Governador Carlos Moisés assume presidência do Codesul

O governador catarinense Carlos Moisés é o novo presidente do Conselho de Desenvolvimento e Integração Sul (Codesul).

O gestor tomou posse no cargo na manhã desta terça-feira, 30, em cerimônia realizada no Palácio Iguaçu, sede do Governo do Paraná, em Curitiba. Ele sucede o governador paranaense Carlos Massa Ratinho Júnior.

Ao tomar posse como presidente do Codesul, Carlos Moisés elogiou o trabalho do antecessor e destacou o modal ferroviário como um assunto que deve unir os quatro estados na busca por soluções conjuntas e integradas.

O Conselho

O conselho foi criado em 1961, por Santa Catarina, Rio Grande do Sul e Paraná. Em 1992, o Mato Grosso do Sul também passou a fazer parte.

O objetivo é fortalecer o desenvolvimento da região, colocando os quatro estados membros em um único patamar de desenvolvimento econômico e social.

Fotos: Itamar Aguiar/ Palácio Piratini / Peterson Paul/Secom

Vinicius Lummertz vai oficializar pré-candidatura ao Governo

Em São Paulo em entrevista coletiva em que o governador João Doria fez um balanço do resultado das prévias do PSDB que lhe deram a vitória para ser o candidato tucano à Presidência da República.

Lummertz com Dória, em São Paulo (Foto: Fernando Bond)

Na ocasião, o secretário de Turismo de SP e ex-ministro do Turismo Vinicius Lummertz pregou a união de todos em torno de João Doria e informou à presidente do partido em SC, deputada federal Geovania de Sá, que vai oficializar sua pré-candidatura ao Governo do Estado de SC nos próximos dias.

De acordo com Vinicius, Geovania irá convocar o partido uma reunião, proximamente, para definir os rumos com relação às eleições no Estado após a vitória de João Doria.

Vinicius disse à presidente que também se dispõe a passar por prévias, a exemplo do que foi feito pelo PSDB nacional.

É que no Estado, o ex-deputado estadual Gelson Merisio também pretende ser candidato ao Governo, e as prévias no Estado lhe permite a chance de ser o indicado pelos partidários.

FIESC lança abaixo-assinado por investimentos nas BRs

Evento será na sede da FIESC, em Florianópolis, no dia 29/11, às 11h30, com a presença de lideranças empresariais, de autoridades e de representantes da sociedade civil. A iniciativa marca a nova fase da campanha “SC Não Pode Parar”.

Rodovias de SC estão congestionadas a qualquer hora (foto: Heitor Pergher)

A campanha que tem o apoio do Grupo ND vem través de um abaixo-assinado virtual, chamado de SOS Rodovias, para mobilizar a sociedade e autoridades por mais investimentos nas rodovias federais catarinenses.

A iniciativa marca a nova fase da campanha “SC Não pode Parar”, que se iniciou em julho e vem mostrando a situação precária das BRs que cortam o estado, além dos caminhos para avançar na área de infraestrutura de transportes.

O encontro reunirá lideranças empresariais, políticas e representantes da sociedade civil, na sede da Federação, em Florianópolis. Em função dos protocolos de segurança sanitária, a reunião presencial é restrita a convidados, mas será transmitida pelo YouTube da FIESC.

Dia Estadual de Mobilização contra o Aedes aegypti

Esse dia acontece neste sábado, dia 20. O objetivo da data é estimular a população a eliminar locais que possam acumular água e servir de criadouros para o mosquito.

Foto: Arquivo / Secom

Cada município deve organizar ações para mobilizar a população a vistoriar sua casa, quintal e ambiente de trabalho.

A eliminação de locais com água parada é a melhor estratégia de prevenção contra o mosquito Aedes aegypti e consequentemente para reduzir o risco de transmissão das doenças.

SC: Matriz de Risco segue amena

Pela terceira semana consecutiva, Santa Catarina não apresenta nenhuma região no risco gravíssimo (cor vermelha) ou grave (cor laranja) para a Covid-19.

A Matriz de Risco Potencial Regionalizado divulgada neste sábado, 23, aponta 13 regiões como risco potencial alto (cor amarela) e quatro como risco potencial moderado (cor azul).

