Bolsonaro sanciona piso: enfermagem do Brasil comemora

Share this

Foi durante solenidade realizada na tarde desta quinta-feira, 4, no Palácio do Planalto, com a presença de parlamentares e representantes de entidades da Enfermagem de todo o Brasil, que o presidente da República, Jair Bolsonaro, sancionou o projeto de lei que fixa o piso salarial da enfermagem (PL 2564/2020).

Vitória de enfermagem – Segundo a deputada Carmen, é um dia de muita emoção, de vitória da Enfermagem. Chegou o grande momento de dar um pouco mais de dignidade para esses homens e mulheres que dão suas vidas salvando vidas. A deputada é enfermeira de formação.

Relatora

O texto foi aprovado no começo de maio, com a relatoria da deputada Carmen Zanotto (Cidadania/SC) e com amplo apoio dos deputados, tendo sido aprovado com 449 votos favoráveis e apenas 12 contrários. A luta da enfermagem já acontece há mais de 30 anos na Câmara Federal.

E, além de ser a relatora do projeto de lei que fixa o piso salarial da enfermagem, a parlamentar coordenou o grupo de trabalho que estudou o impacto financeiro da proposta e foi ainda a relatora da PEC 11 que garantiu mais segurança jurídica ao P2564.

Proposta

A proposta prevê R$ 4.750,00 para enfermeiros; R$ 3.325,00 para técnicos; e R$ 2.375,00 para auxiliares e parteiras.

Fontes de financiamento

A deputada lembra que a tarefa ainda tem outro caminho, o da garantida das fontes de financiamento. Estados e municípios e hospitais filantrópicos precisam ter as condições orçamentárias que garantam o pagamento do piso.

É necessário agora o trabalho das duas casas, Câmara e Senado, junto com o Governo.

Foto: Divulgação

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.