Termina a temporada de leilões

Share this

Compradores e vendedores de gado acompanharam na tarde deste sábado (24), à tarde, no Parque Conta Dinheiro, as últimas batidas do martelo do leiloeiro Delamar Macedo, deste ano.

Resumidamente, o expressivo valor de R$ 13,5 milhões alcançado somente em feiras de arremates promovidas pelo Sindicato e Associação Rural de Lages, demonstra a tamanha importância do agronegócio lageano.

Embora os preços médios/quilo, especialmente dos bois e das novilhas, de R$ 5,79, e R$ 5,48, outra expressividade foi alcançada na comercialização de todos os animais, de mais de R$ 1 milhão.

Detalhe também, da presença de compradores de regiões distantes, como as de Joinville e Tubarão, além do Meio Oeste.

Conforme bem disse o presidente do Sindicato e da Associação Rural de Lages, Márcio Pamplona, a qualidade dos animais aqui vendidos torna-se atrativa para gente de todo o Estado.

Outro fator significativo e que merece registro, é o incremento no número de animais de um ano para outro. Em 2018, foram dois mil a mais do que em 2017.

Por isso, a expectativa para 2019 é grande. Os preços têm se mantido estabilizados, porém, mesmo assim, os produtores seguem seus investimentos em estrutura e genética, e, o resultado da qualidade aparece exatamente na pista de arremates, lugar onde o martelo do leiloeiro Delamar, soa por horas em um único dia sob a tutela da Camargo Agronegócios.

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.