As regiões do Alto Vale do Itajaí e Oeste, que na semana anterior estavam classificadas como nível alto (amarelo), passaram a ser classificadas como moderado, se juntando às regiões do Alto Vale do Itajaí e Alto Vale do Rio do Peixe, que se mantiveram em azul. Já a Região do Alto Uruguai Catarinense, que na semana anterior estava no nível moderado (azul), passou a ser classificado como alto (amarelo). 

As regiões em risco alto são Alto Uruguai Catarinense, Carbonífera, Extremo Oeste, Extremo Sul Catarinense, Grande Florianópolis, Laguna, Médio Vale do Itajaí, Meio-Oeste, Nordeste, Planalto Norte, Serra Catarinense, Vale do Itapocu e Xanxerê.

:: Clique aqui para ter acesso à matriz completa

SC entra em lista mundial de destinos sustentáveis

Com quatro dos oito municípios brasileiros certificados, Santa Catarina é destaque na lista dos 100 principais destinos turísticos sustentáveis da fundação internacional Green Destinations, com sede na Holanda.

Os municípios de Forquilhinha, Bombinhas, Itá e Orleans foram os destinos incluídos e ficaram entre os 100 da lista mundial.

O ranking da Green Destinations chegou na 7ª edição e, ao longo dos anos, busca destacar destinos com histórias inovadoras e eficazes de turismo sustentável, além das boas práticas de gestão dos locais como exemplos inspiradores.

Fotos: Markito/Santur

Santa Catarina se posiciona pela volta do horário de verão

Antes de emitir qualquer nota a respeito do assunto, o Governo do Estado consultou entidades econômicas e turísticas sobre a possibilidade do retorno do horário de verão. A resposta foi favorável, praticamente unânime.

Foram consultadas as lideranças empresariais do setor de hospedagem, de eventos, bares e restaurantes, do comércio e também do turismo.

O próprio governo tem a própria posição: “Santa Catarina é favorável à mudança para horário de verão, pois iria minimizar a crise energética causada pela escassez hídrica”, completou o secretário de Estado da Fazenda (SEF), Paulo Eli.

Outra razão

O agravamento da crise energética, crescente em todo o país nos últimos meses, faz com que o retorno do programa seja discutido. O horário de verão adia em uma hora o fim do dia e, além disso, tem relevância na diminuição do consumo de energia elétrica.

Vale destacar que o Governo de Santa Catarina deve, a partir do apoio dos setores econômicos e de turismo, manifestar-se favorável. Entretanto, a decisão cabe ao Governo Federal.

Foto: Ricardo Wolffenbüttel/Secom

Educa SC: Canal de aulas na TV aberta de Santa Catarina

A semana começa com uma novidade para a educação catarinense: a estreia do Educa SC, projeto com dois canais em TV aberta para transmissão de aulas durante o dia inteiro.

A programação inicia às 07h15 desta segunda-feira, 16, com transmissão nos canais .2 e segue ao longo do dia com aulas para todas as séries, além de conteúdos educativos e informativos.

Portanto, a partir das 7h30, iniciam as aulas do canal .2, que atendem aos alunos do 1º do 7º ano do Ensino Fundamental. Já os canais .3 iniciam às 7h45 com o acolhimento e a partir das 8h com as aulas para alunos do 8º ano do Ensino Fundamental à 3ª série do Ensino Médio.

Alunos devem marcar a presença durante as aulas

Para que os alunos possam registrar sua presença, haverá um QR Code na tela da TV no início, meio e fim de cada aula. Os alunos devem usar a câmera do celular para “escanear” o código de verificação, que irá direcioná-los para uma página do portal Educa SC. Nesta página, eles devem digitar a cidade, a escola, a sua matrícula e o código de validação que vai estar na tela da TV.

Cada aula terá o próprio código, por isso os alunos devem anotá-lo para marcar a presença. As aulas estarão disponíveis para acesso no dia seguinte no canal do YouTube do Educa SC, mas não haverá o código de validação que aparece durante a transmissão na TV.

 Foto: Ascom/SED