Tag: Sílvio Dreveck (Página 1 de 2)

Dreveck afina discurso entre PP e PSD

Em roteiro pela região desde a última quarta-feira (15), do deputado estadual e presidente da Assembleia Legislativa esteve na manhã desta sexta-feira (17), visitando o prefeito Antonio Ceron.

Na ocasião, com a participação da imprensa, relatou os feitos da Assembleia e a importância dela na socialização dos trabalhos pelo Estado.

Politicamente ratificou a parceria do Partido Progressista (PP), com o PSD, numa composição que vem sendo articulada há bastante tempo, visando obviamente não deixar para acertar tudo às vésperas das eleições em 2018.

Seja como for, a presença dele na região fortaleceu ainda mais os laços entre os dois partidos, o PP e o PSD, na região.

Lideranças do PP na região

O Partido Progressista, PP, aproveitou o feriado desta quarta-feira, 15, para se reunir com algumas das principais lideranças do Estado.

Em Lages, na sede do partido, estiveram os deputados Esperidião Amin e Silvio Dreveck.

Eles foram recepcionados pelo presidente local, Sandro Anacleto, e pelos vereadores Luiz Marin e Lucas Neves, além do prefeito de Urupema, Evandro Frigo. Também participaram filiados da sigla. 

Ainda nesta quarta, foram à Ponte Alta, para encontro com lideranças dos municípios de Correia Pinto, Ponte Alta e São Cristóvão do Sul.

Durante os encontros foi reforçado que o Progressistas está convicto de que terá participação importante na eleição do ano que vem, e que a Região da Serra deverá fortalecer a unidade partidária buscando eleger deputados estadual e federal.

Foi ratificada a decisão tomada em agosto, quando o partido pré-lançou o meu nome e do vereador Luiz Marin para a eleição a federal de 2018.

Para estadual, estão postos os nomes do próprio Lucas Neves e o do vice-prefeito Juliano Polese.

(Fotos: divulgação)

Presidente da Alesc estará na região

O presidente da Assembleia Legislativa, deputado Silvio Dreveck (PP), realiza roteiro pela região serrana a partir desta quarta-feira (15).

O objetivo é continuar seu trabalho de aproximar as atividades do Legislativo estadual do interior catarinense, promovendo encontros com prefeitos, vereadores, lideranças e imprensa local.

Dreveck fará um balanço das ações desenvolvidas na Assembleia Legislativa neste ano, além de comentar os projetos que ainda devem ser deliberados até dezembro.

As reuniões serão realizadas em Bom Retiro, Urupema, Ponte Alta, Palmeira, Urubici, Campo Belo do Sul e Lages e devem contar com a participação de lideranças de cerca de vinte municípios da região.

Na quinta-feira, 16, o deputado participa da audiência pública que irá debater a pavimentação do trecho da SC-370 que liga Urubici a Rio Rufino.

O roteiro se encerra em Lages, na sexta-feira, 17, de manhã. Na oportunidade deverá conceder uma entrevista coletiva à imprensa, às 9 horas, na Prefeitura.

(Foto: Agência Alesc)

Pinho Moreira reage à aliança de PP e PSD

A convenção do PP nesta última segunda-feira (21) foi decisória no aspecto da união entre o PP e o PSD visando o pleito em 2018.

Até mesmo uma moção de comprometimento foi assinada e aprovada pelo Partido Progressista na ocasião.

O documento sugere encaminhamentos conjuntos para as eleições majoritárias do próximo ano com o PSD, e demais legendas que possam integrar o projeto, caso do PSB e PSDB que estiveram representados no evento político.

O deputado federal Esperidião Amin foi mantido no comando estadual do Partido. O deputado estadual Sílvio Dreveck, importante interlocutor em todo o processo de aproximação, deverá assumir a condição de presidente, no ano que vem.

Reação

Quem reagiu a essa aproximação documentada entre o PP e PSD foi o vice-governador Eduardo Pinho Moreira (PMDB). Disse que não vai interferir nas decisões do PSD, e que o verdadeiro líder é o governador Raimundo Colombo, e não Merisio. Para ele, será Raimundo quem dará a palavra final, embora tenha deixado transparecer que também não vai interferir na decisão do Governador, seja qual for.

Em suas declarações também ressaltou que não teme enfrentar nas eleições em 2018 o PP e o PSD, desde que o PSDB esteja com o PMDB. Aliás, os tucanos estão hoje mais próximos de formar a tríplice aliança do que configurar parceria com o PMDB. Mas…

Ouvi entrevista do vice Pinho Moreira a formadores de opinião. Chamou atenção o tom de ameaça sobre as razões que levaram à consolidação da aliança, desde já, entre o PP e o PSD. Disse que revelações deverão ser feitas oportunamente.

