Previsão de neve continua!

A neve caiu forte ontem em vários momentos do dia e noite em cidades da Serra Catarinense. Turistas de vários pontos do Estado e do país puderam acompanhar o fenômeno. Nos vídeos era possível ouvir os gritos de alegria de quem teve a oportunidade de ver e brincar com a neve.

Vídeo enviado exclusivamente ao Blog, pelo jornalista Dionata Costa, de São Joaquim, da neve caindo na noite desta terça-feira (17).

E vale dizer que permanece a condição de chuva congelada e/ou neve especialmente no Meio-Oeste, Planalto Sul e Planalto Norte, nesta quarta-feira. Na madrugada de quinta-feira a condição de neve é para o Planalto Sul.

Neve cai no Morro das Antenas, em Urupema

Pela manhã, nesta terça-feira (17), no conhecido Morro das Antenas, em Urupema, e por volta das 7h30, a neve deu as caras, e começou a cair. Há expectativa de que ela caia o suficiente para acumular. O frio é intenso no local.

A expectativa é de que haja acúmulo de neve e todos possam vivenciar cenários como este registrado em outra época. A foto é ilustrativa, feita por Alzira Kreuch Pereira.

É possível ver também a formação do sincelo, ou seja, o gelo sobre a vegetação, transformando a paisagem. Turistas vindos de vários pontos de Santa Catarina, abrigados nos carros, fazem plantão para acompanhar o fenômeno, sem se importar com a baixíssima temperatura.

Numa foto real do momento, há muitos turistas há espera da neve, na Serra – Foto: Cao Bolzani

Já no Centro de Urupema, neve mesmo ainda não foi registrada. Até ocorreu, mas de forma muito rápida. Na verdade, apenas chuva congelada por enquanto.

Informações em outros pontos da Serra, como Bom Jardim e São Joaquim, sabe-se que ao menos tem ocorrência de chuva congelada. Mas, o registro de neve, seja como for, já tem.

Não importa se neva ou não neva. O turista vem!

A Serra Catarinense vive a expectativa de ter neve nessa semana, justamente entre esta terça e quarta-feira. Diante da previsão meteorológico, embora ela avise que é remota esta possibilidade, e se acontecer será em zonas mais altas da região, como Urupema e Bom Jardim da Serra.

Turistas aproveitam o frio intenso, as paisagens brancas e a árvore com cristais de gelo em São Joaquim. Foto: James Tavares/Secom

Mas, independentemente disso, a curiosidade é que basta as pessoas ouvirem a palavra “neve”, e nem todos obviamente, mas uma boa parcela sobe a Serra e ocupa hotéis, pousadas, casas de hospedagem, enfim, tudo para ter a oportunidade de vivenciar o fenômeno.

O setor de turismo da Região Serrana vibra a cada prognóstico de frio intenso, e com ele a aparição da neve. É neste período que há grande movimentação econômica, pelo simples fato de a meteorologia falar em frio, e claro, especialmente cogitar a chance de nevar. 

Ponte das Goiabeiras: sofrimento, espera e esperança…

As comunidades de São Joaquim (SC) e Bom Jesus (RS) vivem um misto de sofrimento, esperança e espera. Nem precisa explicar muito, a partir das imagens que você pode ver abaixo, produzidas por Éder Cruz Souza,

Portanto, este é o estado da Ponte das Goiabeiras, sobre o Rio Pelotas, após as fortes chuvas em São Joaquim. Neste momento o caminho entre São Joaquim (SC) e Bom Jesus (RS), via São Francisco Xavier permanece interditado devido à queda da estrutura da Ponte.

A prefeitura de São Joaquim deverá deslocar as máquinas para auxiliar no trabalho de remontagem da ponte de modo paliativo.

A licitação para a nova ponte já foi publicada e está prevista para acontecer já no final do mês de maio de acordo com os trâmites legais. É aqui que entra a minha referência da esperança e a espera.

Assim será a nova Ponte das Goiabeiras, divisa entre SC e RS, vista através de animação apresentando o projeto.

A obra terá valor global de R$12.005.939,82 oriundos do Governo do Estado de SC e com a fiscalização e projeto ambiental custeado pelo município de São Joaquim.  A nova ponte terá uma altura de 5.90m acima do nível da atual.

