Tag: Lucas Neves (Página 1 de 3)

A discussão sobre fechamento de colégio

O assunto ganhou espaço na mídia nos últimos dias, e também chegou à Câmara de Vereadores.

Logicamente que o possível fechamento da Escola de Educação Básica Vidal Ramos a partir de 2018, precisa de todos os esclarecimentos possíveis.

A Câmara de Vereadores, através do vereador Lucas Neves (PP), também entrou no mérito da questão, e convidou o diretor da Gerência Regional de Educação de Lages (Gered), Humberto Aloísio de Oliveira, para esclarecer a situação.

Embora o vereador tenha dito que o poder público vai à contramão do desenvolvimento quando se fecham escolas e se constroem presídios, o responsável pela Gered, argumentou que o Centro Educacional tem capacidade suficiente para receber com sobras os alunos do Vidal Ramos.

 Humberto salientou que a combinação dos espaços públicos é uma solução para a diminuição do número de alunos nas escolas estaduais na última década, atribuído a fatores diversos como a menor taxa de natalidade e a litoralização do povo lageano.

Falha

O diretor concorda que o local onde se situa o colégio Vidal Ramos foi mal construído e que é financeiramente mais viável deslocar os alunos do que consertar as falhas, manter a estrutura e ampliá-la, no caso, para a construção de uma quadra desportiva, embora admita que ainda não haja uma decisão.  “Não há nada decretado, mas há uma forte tendência disso”, disse a respeito do fechamento o professor.

Uma nova reunião deve acontecer na própria escola nos próximos dias com pais, professores, vereadores e responsáveis pela educação em Lages.

(Informações e fotos: Assessoria de Imprensa da Câmara de Vereadores)

Honra ao Mérito a agentes de trânsito de Lages

Na próxima quarta-feira (12), a partir das 19h, uma solenidade do Poder Legislativo Lageano reconhece com diplomas de honra ao mérito por ato de bravura os agentes municipais de trânsito Anderson da Silva e Luiz Henrique Meira pelo salvamento de um rapaz que tentou o suicídio no viaduto da Avenida Luís de Camões, no dia 18 de junho.

Graças a ações dos agentes, uma vida foi salva, demonstrando que o cargo é fundamental não somente para as questões vinculadas ao trânsito, mas na própria segurança dos cidadãos.

A homenagem foi proposta na Câmara de Lages pelo vereador Lucas Neves (PP) e acontece no Plenário Nereu Ramos.

Nepotismo imobiliário

Foi aprovado na última semana na Câmara de Lages o projeto de lei 042/2017, de autoria do vereador Lucas Neves (PP), que proíbe que a Administração Pública Municipal adquira ou alugue imóveis cujo proprietário seja detentor de cargo eletivo ou comissionado na Prefeitura ou na Câmara.

A proibição também se aplica a imóvel de cônjuge, companheiro ou parente em linha reta ou colateral, por consanguinidade ou afinidade, até o terceiro grau do detentor do cargo eletivo ou comissionado.

O projeto segue para ser sancionado ou vetado pelo prefeito Antonio Ceron (PSD). Caso haja o veto, os vereadores podem derrubá-lo e aprovar a iniciativa via Câmara.

O prefeito tem a opinião de que o melhor caminho é a licitação para a compra ou aluguel de imóveis. Algo que já está sendo feito com todos os imóveis alugados e que estão com os contratos sendo renovados. Portanto, não deverá sancionar o projeto.

Ambev doa alimentos

Ao mostrar preocupação com as causas sociais, a Ambev deu uma bela demonstração de que está inserida na comunidade. A doação de cerca de 1,5 tonelada de alimentos não perecíveis aos atingidos pela enchente em Lages, é uma bela atitude.

Vale também dizer que a iniciativa de conversar com empresa foi dos vereadores Aida Hoffer (PSD)  e Lucas Neves (PP). O esforço deles, aliado à receptividade da empresa, resultou num grande ato. Pois, outras 2,5 toneladas foram dirigidas à cidade de Rio do Sul.

A doação simbólica foi feita pelo gerente de vendas Bruno Grilo Winter, o diretor administrativo André Stormowski e também o diretor da Incobel, Genir Stormowski, na manhã desta segunda-feira (03) ao prefeito Antonio Ceron e à presidente da Câmara, Aidamar Hoffer.

