Tag: Novembro Azul (Página 1 de 2)

Câmara irá lembrar o Novembro Azul

Assim como o mês de outubro é marcado pela campanha de conscientização para prevenção do câncer de mama, conhecida como Outubro Rosa, o mês de novembro é reservado aos  homens.

Intitulado Novembro Azul, o mês é mundialmente dedicado às ações relacionadas à prevenção do câncer de próstata e à saúde do homem.

Para reforçar esse alerta, a Câmara de Vereadores de Lages promoverá uma sessão especial de abertura da Campanha Novembro Azul. A solenidade acontece no dia 6 de novembro, às 20h, no Plenário Nereu Ramos do Poder Legislativo.

Proposto pelo vereador Mauricio Batalha Machado, na foto, (PPS), o evento contará com a presença de médicos especialistas e autoridades ligadas à área para discorrer sobre o tema.

(Informações e foto: Ascom Câmara de Vereadores)

Depois do Outubro Rosa, o Novembro Azul

O preconceito aliado à falta de informação leva homens a ignorar as consultas aos urologistas e, consequentemente, aos exames que podem identificar o câncer de próstata, como o toque retal.

novembro_azul

Estudo realizado pela Sociedade Brasileira de Urologia (SBU) mostra que 51% dos homens nunca consultaram um profissional da área, o que negligencia uma das doenças mais comuns entre o gênero.

Dados do Instituto Nacional de Câncer (Inca) mostram que em 2016 estão estimados 61,2 mil novos casos de câncer de próstata no Brasil, o que representa sete novos casos a cada hora.

.

Novembro Azul

A campanha Novembro Azul vai alertar a população para a realização do exame de toque e da dosagem sanguínea do PSA (Antígeno Prostático Específico) que podem indicar precocemente o aparecimento do tumor e evitar as consequências do segundo câncer que mais mata entre os homens.

Para o tratamento contra a doença ser eficiente, é necessário que o tumor seja identificado o mais rápido possível. Para isso, a conscientização da população é importante.

Caminhada pela Vida neste sábado

caminhada-pela-vidaEis uma atitude que mexe com a opinião da gente. Parabéns pela iniciativa, independente de quem está promovendo, no caso, o Hospital Tereza Ramos (HTR).

O evento, a “Caminhada pela Vida”, será neste sábado, 22, a partir das 09h, e vai lembrar a importância do Outubro Rosa e o Novembro Azul.

A concentração será no Parque Jonas Ramos (Tanque), com a passeata percorrendo as principais ruas do centro da cidade até o HTR, localizado na Rua Marechal Deodoro.

Qualquer pessoa pode comparecer, e a preferência é que os participantes usem roupas rosas e azuis para celebrar a saúde da mulher e do homem. Em caso de chuva, o evento será transferido para outra data.

Novembro Azul: a vez dos homens

novembro azul

Missa no encerramento do Outubro Rosa

A mensagem do Outubro Rosa, repassada de tantas formas durante todo o mês, foi mais uma vez reforçada na noite de encerramento.

Uma missa, na noite de quinta-feira (29), na Catedral Diocesana, marcou o fim da campanha, que se eterniza diante da importância da conscientização, da prevenção ao câncer de mama.

Os registros fotográficos são do amigo Zé Rabelo.

outubro

outubro1

outubro2

outubro3

Agora, tem nova campanha. Começa o Novembro Azul. É a vez dos homens se conscientizaram para a prevenção do câncer da próstata.

 

Depois do Outubro Rosa, o Novembro Azul

novembro-azul_003Em 2014, 68.800 homens devem ser diagnosticados com câncer de próstata. A estimativa é do Instituto Nacional do Câncer (Inca) que calcula que a cada 100 mil homens, 70,42 estão propensos a ter a doença.

A incidência pode ser menor se a população masculina se preocupar com a própria saúde.

É para alertá-los para a importância da prevenção do câncer de próstata e de dedicar mais atenção às questões da saúde que no penúltimo mês do ano é realizada a campanha Novembro Azul.

Vale lembrar de que, quando a doença é diagnosticada no começo, há 90% de possibilidade de cura.

Ao ser descoberta em um estágio mais avançado, a evolução do quadro pode ser até fatal.

Por isso é importante que todo homem faça o teste Antígeno Prostático Específico (PSA) e o de toque retal uma vez ao ano, a partir dos 45 anos.

Os especialistas alertam que o exame de sangue não substitui o de toque. Segundo eles, é preciso fazer os dois exames porque um complementa o outro.

Sessão Especial faz alerta para a saúde do homem

A preocupação com a saúde do homem foi tema de Sessão Especial, na Câmara de Vereadores, na última quinta-feira (7).

Assim como todo o outubro foi dedicado à conscientização do câncer de mama, o homem, em novembro, deve também ter atenção chamada para o câncer de próstata, e demais assuntos à saúde masculina.

Juliano Polese1Alertar, foi o objetivo da Sessão, proposta pelo vereador Juliano Polese.

Muito pertinente, por sinal. Participaram especialistas, médicos e homens comuns da sociedade. Todos deixaram contribuições com dados e situações vivenciadas que chamaram atenção do público presente.

sessão saudeO Novembro Azul é o mote da campanha que alerta sobre a importância de se fazer o exame preventivo do câncer de próstata, conhecido como exame de toque e temido pela maioria dos homens.

Segundo o médico geriatra, Dr.William Moraes, “o homem ainda tem muito preconceito contra o exame que detecta o câncer. Por conta desta rejeição, a incidência é alta”.

A vez do Novembro Azul

Coordenador da Saúde do Homem, Raphael Cascaes

Coordenador da Saúde do Homem, Raphael Cascaes

É hora de cuidar das saúde dos homens. Tanto, que em Lages, sábado, a partir das 9h, acontece o primeiro Mutirão de Atendimento Multiprofissional ao Portador de Diabetes, no Tanque.

Pois, o mês de novembro será marcado como o mês de prevenção e promoção à saúde do homem.

A Secretaria de Saúde de Lages fará uma série de ações referentes às doenças que mais acometem o cidadão lageano.

Na manhã de segunda-feira (11), cerca de 200 colaboradores da Atenção Básica do Município participarão do Seminário Oficina Saúde do Homem, no Centro de Ciências Jurídicas (CCJ) da Universidade do Planalto Catarinense (Uniplac).

Serão abordados temas como os três tipos de cânceres que mais acometem o homem (próstata, intestino e pulmão), tabagismo, alcoolismo e acidentes no trânsito.

Página 1 de 2