Tag: João Alberto Duarte (Página 1 de 19)

Dia de Ação de Governo

Nesta segunda-feira, 29 de maio, em Lages, ocorre a terceira edição do “Dia de Ação de Governo”, um projeto criado pelo governador Raimundo Colombo.

Pois, neste dia, diferentes secretários de Estado e presidentes de órgãos do Governo visitam as sedes das Agências de Desenvolvimento Regional (ADRs) para conhecer obras, escolas, hospitais e outras instituições comunitárias.

Em Lages, o visitante desta segunda-feira será o secretário do Fundo Social, Celso Calcagnotto, cuja pasta é responsável pelo pagamento de centenas de obras em todo o Estado.

Acompanhado do secretário da ADR Lages, João Alberto Duarte, Calcagnotto visitará a partir das 9h a ampliação do Hospital Infantil Seara do Bem, a ampliação da Uniplac, a construção da nova Delegacia Regional da Polícia Civil e a restauração do Colégio Rosa.

(Informações e foto: Pablo Gomes)

Setor de oncologia do HTR não fechou

O secretário de Estado da Saúde, Vicente Caropreso, esteve no fim da noite desta terça-feira, dia 9 de maio, no Hospital Tereza Ramos, em Lages, e esclareceu algumas questões envolvendo, principalmente, o setor de oncologia. Segundo disse, não fechou e nem vai fechar.A explicação é de que faz cinco anos que a Ala Portinari passou para a maternidade. E, mesmo assim, nenhum atendimento foi comprometido e ninguém foi prejudicado.

A desativação temporária ocorre porque, de um total de 800 funcionários do HTR, neste momento 166 estão fora do trabalho, sendo que 100 deles, ou seja, mais de 60%, encontram-se em atestado médico pelos mais diversos motivos. Os demais estão em férias ou licença-prêmio.

Porém, o Governo do Estado já autorizou e fará nas próximas semanas um processo seletivo para a contratação de mais 30 técnicos de enfermagem, o que possibilitará a reabertura da ala.

(Informações e foto: Pablo Gomes)

Cardiologia de graça em Lages

Os pacientes cardiológicos de Lages estão com os tratamentos gratuitos assegurados sem sair de casa.Por decisão do governador Raimundo Colombo, anunciada durante o feriado em reunião com o secretário da Agência de Desenvolvimento Regional (ADR) de Lages, João Alberto Duarte, o Estado continuará pagando os serviços de angioplastia e cateterismo realizados por uma clínica particular da cidade dentro do Hospital Nossa Senhora dos Prazeres.

Mesmo não sendo obrigado por lei, já que o Ministério da Saúde repassa os recursos para os pacientes de Lages serem atendidos no Hospital Regional de Rio do Sul, instituição credenciada como referência para a região serrana, o governador decidiu manter o benefício aos lageanos e ampliará o investimento que já dura cinco anos.

Serviços de alta complexidade

Paralelamente, Colombo estuda a possibilidade de trazer os serviços de alta complexidade em cardiologia para Lages, o que seria um marco histórico na saúde pública da Serra Catarinense.

Enquanto isso, como de costume, permanecem em Rio do Sul os procedimentos de marca-passo, cirurgias e emergência (quando o hemodinamicista da clínica não estiver em Lages, uma vez que o atendimento não funciona 24 horas).

Transporte

Por lei, o transporte é oferecido pelas prefeituras e a alimentação é por conta dos próprios pacientes. Ao Governo de Santa Catarina cabe a obrigação de bancar as despesas de viagem apenas em casos em que o tratamento é realizado em outros Estados.

(Informações e foto: Pablo Gomes)

Câmara oficia apoio ao Curso de Medicina da Unifacvest

O secretário da Agência de Desenvolvimento Regional, João Alberto Duarte, recebeu o documento assinado que manifesta apoio e interesse do Legislativo Lageano na implantação do Curso de Medicina na Unifacvest.

