Cidade de São Joaquim projetada para o Brasil

O Programa Mais Você, de Ana Maria Braga, da Rede Globo, apresentou São Joaquim para o Brasil na manhã desta quinta-feira (17).

O repórter Jimmy McMannis foi quem mostrou as belezas da cidade, a economia, e várias curiosidades de uma das cidades mais frias do Brasil.

O jornalista se encantou com a descoberta do truque da árvore congelada e o sistema de aquecimento usado pela população em casa, com o tijolo quente colocado na cama.

Muito bacana. Mas, quero aqui também ressaltar o trabalho da jovem Sara Correa, frente à Secretaria de Turismo de São Joaquim. Sara, inclusive, deu entrevista sobre como a árvore congela na cidade, no maior desembaraço, sem medo da TV Globo.

A jovem tem mostrado competência no que está fazendo, e dando à São Joaquim um lugar a mais no cenário nacional. O “dedo” dela tem estado em muitas ações em torno do fomento turístico local.

Aliás, pelo que soube, já está trabalhando na organização da Festa da Maçã 2018. Ela esteve à frente da organização em 2016, no retorno do evento depois de muito tempo. E foi um sucesso. Porém, para o próximo ano, promete que será melhor ainda. Esperemos então!

Veja aqui a reportagem completa no Mais Você

Palestra aborda a resolução de conflitos extrajudiciais

SC na contramão do desemprego

É o que aponta pesquisa do IBGE divulgada nesta quinta-feira, 17, mostrando que o estado registrou taxa de 7,5% de desocupação no segundo trimestre deste ano, o menor índice do país.

Os dados revelam ainda uma melhora em relação ao primeiro trimestre, quando Santa Catarina já havia apresentado o melhor resultado, mas com taxa de 7,9% de desocupação.

A média nacional no primeiro trimestre ficou em 13% de desocupação, revela a Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua (PNAD Contínua). No primeiro trimestre, o índice no país era de 13,7%.

Entre os estados, Santa Catarina manteve o melhor resultado no acumulado do segundo semestre, com índice de 7,5%, seguido por Rio Grande do Sul (8,4%) e Mato Grosso (8,6%). Os piores desempenhos no período foram registrados nos estados de Pernambuco (18,8%) e Alagoas (17,8%).

Foto: Secom/Arquivo

Primeiras mudanças na Av. Papa João XXIII

Desde maio a Diretoria de Trânsito (Diretran), em parceria com a Secretaria de Planejamento e Obras, executa mudanças significativas na avenida Papa João XXIII, no bairro Petrópolis.

A medida visa à melhor fluidez dos veículos em uma das vias mais movimentadas, dando acesso à parte alta da cidade. As primeiras alterações já podem ser sentidas pelos motoristas que trafegam pelo local.

Já foi concluída a parte de pavimentação das duas pistas da descida sentido bairro-Centro.  Nesta quinta-feira (17) foi feita a sinalização dando notoriedade às mudanças.

A primeira providência para amenizar esta dificuldade foi alargar a passagem de veículos sobre a ponte do rio Carahá, dando acesso à direita; à frente, em direção à rua Castro Alves (acesso à Praça Joca Neves), ou opção de dobrar para a rua São Joaquim (Praça da Fraternidade). Portanto, serão três opções de acessos neste sentido.

A próxima etapa do projeto será o deslocamento da ciclofaixa, que atualmente ocupa uma parte da via na Papa João XXIII, impedindo a subida de dois carros pela avenida, sentido Centro-bairro.

Fotos: Carlos Becker

Mais eficácia no controle de javalis com aplicativo

É o que se espera a partir de uma ferramenta considerada  fácil de ser manuseada. Segundo informações,  torna mais eficiente o combate de uma das maiores pragas que infestam as lavouras, o javali.

O Ciasc apresentou em Lages, nesta quinta-feira, 17, o aplicativo Ambiental SC, que receberá informações que vão ajudar policiais, produtores e caçadores na captura desses animais.

A ideia do aplicativo surgiu de uma reunião entre o deputado Gabriel Ribeiro e a Polícia Ambiental da região de Lages. Ainda no ano passado, o parlamentar e o comandante do batalhão da Ambiental, major Pimentel, levaram ao Ciasc a proposta da criação da ferramenta.

