Tag: Revitalização do Centro

Revitalização do Centro

Para que não pairem dúvidas sobre o projeto de revitalização da área central de Lages, conversei com a presidente da Câmara de Dirigentes Lojistas, de Lages, Rosani Pocai.

Segundo ela, já foi feito um trabalho de conscientização em meio à classe, sobre a possibilidade de que as obras comecem ainda este ano.

Tanto que, todo o envolvimento decorativo e as atividades natalinas envolvendo a entidade serão todas feitas entre a Catedral e o Tanque. (Parque Jonas Ramos).

Pocai entende de que se os trâmites finais que estão sob a responsabilidade da Prefeitura e do Governo do Estado permitirem o início das obras, que comecem a qualquer tempo, ainda neste ano.

Assim, em janeiro, já no dia 2, no período de férias, as obras estariam a todo o vapor.

Louvável o pensamento dos dirigentes lojistas, e dos próprios lojistas, ao entendimento de que nem mesmo o Natal deve ser empecilho para a execução do projeto.  “Queremos que saia de uma vez”, disse Rosani.

Pequenos “enroscos” para iniciar demolição

Depois da decisão judicial pela derrubada do prédio do antigo Colégio Aristiliano Ramos, a Prefeitura de Lages não quer mais perder tempo, para efetivar a ação.

Foto: Pablo Gomes

Para discutir o assunto, na manhã desta terça-feira (10), o prefeito Antonio Ceron se reuniu com o secretário executivo da Agência de Desenvolvimento Regional (ADR), para, exatamente avaliar todos os pontos para o próximo passo.

A expectativa é de que o processo de demolição não demore. Porém, antes, alguns trâmites precisam ser obedecidos. Um deles é a possibilidade da doação do imóvel do Estado ao município. Para isso acontecer, precisa passar pelos deputados na Assembleia Legislativa, ainda este ano.

Demolição agora é uma questão de tempo

Nos próximos dias o assunto será pauta de uma reunião com o governador Raimundo Colombo. Enquanto isso, os técnicos da Prefeitura e do Governo estudam as alternativas mais rápidas, baratas e legais para providenciar a demolição o mais rápido possível.

Vale lembrar que as obras de revitalização do Centro podem começar a qualquer momento, pois, não dependem essencialmente do prédio do Aristiliano estar totalmente removido da Praça.

Aprovado o projeto de revitalização do Centro

A espera terminou. Finalmente o projeto de revitalização do Centro de Lages está aprovado tanto pela prefeitura quanto de parte dos empresários. A apresentação ocorreu na manhã desta sexta-feira (14), na Prefeitura.

Apesar da concepção moderna, com referências de projetos já executados na Europa, em que os espaços privilegiam a convivência entre as pessoas e acessibilidade, algumas mudanças sugeridas pelos empresários foram incorporadas ao projeto.

Assim, foi mantida a proposta de manter mais vagas de estacionamento e a implantação de mais banheiros, além de uma estrutura exclusiva para a Polícia Militar.

Daqui para frente o projeto deverá caminhar para a execução. O próprio Município garantiu a execução pagando o projeto. Seja como for, a licitação é passo seguinte. E, dentre de uns dois meses será conhecida a empresa vencedora.

O pessoal da CDL e do Sebrae  acompanhou a apresentação das mudanças sugeridas e deram o aval positivo.

Fotos: Greik Pacheco

Apenas aguardando pela demolição

Não tenho dúvida de que estão sendo adotadas todas as medidas possíveis em relação ao antigo Colégio Aristiliano Ramos, no Centro de Lages.

Aristiliano2

A posição do Governo do Estado sempre foi muito clara sobre o assunto, e a proposta é demolir o prédio para proporcionar a revitalização do Centro da cidade.

Construído há 80 anos, o edifício foi interditado em dezembro de 2011 pela Defesa Civil devido a vários problemas estruturais. Os 1,3 mil alunos da época foram imediatamente transferidos para outras escolas da rede estadual, e ninguém ficou sem aulas.

Várias possibilidades foram levantadas, mas como uma restauração completa ficaria totalmente inviável sob os aspectos financeiro e logístico, optou-se por trabalhar com a hipótese de demolição para dar lugar à revitalização do Centro.