A entrega ocorreu na tarde da última quarta-feira (19), através da presidente da Câmara Municipal, Aida Hoffer (PSD) e do vereador Jean Pierre (PSD).

Todos os vereadores que compõem a 18ª Legislatura assinaram o documento que deverá ser encaminhado  ao governador Raimundo Colombo (PSD).

.

Histórico

O Centro Universitário Unifacvest foi criado em 2001 e dispõe de 33 cursos e habilitações, oferecendo mais de quatro mil vagas no ensino superior. De acordo com o ofício, essa implantação representará um significativo impacto no desenvolvimento e na assistência à saúde dos habitantes de toda a região serrana, bem como na qualidade de vida dos jovens, que não mais precisarão se afastar daqui, nem fazer sacrifícios enormes para cursar uma faculdade de medicina fora da cidade.

Governo de SC fornece internet ao Orion

O Governo de Santa Catarina deu nesta segunda-feira, dia 10, mais um passo para consolidar o Orion Parque Tecnológico, em Lages, como centro de excelência em pesquisa, gestão do conhecimento e inovação. O espaço foi o primeiro a ser inaugurado entre os 13 em construção no Estado.

Por meio do Centro de Informática e Automação de SC (Ciasc), foi disponibilizado um link de internet de 100 MB para utilização do Orion, que não terá custos.

A parceria foi firmada por um termo de cooperação assinado entre o presidente do Ciasc, Ivan Ranzolin; o secretário da Agência de Desenvolvimento Regional (ADR) de Lages, João Alberto Duarte; o diretor da Secretaria de Estado do Desenvolvimento Econômico Sustentável, Jean Vogel; e o presidente do Instituto Orion, Roberto Amaral.

.

Rede de fibra ótica de internet

Outro projeto do Ciasc prestes a entrar em operação em Lages é a Rede Infovia SC, já existente em cidades como Blumenau, Florianópolis e Joinville.

Com investimentos de R$ 3 milhões, o Ciasc distribuirá nos próximos meses uma rede de mais de 100 quilômetros de fibra ótica, com conexão de 10 GB, entre órgãos públicos municipais, estaduais e federais, como secretarias, escolas, postos de saúde e aeroporto.

A intenção, segundo o presidente Ivan Ranzolin, é executar as obras ainda este ano.

A quantidade e os locais atendidos estão em levantamento, e a ideia é promover uma transformação a exemplo de Joinville, que iniciou com 80 e hoje já tem mais de 400 pontos contemplados.

Informações e fotos: Pablo Gomes

Coruja: crítico ferrenho do Governo do Estado

Talvez um dia o deputado estadual Fernando Coruja (PMDB) possa explicar as razões que o levam a criticar fortemente o governador Raimundo Colombo. A gente, de fora, não entende. Obviamente, ele tem suas razões.

Coruja já trilhou o mesmo caminho eleitoral em Lages, ao lado do PSD. É também parte da bancada de situação na Assembleia. É deputado porque outros parlamentares foram chamados para compor o colegiado do Governo. São da mesma cidade. Sendo assim, fica cada vez mais difícil entender.

coruja na acil

Esta semana, ele foi convidado pela ACIL, na reunião semanal. Ele falou aos empresários sobre sua atuação no legislativo catarinense, principalmente sobre questões da saúde e fez duras críticas ao governo Colombo.

 “Acho que o Governo de SC deve muito para Região Serrana” (…) “aqui na região não teve nenhuma grande modificação. Falta uma ação que pudesse mudar o destino econômico da nossa região”, enfatizou ele, sugerindo que os empresários deveriam cobrar mais do governo.

Certamente nas atuais circunstâncias, não daria para convidar os dois para sentarem na mesma mesa.

João Alberto Duarte, da ADR Lages, ao ser questionado em um programa de rádio, disse que não fugiria de um debate com o deputado para falar das ações do Governo em Lages e na Serra Catarinense.

