Tag: Polícia Civil (Página 1 de 6)

Disque Denúncia pelo WhatsApp em SC

A partir de agora o cidadão tem novo mecanismo para fazer contato com a polícia em caso de algum delito. A ferramenta além de facilitar contato dá garantia de sigilo absoluto.

O número de WhatsApp (48) 98844-0011

O serviço foi lançado nesta quinta-feira (16), e ficará à disposição da população ininterruptamente, tendo como principais características: facilidade, agilidade e garantia de sigilo absoluto.

Através dele  o cidadão poderá enviar mensagens com fotos, vídeos e documentos para auxiliar nas investigações.

Todas as denúncias serão analisadas por policiais civis e encaminhadas aos setores competentes do órgão policial para apuração. A ideia é que a sociedade participe e colabore com a segurança pública, auxiliando nas ações policiais.

Foto: James Tavares/Secom

Polícia intercepta carro com 600 quilos de maconha

Foi numa a ação conjunta entre a Polícia Civil, através da Divisão de Investigação Criminal (DIC/Fron), e polícias Rodoviária Federal (PRF) e Militar Rodoviária (PMRv).

A operação ocorreu na madrugada desta quinta-feira, 16 e resultou na apreensão de cerca de 600 quilos de maconha, no contorno viário de São Lourenço do Oeste.

A droga estava armazenada no veículo Renault/Megane, de cor prata, que acabou colidindo com a viatura dos policiais. O motorista fugiu na mata.

A apreensão de maconha ocorreu após denúncia anônima que alertou os policiais sobre um carregamento de drogas que estaria chegando a Santa Catarina.

Foto: PC/SC – Clarissa Margotti – Assessoria de Imprensa

Combate ao abigeato

Abigeato é uma espécie de crime de furto que envolve a subtração de animais, principalmente domesticados, como animais de carga e animais para abate.

Um problema que os pecuaristas vem sofrendo desde que iniciaram suas criações na região. Um problema que o Sindicato Rural vem sentindo deste a sua fundação, em 1939. Como se vê, uma questão histórica.

É difícil combater devido à vastidão dos campos serranos. Porém, é preciso tentar encontrar maneiras que possam, pelo menos, coibir ou diminuir as ocorrências.

Embora tais ocorrências sejam registradas, as Polícias urbanas têm muitas demandas. E o interior, praticamente fica sem assistência.

Para tanto, a Federação da Agricultura do Estado de Santa Catarina (FAESC) articula uma parceria com a Polícia Militar Ambiental, para, em conjunto, encontrar uma maneira de viabilizar a segurança no campo.

Porém, o entendimento é de que não basta só querer, é preciso também recursos. O estudo avança a partir da parceria com a PM envolvendo não somente a Federação, mas também, com envolvimento de todas as entidades sindicais do Estado.

Uma situação que precisa ter mais atenção das autoridades. De acordo com o presidente da Associação Rural de Lages, Márcio Pamplona, a situação hoje está praticamente sem controle.

Para o dirigente, a falta de uma ação prática, como a criação de uma Delegacia Rural, só para tratar de casos envolvendo o campo, pode ser uma alternativa.

Márcio salienta que há a necessidade de mais envolvimento político e de gestores municipais e do Governo do Estado, além das forças policiais e sindicais, para que crimes no interior sejam combatidos.

Nova Delegacia Regional será habitada

A nova estrutura da 8ª Delegacia Regional, em Lages será habitada nos próximos dias. A mudança deverá ocorrer no final deste mês ou no início de novembro.

Foto ilustrativa de quando o prédio ainda estava em obras

No momento estão sendo instalados todos os equipamentos e móveis necessários; além do ajuste de todas as conexões internas e externas e a construção do cercado do prédio.

Porém, embora a ocupação seja efetivada em breve, ainda não há data para a inauguração.

Na nova Delegacia, uma das novidades a quem for fazer a Carteira Nacional de Habilitação (CNH), é de que as provas serão todas digitais, ou seja, eletrônicas. Será o fim do uso do papel nesse serviço.

Por outro lado, a atual sede da Delegacia Regional, na Rua Lauro Muller, no Centro, será reformada e deverá atender todas as necessidades da Delegacia da Mulher.