Aberta a licitação para a obra da nova Ponte das Goiabeiras

Está publicado no site da Prefeitura de São Joaquim o edital do processo de licitação para a obra da nova Ponte das Goiabeiras, sobre o Rio Pelotas, na divisa do Rio Grande do Sul, com Santa Catarina. Do outro lado, Bom Jesus, outro município que aguarda por esta obra há cerca de 40 anos. Abaixo faço questão de mostrar a ideia do projeto, e não a imagem da velha e fatídica ponte.

O edital, no valor de pouco mais de R$12 milhões, com recursos do Governo do Estado e com a fiscalização e projeto ambiental custeado pelo município de São Joaquim. A nova ponte terá uma altura de 5.90m acima do nível da atual e terá cerca de 140 metros de extensão.

Definitivamente, o processo deve ser comemorado. Um sonho de comunidades catarinenses e gaúcha, numa interligação da importante Rota Caminhos da Neve, além de corredor de escoamento de diversas culturas.

Restarão ainda a conclusão da pavimentação do lado de Santa Catarina, em torno de 10 km, e do lado do RS, até o município de Bom Jesus. A estrada faz parte de uma rodovia recém federalizada. (Fonte: Portal da Prefeitura de São Joaquim)

Pacote histórico de obras é anunciado em São Joaquim

O prefeito de São Joaquim tem sido elogiado pelas suas ações, não somente em âmbito municipal, mas também regionalmente. Elogios que vêm, inclusive, de lideranças do estado vizinho, Rio Grande do Sul, pelo empenho dele na manutenção de estadas e na defesa dos projetos de pavimentação do Caminho da Neves, e da Ponte das Goiabeiras, sobre o Rio Pelotas.

Pois bem. Nesta semana, mais um ato de destaque merece projeção: o do anúncio de um enorme pacote de obras. Algo que há muito não se via em São Joaquim.

Portanto, comungo com a informação de ser um momento histórico para os gestores, o prefeito Giovani Nunes e a vice-prefeita Ana Melo.

São 24 ruas que ganharão pavimentação e repavimentação asfáltica e tambem o início da pavimentação do acesso ao Despraiado. E as máquinas já estão em pleno funcionamento.

A contemplação envolve ruas nos bairros e na área central. Ao todo foram investidos no município o valor de mais de R$ 8,2 milhões, sendo R$ 1,2 milhão em recursos próprios e o restante investimentos do Governo do Estado.

Vale o registro recheado de méritos. São Joaquim, tem tido uma atenção realmente diferenciada nos últimos tempos. Meu aplauso!

Fotos: Dionata Costa

Operadores de Turismo da Braztoa visitam São Joaquim

A proposta do evento Braztoa é exatamente conhecer alguns dos principais pontos da roda turística Serrana. E, São Joaquim é um dos municípios que mais aparecem nacionalmente em função do frio invernal.

Logicamente, São Joaquim não tem como atrativo apenas o gelo das geadas ou da neve. Por isso, neste sábado (9), o segundo dia do encontro das operadoras de viagens de turismo da Associação Brasileira das Operadoras de Turismo – Braztoa, eles foram até lá visitar, e criar novas discussões para o futuro do turismo serrano, diante do novo contexto global.

E não poderiam deixar de estar num dos locais de grande atratividade, a vinícola D’Alture, onde foram recepcionados pela secretária de Turismo local, Adriana Schilisting e o turismólogo Marcelo Di jura.

Outros, acompanhantes dos operadores participaram de um tur pela cidade e visitação a alguns atrativos turísticos. Por sua vez, os operadores se envolveram em discussões sobre as tendências do turismo pós-pandemia e sobre o novo momento econômico mundial.

À tarde, a Convenção da Braztoa avançou com tratativas internas dos operadores de turismo. E os acompanhantes realizaram uma nova visitação turística a pontos estratégicos do município.

Neste domingo, os operadores Braztoa fazem visitações a equipamentos turísticos de Bom Jardim da Serra e Urubici. A noite participam do Prêmio Braztoa de Sustentabilidade, no Mercado Público de Lages.

Fotos: Oneres Lopes