O funcionamento

É bastante simples: a pessoa que avistar ou abater javalis postará a informação pelo telefone celular. O programa vai gerar um mapa que mostrará a concentração dos animais, direcionando o trabalho dos policiais e a ação dos caçadores. Além disso, produzirá um banco de dados do javali, algo inédito no país.

Além da destruição de lavouras, especialmente da Serra Catarinense e da região Oeste, os javalis representam um risco iminente para o controle sanitário. Santa Catarina é o maior exportador de suínos do Brasil e tem alto grau de controle de doenças, e os javalis podem contaminar o rebanho.

Informações e fotos: Tarcísio Poglia

Projeto Cinema ao Vivo no Teatro do Sesc em Lages

O projeto Cinema ao Vivo, promovido pela Fundação Catarinense de Cultura (FCC) por meio do Museu da Imagem e do Som (MIS/SC), terá uma edição no Teatro do SESC de Lages com a banda Skrotes fazendo, ao vivo, a trilha sonora para a exibição do filme de terror Nosferatu, clássico do diretor Friedrich Wilhelm Murnau, de 1922, adaptado do romance Drácula, de Bram Stoker.

A sessão ocorrerá no dia 30 de agosto, às 19h, e faz parte da programação do Encontro Estadual de Patrimônio Cultural que a FCC promove nos dias 29 e 30 de agosto em Lages.

Foto: Márcio Henrique Martins/FCC

Nota oficial sobre o endividamento de SC

As duras críticas do deputado estadual Fernando Coruja (PMDB), devido ao endividamento do Estado, motivou o Governo a expedir nota explicativa, citando três momentos:

O primero diz que Santa Catarina tem um dos menores comprometimentos da receita com dívida: 39,68%. O limite determinado pela Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF) é de 200%. Captar recursos, contraindo dívidas por meio de empréstimos, é uma prática comum às gestões públicas, não apenas no Brasil. O que precisa ser levado em conta nesse debate é a capacidade de pagamento do governo ao contrair dívidas. A dívida está longe de ser a maior preocupação do Governo. O maior problema continua sendo a previdência, seguido da folha de pessoal.

Dívida 2

No caso de SC, os números mostram que a gestão da dívida tem sido feita de forma responsável e sustentável: em 2011, quando Raimundo Colombo assumiu o governo, o estoque da dívida de SC era de R$ 11,8 bilhões. De janeiro de 2011 a julho de 2017, o Estado contraiu mais R$ 8,4 milhões em novos empréstimos. No entanto, nesse mesmo período foram pagos R$ 12,1 bilhões em dívidas, mostrando a capacidade do Governo em honrar com seus compromissos.

Dívida 3

O novo endividamento, aprovado pela Alesc mas que ainda não foi contratado, prevê R$ 700 milhões para o Fundam 2 e R$ 800 milhões para obras diversas de infraestrutura. Vale lembrar que o Governo de SC foi protagonista de uma renegociação das dívidas dos Estados com a União em 2016 e, por conta disso, o Estado já deixou de repassar mais de R$ 1 bilhão para a União.

Desassoreamento do rio Carahá

O jornalista Iran Rosa, da Ascom da Prefeitura atualizou nesta quinta-feira (17) a situação do desassoreamento das margens do Caraha, que corta a zona central de Lages.

Em apenas 17 dias do início das obras já foram retiradas 296 cargas de terras. A extensão já desassoreada é de aproximadamente 800 metros, cerca de 10% do total.

A calha da Avenida Belizário Ramos, que está recebendo esta melhoria, estende-se por cerca de oito quilômetros, desde a baixada do bairro Triângulo até a ponte de acesso ao bairro Caça e Tiro.

Paralelo a esta limpeza, está sendo feita a semeadura de azevém, espécie de gramínea apropriada para plantio nesta época do ano, e que servirá como forração temporária das encostas da calha natural da avenida.

Obras complementares como o reparo de bueiros e galerias pluviais também estão recebendo manutenção, durante o trabalho de desassoreamento.

Fotos: Marcelo Pakinha

Página 1 de 1328