Concurso para ingresso na Polícia Civil de SC

Nesta terça-feira (24), o secretário de Estado da Segurança Pública em exercício, Aldo Pinheiro D’Ávila, assinou os editais para realização do concurso público de ingresso na Polícia Civil de Santa Catarina.

Serão oferecidas 394 vagas – 194 para Escrivão de Polícia e 200 para Agente de Polícia. A expectativa é que o documento seja publicado até quinta-feira, 27, no Diário Oficial do Estado. Só este ano foram abertas 622 vagas em concursos autorizados pelo Governo para Polícia Civil e IGP. 

Inscrições e provas

As inscrições começam dia 27 de outubro e se estendem até 27 de novembro. As provas serão realizadas em dezembro. Dia 16 são as provas para a carreira de Escrivão de Polícia, e no dia 17 de dezembro é a vez dos exames para Agente de Polícia.

Foto: Johatan Tavares – Ascom/SSP

Polícia Civil deflagra operação em SC

A Polícia Civil deflagrou nesta quinta-feira, 7, uma das maiores operações policiais realizadas no Estado contra a facção criminosa responsável pelos atentados cometidos na última semana.

A ação policial ocorre nas cidades de Blumenau, Joinville, Florianópolis, Criciúma e Navegantes, e é coordenada pela Divisão de Repressão ao Crime Organizado (Draco/Deic). Até o momento são 47 presos.

A Operação Independência faz alusão à data patriótica comemorada nesta quinta e à autonomia constitucional da Polícia Civil, em suas atividades investigativas e de polícia judiciária.

deic opera 6

Mais de 300 policiais civis, de diversas Delegacias Regionais e Diretorias da Polícia Civil, estão cumprindo, desde a madrugada, 58 mandados de prisão, inclusive contra as lideranças de grupos criminosos e 42 mandados de busca e apreensão, expedidos pelo Poder Judiciário.

Fotos: Divulgação / Polícia Civil

Segue a manutenção dos túmulos

Em Lages, os trabalhos de restauração dos 54 túmulos do cemitério Cruz das Almas, que foram depredados há cerca de duas semanas, está em andamento. Esta que foi considerada a maior depredação em cemitérios, do Brasil.

A expectativa é de que dentro de aproximadamente dez dias estejam concluídos, entregando os jazigos como eram antes do ato criminoso.

Vale dizer que a Prefeitura, através da Secretaria de Serviços Públicos e Meio Ambiente, irá custear as despesas com a recuperação, ou seja, sem nenhum ônus para os familiares.

Muito embora, algumas famílias se prontificaram a colaborar com a reposição de alguns materiais, como vidraças e acessórios.

Por fim, sobre o ato de vandalismo, já se tem informações sobre um dos responsáveis estando sob investigação da Polícia Civil de Lages.

Fotos: Carlos Alberto Becker

Documentos extraviados durante a Festa

A 29ª Festa Nacional do Pinhão também  tem disso. Muita gente descuidada acaba extraviando documentos importantes. Até agora são mais de 50. Até mesmo cartões de crédito foram encontrados.

Os documentos estão guardados na Comissão Central Organizadora (CCO) do evento, até que os titulares procurem e resgatem seus pertences.

São carteiras de identidade, Cadastros de Pessoa Física (CPFs), carteiras de habilitação de motorista, carteiras de estudante, cartões SUS, cartões de débito e crédito, de lojas, molhos de chave e carteiras masculinas e femininas inteiras.

Os pertences perdidos são enviados à CCO através da empresa Gaby, depois de apanhados junto à Rádio Pinhão ou entregues à Polícia Militar por pessoas que os encontraram em algum dos espaços do Parque de Exposições Conta Dinheiro.

Os documentos ficarão armazenados pelo Município pelo período de um mês após o término da Festa do Pinhão.

Ao longo dos 30 dias o contato poderá ser feito por telefone – 3222-7100 ou mediante comparecimento à Fundação Cultural, no Centro, onde estarão disponibilizados para retirada. Os que não forem resgatados a tempo serão encaminhados à Delegacia de Polícia Civil.

Fotos: Marcelo Pakinha

Página 1 de 6