Covid-19: segunda dose de reforço a maiores de 50 anos

A Secretaria de Saúde de Santa Catarina, seguindo orientação do Ministério da Saúde, passa a recomendar a partir de segunda-feira, 6, a aplicação da segunda dose de reforço para maiores de 50 anos e trabalhadores de saúde. As vacinas usadas podem ser a Pfizer, a AstraZeneca ou a Janssen.

Os municípios catarinenses foram orientados pela Diretoria de Vigilância Epidemiológica (Dive) que se tiverem doses disponíveis em estoque podem iniciar a aplicação da segunda dose de reforço neste público. É importante que a população verifique junto à Secretaria Municipal de Saúde a estratégia de vacinação adotada.

Foto: Ricardo Wolffenbüttel / Secom

Lages: Boletim Covid-19 mantém média de ativos

São 125 os ativos, e há tempos esse número permanece nessa faixa. Como se vê, o vírus ainda circula, e os cuidados ainda precisam ser tomados. Para maior tranquilidade somente quando o número cair para próximo de zero. Felizmente não tem havido mais registro de óbitos, com a número estacionado em 586. Os números são relativos à quarta-feira(13).

Veja abaixo como está o quadro das vacinas em Lages:

Coronavírus: Lages tem nova organização no esquema vacinal

Neste novo esquema, a partir desta quarta-feira (2), crianças com 5 anos ou mais podem ser vacinadas nas Unidades de Saúde, nos dias elencados de cada bairro.

Confira como fica

A vacina nas Unidades Básicas de Saúde (UBSs) do cronograma já divulgado, passam, portanto,  a vacinar todas as pessoas com 5 anos ou mais, que precisem da 1ª dose, 2ª dose (exceto AstraZeneca, que é disponibilizada somente no Tito Bianchini), 3ª dose ou 4ª dose (imunossuprimidos), em dois períodos, das 9h às 12 horas e das 13h às 16 horas. Em cada UBS, haverá a distribuição de 150 senhas por período.

Vacinas nas UBS Penha (ao lado da UBS), Caça e Tiro, Guarujá, Petrópolis, Várzea e Popular.

Importante:

Ressalte-se que no dia em que houver vacinação na Unidade, não haverá atendimento clínico. Dessa forma, em caso de síndrome gripal e urgências, a orientação é procurar a UPA 24h.

Vacinação no Tito Bianchini:

A partir deste dia 2 de março (quarta), no Tito Bianchini, serão vacinadas de segunda a sexta-feira, todas as pessoas com 5 anos ou mais, que necessitarem de 1ª dose, 2ª dose, 3ª dose ou 4ª dose (imunossuprimidos) das 8h às 12 horas e das 14h às 18 horas. “Para atender aquelas pessoas que eventualmente não conseguem ter acesso à vacinação nos horários durante a semana, teremos Dias “D”, em sábados alternados, com divulgação prévia, no horário das 8h às 12 horas, a começar pelo dia 5 de março”, salienta o secretário Claiton Camargo.

Boletim Epidemiológico

Na comparação com o Boletim do dia anterior, há o registro de mais dois óbitos, infelizmente. Lages chega agora a 574. Os casos ativos estão cada vez menos. São agora 542. A UTI Covid tem 100% de ocupação. No entanto houve diminuição do número de leitos, de 18 para 13. A Enfermaria conta com 43% de ocupação.

Matriz de Risco: 13 regiões no nível alto e quatro no moderado

A Matriz de Risco Potencial Regionalizado divulgada neste sábado, 12, aponta 13 regiões classificadas como risco potencial alto (cor amarelo) e quatro no nível de risco moderado (cor azul).

Em um comparativo com o relatório divulgado na semana anterior, houve melhora nos indicadores das regiões do Alto Uruguai Catarinense, Carbonífera e Laguna, que passaram do nível alto para o moderado, juntando-se a região do Vale do Itapocu.

