Promoção de ingressos em jogo entre Inter e Avaí

0

Para o jogo decisivo desta quarta-feira, às 22h, entre Inter e Avaí, a direção colorada vai reeditar a promoção de ingressos realizada na semana passada para o jogo contra o Criciúma.

Inter x AvaíCom a promoção, cada sócio #InterTôJunto poderá comprar dois ingressos para a partida com 50% de desconto. O sócio colorado poderá repassar os bilhetes a quem quiser.

Dentro da promoção, os sócios poderão comprar dois bilhetes dentro de sua modalidade no plano #InterTôJunto. Sócios da área coberta poderão comprar dois ingressos por R$ 30 cada um, e os da descoberta poderão levar dois por R$ 20 cada um.

Para mulheres sócias da coberta, cada ingresso promocional custará R$ 20, enquanto as sócias da descoberta terão dois ingressos por R$ 15 cada um.

.

Vendas dos ingressos

As vendas dos ingressos promocionais começam às 15h desta segunda-feira e serão feitas apenas na loja do clube, no Serra Shopping.

A promoção será realizada até terça-feira, quando o horário de atendimento se estenderá até 20h. A loja do clube abre às 10h e não fecha no horário do almoço.

Nas bilheterias do estádio, os preços serão os habituais: R$ 40 para arquibancada descoberta (meia a R$ 20) e R$ 60 para a coberta (meia a R$ 30

Complexo Araucária: nove quilômetros prontos

0

A obra terá, no total, implantados 37 quilômetros de rede coletora de esgoto, conforme contrato entre a prefeitura e o Ministério das Cidades, além de cinco estações elevatórias e uma Estação de Tratamento de Esgoto (ETE).

Semasa e empreiteira esclarecem dúvidas sobre a obra de saneamento (1)A equipe do Projeto de Trabalho Técnico-Social (PTTS) pertinente ao Complexo Araucária recebeu moradores dos bairros Centenário, São Luiz e Santo Antonio na tarde de sábado (28), para esclarecer pontos sobre a obra

A esta rede deverão ser feitas cinco mil ligações domiciliares. O Complexo é uma obra do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC 2) com investimento de R$ 24.386.754,06.

Com a STC o contrato é no valor de R$ 17.771.716, pois havia uma empresa anterior, com contrato rescindido devido a impasses contratuais.

.

Prazo para conclusão

A obra tem o prazo de 18 meses para ser concluída. Cerca de 20% do total estão realizados, portanto, nove quilômetros. Seis equipes atuam nas frentes de trabalho.

Retroescavadeira, caminhão e operários de uma equipe trabalham diuturnamente na limpeza dos espaços.

Conforme as normas técnicas de engenharia, a empresa tem o prazo de 20 dias para executar a compactação.

Porém, as frequentes chuvas nos finais de tarde em quase todos os dias úteis da semana atrapalham a manutenção da ordem e limpeza.

.

Orientação

As autoridades reivindicam maior atenção da população perante a conservação das sinalizações nos locais da obra, sem sua retirada por vandalismo, o que prejudica o próprio contraventor e os demais moradores.

Nova Lei dos Caminhoneiros será sancionada

0

Não é o que os caminhoneiros estão pedindo. Mesmo assim, a presidenta Dilma Rousseff decidiu sancionar sem vetos a nova Lei dos Caminhoneiros nesta segunda-feira, 2.

Entre os aspectos da lei estão:

1) Isenção de pagamento de pedágio para eixo suspenso de caminhões vazios;

2) Perdão das multas por excesso de peso expedidas nos últimos dois anos;

3) Ampliação de pontos de parada para descanso e repouso.

Também nesta segunda-feira, o governo tomará as medidas necessárias junto ao Congresso Nacional para permitir a prorrogação por 12 meses das parcelas de financiamentos de caminhões adquiridos pelos programas ProCaminhoneiro e Finame do BNDES.

A informação nos chega diretamente da Secretaria-Geral da Presidência da República.

Deputado Coruja quer saber sobre a Sinotruk

0

Fernando_CorujaO deputado estadual Fernando Coruja (PMDB), encaminhou pedido de informação ao secretário de Desenvolvimento Econômico e Sustentável de Santa Catarina, Carlos Chiodini, e requerimento ao presidente da SC Parcerias, Paulo César da Costa, no sentido de esclarecer as questões relacionadas à construção e operação, em Lages, de uma fábrica da SBTC (Sinotruk Brasil Truck Corporation), cujo plano de investimento foi anunciado no dia 16.03.2014.

