A Serra catarinense passa a ser destino de deputados

A Serra Catarinense tem sido o destino de deputados. É o caso da deputada estadual Paulinha, que nesta semana estará na Região. Depois do Oeste e Extremo Oeste, ela cumpre roteiro de viagem na região da Amures. 

Para iniciar, na quinta, dia 23, o destino inicia em Bom Retiro, passando por Bocaina do Sul e encerrando em Lages.

Na sexta, dia 24, o roteiro inicia em Lages, passa por Anita Garibaldi e encerra em Correia Pinto.

No Sábado, 25, Bom Jardim da Serra, São Joaquim, Urubici com a visita a cascata e inauguração das luzes da Igreja Matriz, obra viabilizada com recurso do seu mandato de R$ 385 mil

Por fim, serão três dias, de quinta a sábado, uma agenda de visitas pontuais a lideranças regionais e locais foi programada.

Foto: divulgação

Governador visita a Serra e estará na Festa do Pinhão

O governador Carlos Moisés está na Serra Catarinense nesta sexta-feira (17). Durante o dia, passa na Região de São Joaquim, e à noite visita a Festa Nacional do Pinhão, em Lages.

Na agenda, na Serra, o Governo do Estado anuncia investimentos para 18 municípios da região.  Os recursos serão destinados para diferentes áreas, como saúde, infraestrutura, saneamento e habitação.

A deputada estadual Paulinha, a acompanha a agenda do Governador Carlos Moisés. Na quinta, à tarde, ela esteve em São Francisco do Sul onde se reuniu com lideranças políticas do munícipio.

Foto: divulgação

Deputada chama atenção para importante Audiência Pública

A deputada estadual Paulinha tem chamado atenção para a Audiência Pública, nesta quinta, dia 05, para discutir os impactos da extração de petróleo no Estado e que podem sinalizar o fim da pesca da tainha e do turismo em 29 cidades catarinenses.

A audiência será para entender efetivamente os impactos que a extração de petróleo pode provocar ao litoral catarinense. Seria bom a comunidade catarinense se atentar para isso!

Veja no vídeo abaixo, a real preocupação da deputada.

Deputada busca viabilização de internet no interior

O Governo de Santa Catarina demonstrou disposição em investir no campo, ampliando as redes de comunicação facilitando o acesso à internet de qualidade. Um assunto que tenho acompanhado há anos, sem que um governo coloque em prática. Enquanto nada se define, justo que deputados tentem acelerar o processo.

É o que fez a deputada estadual Paulinha, que agendou uma conversa junto ao Ministério das Comunicações, exatamente para ajustar alternativas para a falta de telefonia e acesso à internet em localidades rurais de Santa Catarina.

No Ministério das Comunicações, ela conversou com o diretor Marcus Vinícius Galletti, e o assessor parlamentar, César Ricardo Kick e Souza, do Departamento de Projetos de Infraestrutura de Telecomunicações e Banda Larga, a respeito do “Wi-fi Brasil”,  um programa Governo Federal que busca levar mais de mil pontos de internet gratuita banda larga e de alta velocidade aos municípios brasileiros.

O Wi-Fi Brasil busca garantir conectividade em alta velocidade a localidades do país com nenhuma ou pouca conexão. Ela já solicitou uma relação atualizada de todos os municípios catarinenses, e suas localidades rurais, que apresentem problemas de telefonia e falta de acesso à internet. Se vai conseguir, não sei. Mas, pelo menos,  coloca fogo nessa “lenha”.

Foto: Valquíria Guimarães

Trabalhadores da área de saneamento entre os prioritários

Comissão de Constituição de Justiça da Alesc, deu parecer favorável ao PL 134/2021, de autoria do deputado Fabiano da Luz,  que visa incluir os trabalhadores da área de saneamento básico ao grupo prioritário do Plano Estadual de Vacinação contra a Covid-19.

A deputada Paulinha foi relatora do projeto que segue agora para a Comissão de Finanças.

Por outro lado, os deputados que integram a CCJ se manifestaram favoravelmente ao PL 356/2020, de autoria do deputado Jessé Lopes (PSL), que estabelece medidas protetivas ao direito dos estudantes ao aprendizado da língua portuguesa, de acordo com a norma culta e orientações legais de ensino.

Entre as medidas visadas está a proibição do uso da chamada “linguagem neutra” na grade curricular, no material didático e nos comunicados realizados pelas instituições de ensino, públicas e privadas, e nos editais de concursos públicos.

Foto: Valquíria Guimarães

Deputada Paulinha tem atitude sensata e não fará recesso

A deputada estadual Paulinha (PDT), entendendo a difícil situação que o Estado está passando em razão da pandemia decidiu que não fará recesso de final de ano. A decisão foi comunicada em reunião virtual com a equipe, na tarde desta terça, dia 15.

Portanto, as atividades do Gabinete 203 continuam normais em home office, já que a Assembleia Legislativa encerra suas atividades na sexta, dia 18 de dezembro.

Assim, a parlamentar irá atender já a partir de sexta, dia 18, em seu escritório regional em Bombinhas juntamente com a sua equipe. O servidor público tem que estar à disposição do povo catarinense. “Vamos trabalhar por Santa Catarina, porque é essa a nossa missão”, disse.

Não é hora de parar

A decisão foi tomada por que ela acredita que não é hora de parar, já que as questões em relação a pandemia não arrefeceram. E ainda há muitos temas pendentes para serem resolvidos pelo Governo do Estado que merecem acompanhamento. “Precisamos seguir trabalhando por Santa Catarina. O nosso comprometimento com o povo catarinense é maio”, disse.

Tem meu reconhecimento!

Informações e foto: Assessoria de Imprensa