Atualmente, há unanimidade de opiniões da população em favor da demolição.

.

Revitalização da Praça

O projeto arquitetônico contempla uma nova praça naquele espaço, inclusive com área para shows e outras atividades culturais, a exemplo do que ocorre desde julho de 1973 durante a Festa do Pinhão, com o Recanto do Pinhão abrigado no local.

praçao

Perspectiva de como a Praça deverá ficar

Por hora, ainda  se sabe de que há uma situação que impede o Estado de tomar qualquer tipo de medida, até mesmo porque o edifício continua interditado pela Defesa Civil.

Porém, a expectativa é de uma decisão final favorável ao Governo do Estado nas próximas semanas, e tão logo isso ocorra, o prédio deverá ser demolido para a plena execução do projeto de revitalização do Centro de Lages.

Pablo Gomes, jornalista da ADR Lages

Elizeu é sabatinado pelo Fórum de Entidades

Foi durante reunião nesta quarta-feira (13), em um café da manhã, na ACIL. Na ocasião, o prefeito Elizeu Mattos respondeu aos representantes do Fórum de Entidades questões sobre temas pertinentes à comunidade, tais como a revitalização do centro; a reforma do mercado público e ainda sobre a criação de um Instituto de Planejamento Urbano para melhorar a mobilidade dentro do município.

café ACIL Elizeu

Sobre a revitalização, Elizeu descarta a possibilidade de que se comece ainda este ano. Não antes da implantação do novo sistema de iluminação, que incluem a remoção dos postes.

café acil

Outro tema que vem sendo bastante discutido nas reuniões do Fórum é sobre as lombadas e redutores de velocidade espalhados na cidade. A preocupação é de que seja criado uma sistemática que possa resolver os problemas de mobilidade.

Na verdade, há certo descontentamento por parte do empresariado. O que se quer é mais atenção em setores específicos, e que a cidade não pode esperar. A mobilidade é um desses gargalos, que só tende a piorar.

(Informações e fotos: Débora Puel)

Quanto à recuperação de ruas nos bairros

A prefeitura de Lages, através da Secretaria de Infraestrutura, até para dar satisfação à comunidade informa que está dando continuidade ao seu cronograma de obras em várias regiões da cidade.

Entre os serviços, são realizados patrolamento, tapa-buracos, construção de caixas, colocação de tubos, calçamento, limpeza e desobstrução de bocas-de-lobo.

Por exemplo, na rua José Kichiner, próximo ao Caic, no bairro Santa Catarina, está sendo substituída uma ponte de madeira por galeria de concreto.

Infraestrutura mantém obras em vários bairros - Caetano Vieira da Costa, foto SecNas ruas Caetano Vieira da Costa e Aristiliano Ramos, no Centro, o calçamento está sendo recuperado, facilitando o deslocamento de pedestres.

Ruas da Cidade Alta e bairro Ferrovia, além de paralelas à avenida Papa João XXIII, estão sendo patroladas.

Por outro lado, segue também a recuperação do asfalto da avenida Presidente Vargas para que em breve seja feito o recapeamento. Então tá.

Ato recheado de novidades no Marajoara

Com o Teatro Marajoara lotado, o ato político que marcou a passagem do aniversário de Lages, foi recheado de notícias e acontecimentos.

raineskiA primeira das surpresas foi a apresentação de um resumo do Projeto de Modernização do Centro de Lages, por parte do secretário de Planejamento, Jorge Raineski, acompanhado dos idealizadores espanhóis, da empresa IDP.

É o sonho da Administração poder revitalizar todo o Centro, já a partir das obras do cabeamento subterrâneo, em janeiro do ano que vem. Tanto, que Raineski chegou a pedir o apoio do governador Raimundo Colombo, uma vez que, a revitalização não passaria dos R$ 10 milhões, portanto, viável.

marajoara públicoUm detalhe observado no projeto é que, nesta revitalização, o visual de como ficaria a Praça João Costa, não conta mais o colégio Aristiliano Ramos. No espaço, a preocupação em criar um palco e outros itens de motivação para o uso público.