As demais regiões: Alto Vale do Itajaí, Alto Vale do Rio do Peixe, Extremo Oeste, Extremo Sul Catarinense, Foz do Rio Itajaí, Grande Florianópolis, Médio Vale do Itajaí, Meio Oeste, Nordeste, Oeste, Planalto Norte, Serra Catarinense e Xanxerê se mantiveram no nível amarelo.

Cobertura vacinal

Na dimensão Monitoramento, que reflete a cobertura vacinal e a variação semanal de casos, todas as regiões foram classificadas com risco moderado (azul), condição que mantêm em relação à semana anterior.

Com mais de 5,4 milhões de pessoas que receberam as duas doses da vacina, a cobertura vacinal da população geral do Estado no dia 11 de fevereiro de 2022 ultrapassou 74,6%, o que vem contribuindo para frear o impacto do grande número de infecções na gravidade dos casos.

Vacinação em Lages nos três períodos do dia nessa quarta

Lages desenvolve nessa quarta-feira (26) o cronograma de vacinação, contra a Covid-19. Portanto, qualquer criança de 5 a 11 anos de idade pode procurar o Centro de Vacinação Tito Bianchini, das 14h às 17 horas, inclusive na quinta e sexta-feira.

Vale lembrar que as crianças devem estar acompanhadas dos pais ou responsáveis. Em caso de ausência dos mesmos, a vacinação em crianças será realizada mediante a apresentação de termo de assentimento por escrito. Este termo está disponível direto no Tito Bianchini.

Vacina em três Unidades Básicas de Saúde

O atendimento para vacinação contra a Covid-19, nas Unidades Básicas de Saúde (UBSs), para pessoas acima de 12 anos, inicia às 13 horas, com a distribuição de 150 senhas para vacinação. Ou seja, as 150 primeiras pessoas (do grupo elencado) recebem a vacina na Unidade de Saúde, no dia determinado. Crianças não são vacinadas nas UBSs do Caça e Tiro, Petrópolis e Popular.

Foto: Ary Barbosa de Jesus Filho

Lages amplia a vacinação em crianças com comorbidades

Mais crianças poderão se vacinar, contra a Covid-19, nessa sexta-feira (21 de janeiro) em Lages. Isto porque, a Prefeitura, por meio da Secretaria da Saúde, decidiu ampliar a imunização de crianças de 5 a 6 anos de idade com comorbidades, e de 7 anos sem comorbidades.

Pessoas acima dos 12 anos, também poderão se vacinar nos locais elencados.

Vacinação das crianças

A vacinação das crianças de 5 a 6 anos de idade, com deficiência permanente (física, mental, intelectual ou sensorial), portadores de comorbidades, indígenas, quilombolas, crianças que vivem em abrigos e em lares com pessoas com alto risco para evolução grave de Covid-19 e as de 7 anos sem comorbidade é feita exclusivamente no Centro de Vacinação Tito Bianchini, das 14h às 17 horas.

Vacina no Tito Bianchini vacina com 12 anos ou mais

O Centro de Vacinação Tito Bianchini continua com a vacinação das pessoas com 12 anos ou mais, das 8h às 13 horas. E durante o período da noite das 18h às 20 horas, de segunda a sexta-feira, a vacinação retorna para este público (12 anos ou mais).

Vacina em três UBS para pessoas com 12 anos ou mais

Um novo cronograma semanal de vacinação, nas Unidades Básicas de Saúde, está sendo cumprido para agilizar a vacinação dos demais grupos elencados: pessoas acima dos 12 anos de idade.

O atendimento para vacina contra a Covid-19, nas UBSs, inicia às 13 horas, com a distribuição de 150 senhas para vacinação. Ou seja, as 150 primeiras pessoas (do grupo elencado) recebem a vacina na Unidade de Saúde, no dia determinado. Crianças não são vacinadas nas UBSs, do UBS Santa Mônica, Centro, e no interior Salto Caveiras.

Foto: Toninho Vieira