Turística Vinhos de Altitude de Santa Catarina

O governador Carlos Moisés sancionou a lei nº 18.180/2021 que institui a Rota Turística Vinhos de Altitude de Santa Catarina. O ato foi publicado no Diário Oficial do Estado (DOE) na noite desta quinta-feira, 12.

Boa a iniciativa. Com bem salientou o governador, irá valorizar ainda mais a Serra e o Meio-Oeste do Estado, e trará também o desenvolvimento do enoturismo, independentemente da época do ano.

Além disso, a lei propõe a criação de um passaporte para promoção e divulgação das informações turísticas da rota, incluindo vinícolas da região e os principais vinhos de altitude produzidos.

Municípios abrangidos

A rota abrange os municípios de Água Doce, Anitápolis, Arroio Trinta, Bom Jardim da Serra, Bom Retiro, Brunópolis, Caçador, Campo Belo do Sul, Campos Novos, Capão Alto, Cerro Negro, Curitibanos, Fraiburgo, Frei Rogério, Ibiam, Iomerê, Lages, Macieira, Painel, Pinheiro Preto, Rancho Queimado, Rio das Antas, Salto Veloso, São Joaquim, São José do Cerrito, Tangará, Treze Tílias, Urubici, Urupema, Vargem Bonita e Videira. O projeto de lei é de autoria do deputado Volnei Weber.

Foto: Makito / Arquivo / Santur

Gol também pode operar no Aeroporto em Correia Pinto

O secretário adjunto da Casa Civil, Juliano Chiodelli repassa a informação de que a Gol Linhas Aéreas manifestou interesse em operar voos no Aeroporto Regional do Planalto Serrano, em Correia Pinto.

Segundo ele, o objetivo seria oferecer voos três vezes por semana até Guarulhos – viagens que alimentariam, inclusive, outros trajetos nacionais e internacionais.

A empresa, que já opera linhas em Florianópolis, Navegantes, Joinville e Chapecó, tem intenção de implementar também voos partindo do Aeroporto Regional Sul Humberto Ghizzo Bortoluzzi, em Jaguaruna.

Com isso, a estrutura passaria a oferecer trechos até Guarulhos, sendo que já conta com viagens para Congonhas (Latam) e Viracopos (Azul).

Juliano conclui afirmando de que os avanços do serviços aéreos na Serra são reflexo da política de incentivo à aviação regional em Santa Catarina.

Foto ilustrativa