Fotos: Greik Pacheco

Aprovado projeto contra nepotismo imobiliário

O Projeto de Lei (042/17) que proíbe a administração pública municipal de alugar ou adquirir imóvel cujo proprietário seja detentor de cargo eletivo ou comissionado, foi aprovado na sessão desta última terça-feira (27), pela Câmara de Vereadores e agora segue para o prefeito para que seja sancionado.

Conforme disse o vereador Lucas Neves (PP), o debate, que foi bastante difícil, durou cerca de uma hora, e foi preciso fazer várias intervençõ4s na tribuna com o objetivo de defender a proposta e convencer os vereadores da importância da aprovação.

Sete vereadores votaram a favor do projeto, dois contra e cinco se abstiveram.

Agitação e cogitações no campo político

Os bastidores da política em Lages estão fervilhando em torno das possibilidades visando o pleito de 2018.

Por exemplo, houve quem dissesse que a deputada Carmen Zanotto (PPS), não iria buscar a reeleição na esfera federal, e se proporia da disputar uma vaga na Assembleia Legislativa.

Pessoalmente a ouvi desdizer esta especulação, e se coloca como candidatíssima à reeleição, à Câmara dos Deputados.

Por outro lado, quem tem dito que irá enfrentar a candidatura a deputado federal é o hoje, estadual, Gabriel Ribeiro (PSD).

Deputado Gabriel Ribeiro

Tirando este pinga fogo, outros nomes já estão sendo sugestionados para estadual. Entre eles, Március Machado (PR), Roberto Amaral (PSDB), e até mesmo o do vereador Lucas Neves (PP).

De qualquer forma, isso tudo ainda precisa da oficialização. Mas, é assunto que fervilha, como disse, nos bastidores da política lageana.

Sapecada como patrimônio Cultural

O vereador Lucas Neves (PP), de Lages, apresentou e teve aprovada moção que pede para o Município tornar as Sapecadas da Canção Nativa um patrimônio cultural. O objetivo é preservar o nome e o evento.

Abaixo, em foto, o registro de homenagem no Legislativo aos idealizadores, organizadores e também participantes das Sapecadas:

Em se transformando em patrimônio cultural, as Sapecadas certamente serão preservadas e perpetuadas em nome da comunidade lageana.

Empossado o novo presidente da Uveres

A posse do novo presidente da União dos Vereadores da Serra Catarinense (Uveres), o vereador Luiz Marin (PP), de Lages, e também do presidente da Escola do Legislativo lageano, o vereador Lucas Neves, foi um evento de grande prestígio.

A solenidade aconteceu na noite desta sexta-feira (26), na sede de Pinheirinhos.

Personalidades do mundo político regional estiveram presentes, valorizando os nomes que passaram a figurar diretamente em cargos específicos, como na Uveres, e na Câmara de Vereadores de Lages.

Cerca de 200 pessoas, muitos vereadores e prefeitos vindos de municípios vizinhos, entre outras autoridades convidadas, desafiaram a noite chuvosa e marcaram presença. Muito diferente da maioria dos vereadores de Lages, que não compareceram num evento ligado diretamente a eles.

Entre as distintas presenças, o prefeito de Lages, Antonio Ceron, o presidente da Amures, Luiz Carlos Xavier, o Secretário da ADR de Lages, João Alberto Duarte, o deputado estadual Gabriel Ribeiro (PSD), e a deputada federal Carmen Zanotto (PPS).

Luiz Marin, então presidente da Escola do Legislativo repassou o cargo ao jovem Lucas Neves, ambos do PP.

Por outro lado, o vereador de Ponte Alta, Giovani Antunes da Luz, empossou Luiz Marin na presidência da Uveres.

Após a solenidade, os convidados ouviram a história do jovem vereador (28) Pedro Assis Silvestre, o Pedrão, do PP, de Florianópolis, o mais votado da história de Santa Catarina, com 11 mil 197 votos.

Por fim, um jantar selou a noite memorável na vida política de Luiz Marin e Lucas neves, que a partir de agora, têm grandes responsabilidades pela frente.

(Fotos: Zé Rabelo)

Página 1 de 3