Seja como for, o ajuste de hoje formata uma proposta ao pleito de 2018, entre PP e PSD, entre outros aliados, que afasta qualquer chance de aproximação com o PMDB no próximo pleito.

(Fotos: Divulgação)

PP realiza convenção

A convenção do Partido Progressista (PP), na próxima segunda-feira (21), define a futura Executiva Estadual. Se o deputado federal Esperidião Amin permanece no cargo ou transfere para o deputado estadual Sílvio Dreveck,

Esperidião é o atual presidente do PP

O resultado é bastante aguardado, até porque tem influência direta no futuro do PP no Estado. Dreveck é mais favorável à aproximação com o PSD, e dar apoio direto à Gelson Merísio, pré-candidato ao Governo, restabelecendo aliança.

Esperidião Amin, embora não seja contrário à aliança, acha melhor ter a indicação de um nome do Partido para também ser opção ao Governo, numa espécie de Plano B.

(Foto: Divulgação)

Merisio”planta” o nome a empresários de Lages

O deputado estadual Gelson Merisio falou aos empresários e convidados presentes da forte necessidade de pensar no crescimento e a integração do Estado, além dos arredores da BR 101, que consegue andar por si só, e também se desenvolver dentro do seu eixo natural.

Deixou claro que o próximo governador precisa dar continuidade à caminhada pelo interior para dar maior equilíbrio ao Estado. Lembrou que é de Chapecó, e que para chegar até lá, é preciso antes passar pela Serra Catarinense, por Lages.

Na fala, voltou a frisar sobre a proposta de acabar com as ADRs, caso seja ele o futuro Governador. Aliás, para ele, em Santa Catarina não cabem mais nem as regionais da Saúde ou da Epagri, entre outras. O caminho é usar os recursos da instantaneidade na organização dos serviços.

Em Lages, também veio transmitir seu apoio ao prefeito Antonio Ceron que, segundo ele, o Governo do Estado, através de Raimundo Colombo, deverá beneficiar muito o Município, antes de deixar o Governo, atendendo a todas as pendências.

Antes de ir à ACIL, um rápido encontro no gabinete do prefeito, juntamente com o presidente da Alesc, Sílvio Dreveck, do PP, com Gabriel Ribeiro, entre outros.

Aliás, Dreveck defende a materialização da união entre os dois partidos para 2018. E, como se vê, as coisas se encaminham para este fator.

Voltando à conversa com os empresários, o recado foi assimilado. Merisio passa a ser o nome mais próximo da Serra, para seguir trabalhando numa candidatura, propondo a integração de todas as regiões, em especial, as interioranas.

(Fotos: Veruska)

Mais economia na ALESC

Depois das notícias negativas envolvendo as diárias na Alesc, recentemente, a informação é de que a Casa deverá alcançar uma economia de 10,36 milhões de reais até o final de 2017.

Entre as medidas para isso, a substituição de policiais da ativa por aposentados com redução de subsídios, corte de gratificações por acúmulo de função e eliminação de aluguel para a Escola do Legislativo Deputado Lício Mauro da Silveira.O presidente do Legislativo catarinense, deputado Sílvio Dreveck (PP) adiantou que o Projeto de Lei Complementar 005 de 2017, que poderá ir a votação em breve, pretende otimizar a estrutura de pessoal e reduzir custos, com economia de dois milhões de reais por ano.

Segundo ele, com este conjunto de medidas e outras providências, como revisão de contratos com fornecedores, a redução de custos pode chegar a 20 milhões de reais/ano. Resta esperar para ver se a proposta de economia irá se concretizar.

(Foto: Divulgação)

Dreveck do PP na Presidência da ALESC

Com os votos dos 38 deputados estaduais presentes, o deputado Sílvio Dreveck (PP) foi eleito na tarde de quarta-feira (01) presidente da Assembleia Legislativa de SC, na sucessão de Gelson Merisio (PSD).

silvio dreveck

Conforme expos, o parlamentar vai exercer o cargo este ano e renunciar em 2018 para ceder metade do mandato ao 1º vice-presidente Aldo Schneider (PMDB).

Após a sessão de votação, que abriu o ano no Legislativo estadual, ambos prometeram uma gestão compartilhada do parlamento. (Fonte: ClicRBS/SC)

Página 1 de 2