Aliás, segundo o Secretário, toda a proposta de revitalização contempla o pedestre, ou seja, valoriza quem anda a pé, e afasta a ideia de que o carro deva estar tomando espaço na área central. É o que ele chama de “humanização” do centro.

Outra novidade

O anúncio e a apresentação do projeto de construção do Condomínio Gralha Azul, com empresa já contratada. Serão 240 unidades que vão custar cerca de R$ 12 milhões.

habitaçãoO Condomínio será para abrigar as pessoas que tiveram que deixar as casas devido a construção da Av. Ponte Grande.

Terrenos a empresas

Doze empresários receberam o documento legal para ocupação de áreas no município para a ampliação, expansão ou construção de novas empresas.

empesáriosO favorecimento a esses empreendimentos deverão também incrementar a oferta de empregos, para em torno de mil novas vagas.

vilsoO empresário Vilso Isidoro, que vai construir o frigorífico de peixe, recebeu também ocasião toda a documentação legal para o início das obras. “Agora sai”, disse.

Duque de Caxias

No evento, foi a autorizado o refinanciamento do Badesc para a revitalização da Av. Duque de Caxias, que liga o centro ao bairro Conta Dinheiro. O novo contrato prevê um aditivo de R$ 2,7 milhões para a conclusão dos trabalhos. Valeu o “choro” de Elizeu no último encontro no Marajoara, também com a presença do Governador.

Chaves

O governador Raimundo Colombo também entregou as chaves de todos os quase 40 maquinários adquiridos pelo Município, em parceria com o Governo.

elizeuEntre os convênios, o Governo assinou mais um liberando mais de R$ 5 milhões ao Município para a construção e revitalização de mais 25 ruas na cidade. Os recursos são do Fundo de Apoio aos Municípios (Fundam).

O prefeito Elizeu espera ter revitalizado em até março de 2014, cerca de 50 ruas e avenidas.

O pai de Raimundo

pai de raimundoEmocionado o governador Raimundo Colombo ouviu as palavras do mestre de cerimônias, os motivos que levaram à troca do nome da Av. que está sendo construída ligando o bairro Caça e Tiro e Guarujá, pelo nome do pai dele, Casemiro Vitório Colombo.

Foi um ato repleto de boas notícias. Elizeu começa a acertar o passo em torno da nova filosofia administrativa.

Projeto de revitalização do Centro passa pelo Compac

Lages está bem próxima de tornar realizada o projeto de recuperação das áreas públicas e dar à população um espaço que aos poucos foi tomado pelos veículos. Esta é a tendência nos grandes centros. Pelo menos é         que disse Rafael Carneiro, executivo da Secretaria de Planejamento.

Compac aprova projeto de revitalização do Centro (1)Outra questão importante aprovada pelos membros do Conselho Municipal do Patrimônio Cultural (Compac), o qual é vinculado à Fundação Cultural de Lages (FCL), foi a deliberação para que o Colégio Aristiliano Ramos seja demolido.

Estiveram presentes oito dos 14 integrantes do conselho e a maioria aprovou o projeto votando a favor da demolição do edifício, abrindo espaço para a ampliação da praça.

aristiliano2Ex-colégio Aristiliano Ramos será demolido

O lugar vai receber novos incrementos como por exemplo, a criação de um memorial histórico, mas fica aberto a sugestões.

O assunto foi avaliado considerando que em breve será iniciada a execução do projeto de cabeamento subterrâneo no Centro e era necessário um posicionamento definitivo.

Sobre o cabeamento subterrâneo

Os recursos pelo governo do Estado já estão garantidos. A estimativa é de que sejam necessários cerca de R$ 15 milhões para a execução do cabeamento e da reurbanização.

O projeto está sendo desenvolvido em parceria com a IDP Engenharia, Meio Ambiente e Arquitetura. A empresa espanhola está no Brasil desde 2011, com escritório em Florianópolis.

Ainda sobre a revitalização

Serão criadas áreas de playground, lazer, cafeterias, banca de jornal e revistas e áreas verdes, além de um espaço amplo para realização de eventos, com um palco fixo.

As ruas Nereu Ramos, Coronel Córdova e parte da Correia Pinto, que compõe o Centro da cidade, estão no projeto como um eixo de circulação humanizado com espaço para bicicletários.