Entre as questões encaminhadas estão: prazo que a Sinotruk tem para concluir as obras e iniciar a produção; quais os documentos já assinados entre a Sinotruk e o governo do Estado, que comprovam a parceria no empreendimento e qual a empresa que fará a construção da fábrica em Lages e prazo de entrega.

Além disso, o deputado pergunta se o projeto de instalação da fábrica em Lages já foi entregue e se já está no plano da Celesc a extensão da rede elétrica até o local. Coruja solicitou ainda informações relacionados ao valor total do aporte que o governo estadual fará ao projeto e qual o valor já liberado.

Quer saber, também, quando começa a produção das primeiras unidades para teste, qual é a meta de produção no primeiro ano e quantos funcionários deverão ser contratados para trabalhar na fábrica. Ele também pergunta se a Sinotruk está autorizada legalmente a iniciar a produção dos caminhões no Brasil.

(Informações e foto: Lucimar Francischini)

Programa Novos Caminhos em Lages

0

A proposta parte da Federação das Indústrias de Santa Catarina (FIESC), do Tribunal de Justiça de Santa Catarina (TJ/SC) e da Associação dos Magistrados Catarinenses quando, na próxima quarta-feira (4), assinam convênio para estender o programa Novos Caminhos a Lages e região.

A iniciativa visa a qualificar jovens de 14 a 18 anos que, ao atingir a maioridade, deixarão os abrigos do Estado.

O evento ocorre na sede da Associação dos Sindicatos Filiados à FIESC na Região Serrana, a partir das 8h30min.

.

O que é o Programa

O programa, que integra o Movimento A Indústria pela Educação, está em andamento em outras regiões, como Oeste, Norte, Grande Florianópolis, Sul e Vale do Itajaí.

Segundo dados do Tribunal de Justiça, em Santa Catarina cerca de 470 jovens de 14 a 18 anos estão em casas de acolhimento.

Eles podem acessar o Novos Caminhos, cuja etapa inicial consiste em orientação profissional, oferecida pelo IEL.

Nesta fase, são identificadas necessidades de formação dos estudantes e os alunos conhecem as opções de cursos do SENAI.

Na segunda etapa, os jovens são encaminhados, se necessário, ao programa de educação de jovens e adultos do SESI ou a um curso técnico ou de aprendizagem industrial que optarem no SENAI.

(Informações: Catarinas)

Tema relevante em discussão

0

Diante das várias constatações de violência contra a mulher, em Lages, o vereador Professor Domingos, presidente da Frente Parlamentar dos Homens que combatem a Violência contra a Mulher, coordena reunião da Frente Parlamentar com a Gered, Secretaria Municipal de Educação, Delegacia da Mulher, Conselho da Mulher, Secretaria de Assistência Social e outras entidades para discussão sobre ações preventivas e de enfrentamento ao problema no Município.

A reunião ocorrerá nesta terça-feira, 03 de março, às 14 horas, na sala das Comissões da Câmara de Vereadores de Lages.

Associação de Moradores do Gralha Azul

0

Apenas uma chapa, a da atual presidente da Associação de Moradores do bairro Gralha Azul, em Lages, se inscreveu para a nova eleição da diretoria, que acontece pelo sistema plesbicitário (sim ou não) no dia 15 de março, das 13h30min às 17h30min, na Igreja do Evangelho Quadrangular do Bairro.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAA União das Associações de Moradores de Lages salienta ainda, que esta é a primeira eleição da atual presidente Samara Garcia, sendo que a mesma permanece há dez anos na Associação.

Isso aconteceu por que ela foi obrigada a assumir as presidências de outros três presidentes que renunciaram seus mandatos.

Mais uma atribuição do deputado Gabriel Ribeiro

0

Plenário Gabriel1O deputado estadual Gabriel Ribeiro (PSD) também entrou na luta pela duplicação da BR 282.

Recentemente, o político serrano se escalou para fazer parte da frente parlamentar que tentará viabilizar o projeto junto ao governo federal.

Assim, ele passou a ser membro do fórum para mostrar aos órgãos competentes a relevância da duplicação da BR 282 para a região.

A frente parlamentar foi proposta pela Comissão de Transportes e Desenvolvimento Urbano da Assembleia Legislativa, através de um requerimento do deputado Valdir Cobalchini (PMDB).

O fórum se incorpora ao movimento liderado pela Federação das Associações Comerciais e Industriais de Santa Catarina (FACISC), cujo tema é “BR 282 – Quem vem tem que voltar”.

A BR 282 tem 680 quilômetros de extensão, e é responsável por grande parte do escoamento da produção da Serra, Oeste e Meio-Oeste de Santa Catarina.