(Informações e foto: Puel Assessoria)

Central de Regulação do Samu continua em Lages

O governador Raimundo Colombo garantiu no fim da tarde desta quarta-feira, dia 15, a permanência da Central de Regulação do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) em Lages.

O Governo do Estado deve reduzir a quantidade de Centrais em Santa Catarina a fim de promover a redução de gastos.

A transferência de Lages para Chapecó chegou a ser estudada, mas a hipótese foi totalmente descartada pelo governador durante conversa por telefone com o secretário executivo da Agência de Desenvolvimento Regional (ADR), João Alberto Duarte. A decisão é definitiva.

A informação é em resposta ao fato da notícia de que a Central estaria sendo transferida para Chapecó.

Concretagem da SC-114 em bom ritmo

Dá gosto de ver o trabalho de reconstrução da SC-114, no trecho de 36 quilômetros entre Otacílio Costa e a BR-282, em Lages. Na verdade, atrai a curiosidade e chama a atenção de quem passa pelo local. Trata-se de uma obra diferenciada.

concreto1

Com investimentos de R$ 78 milhões do Governo do Estado, os serviços chegaram a uma etapa crucial, que é a colocação da camada de concreto sobre a pista.

Máquinas e homens trabalham em ritmo intenso, e nos próximos meses a Serra Catarinense contará com uma das rodovias mais modernas, seguras e resistentes do Brasil.

.

Uso do concreto

O Governo do Estado optou pelo concreto, tecnologia pouco comum nas estradas brasileiras, pelo fato de a SC-114 receber um grande tráfego de caminhões pesados todos os dias.

concreto2

Uma revitalização simples, como cogitado inicialmente, custaria em torno de R$ 27 milhões, mas a durabilidade do asfalto não passaria de uma década.

Com o concreto, reforçado com ferro e cuja espessura mínima é de 22 centímetros, a durabilidade é muito maior, podendo chegar a meio século.

.

Nova camada

A colocação da nova camada iniciou pela BR-282 em direção a Otacílio Costa. A cada dois quilômetros feitos, será iniciado um novo trecho do mesmo tamanho no sentido oposto, com um espaço de 200 metros entre ambos.

concreto

 Essa logística será adotada por conta da necessidade mínima de sete dias para secagem do concreto antes de ser utilizado pelos veículos.

(Informações e fotos: Pablo Gomes)

Prestando conta da pavimentação da SC-120

Em breve São José do Cerrito e Curitibanos estarão ligadas por uma estrada pavimentada. A SC 120 está neste momento recebendo os últimos serviços de terraplanagem e limpeza da vegetação às margens da estrada.

sc 114a

A pavimentação também foi iniciada pelo trecho de Curitibanos, e nas próximas semanas terá sequência em todo o percurso. As máquinas do britador e a usina de asfalto da empreiteira vencedora da licitação já estão instaladas e prontas para operar.

Neste trecho de 40 quilômetros são R$ 81 milhões investidos pelo Governo do Estado.

sc 114 j a

Durante esta semana, os secretários das Agências de Desenvolvimento Regional (ADRs) de Lages, João Alberto Duarte; e de Curitibanos, Luiz César Abrahão; percorreram toda a rodovia e ficaram satisfeitos com o andamento das obras.

.

Outras obras

A pavimentação da SC-390, entre Anita Garibaldi e Celso Ramos; a pavimentação da rodovia Caminhos da Neve, entre São Joaquim e Bom Jesus (RS); a revitalização da SC-390, entre Capão Alto e Campo Belo do Sul; a revitalização da SC-114, entre Lages e Bom Jardim da Serra; e a reconstrução da SC-114, entre Lages e Otacílio Costa.

Ao todo, neste momento, existem perto de 200 obras rodoviárias que somam mais de dois mil quilômetros em todas as regiões, o equivalente a 30% de toda a malha viária catarinense.

(Informações e fotos: Pablo Gomes)

Página 1 de 19