Tag: Governador Raimundo Colombo (Página 1 de 2)

Câmara oficia apoio ao Curso de Medicina da Unifacvest

O secretário da Agência de Desenvolvimento Regional, João Alberto Duarte, recebeu o documento assinado que manifesta apoio e interesse do Legislativo Lageano na implantação do Curso de Medicina na Unifacvest.

A entrega ocorreu na tarde da última quarta-feira (19), através da presidente da Câmara Municipal, Aida Hoffer (PSD) e do vereador Jean Pierre (PSD).

Todos os vereadores que compõem a 18ª Legislatura assinaram o documento que deverá ser encaminhado  ao governador Raimundo Colombo (PSD).

.

Histórico

O Centro Universitário Unifacvest foi criado em 2001 e dispõe de 33 cursos e habilitações, oferecendo mais de quatro mil vagas no ensino superior. De acordo com o ofício, essa implantação representará um significativo impacto no desenvolvimento e na assistência à saúde dos habitantes de toda a região serrana, bem como na qualidade de vida dos jovens, que não mais precisarão se afastar daqui, nem fazer sacrifícios enormes para cursar uma faculdade de medicina fora da cidade.

Indicados novos desembargadores do TJ de SC

O governador Raimundo Colombo assinou, na sexta, 17, o ato de indicação dos dois novos desembargadores do Tribunal de Justiça de Santa Catarina.

Pela vaga do Ministério Público de SC, o escolhido foi André de Carvalho. E pela lista tríplice da Ordem dos Advogados do Brasil-seção de SC, o indicado foi André Luiz Dacol.

 Os dois foram os mais votados na relação dos indicados pelo Ministério Público e pela OAB/SC. As indicações serão publicadas no Diário Oficial do Estado no próximo dia 23.

Autorizada nova etapa de ampliação do HTR

Em obras desde agosto de 2013, a ampliação do Hospital Tereza Ramos ganhou uma nova etapa nesta quinta-feira (19), com assinatura do governador Raimundo Colombo do contrato de execução da segunda etapa da unidade.

htr

O Secretário de Estado da Saúde Vicente Caropreso e o Secretário Executivo da Agência de Desenvolvimento Regional de Lages, João Alberto Duarte também assinaram a ordem de serviço ao Consórcio CDG/Progredior responsável pela execução dos serviços.

A solenidade contou ainda, com a presença do prefeito de Lages Antonio Ceron e do presidente da Amures, prefeito de Rio Rufino Thiago Costa.

htr c

Para o prefeito Antonio Ceron o trabalho quando é feito com planejamento e austeridade traz resultados para toda a comunidade.

.

O novo investimento

O investimento nesta etapa será de R$ 26 milhões e prevê pintura do prédio, urbanização do pátio, implantação de elevadores, transformadores, geradores de energia, tanques de oxigênio, instalações especiais e heliponto.

htr r

A primeira etapa da ampliação foi a construção do prédio de oito andares, sistemas elétrico e hidráulico, infraestrutura do ar condicionado e instalação de gases medicinais, com investimentos de R$ 54 milhões.

.

Funcionamento

A primeira parte da nova unidade do hospital a entrar em funcionamento deverá ser os setores de urgência e emergência com atendimento 24 no térreo.

htr t

Cúpula de lideranças comemora avanços na obra da nova ala do HTR

A ampliação prevê abertura de 120 novos leitos, sendo 30 de Unidade de Terapia Intensiva – UTI. Até a conclusão final, o investimento deve oscilar aos R$ 150 milhões, sendo ao maior investimento individual do Estado do Pacto pela Saúde.

A previsão é que em dez meses será concluída a nova etapa das obras e dependendo das demais licitações, o hospital poderá entrar em operação no início de 2018.

Informações e fotos: Oneris Lopes

Governador em Lages nesta quinta-feira

A vinda do governador Raimundo Colombo a Lages nesta quinta-feira (19), tem um bom motivo: a assinatura do contrato da segunda etapa da ampliação do Hospital Tereza Ramos.

htramos

A obra já está bem avançada, e não como mostra este registro fotográfico

O evento irá ocorrerá às 16h, no próprio canteiro de obras, localizado ao lado do Hospital.

Com investimentos de R$ 26 milhões do Governo do Estado, esta fase consiste na pintura do prédio, urbanização do pátio, elevadores, transformadores, geradores de energia, tanques de oxigênio, instalações especiais e heliponto.

A primeira etapa, que consistiu na construção do prédio, sistemas elétrico e hidráulico, infraestrutura do ar condicionado e instalação de gases medicinais, recebeu investimentos de R$ 54 milhões e equivale a 55% de todo o empreendimento.

Alesc aprova o Dia do Laçador

laçadorSanta Catarina tem a partir de agora o Dia do Laçador. O projeto de autoria do deputado Gabriel Ribeiro, PSD, foi aprovado nesta terça-feira, 10.

A data passará a ser comemorada anualmente no dia 18 de maio.  Agora, a matéria segue para o Centro Administrativo para a sanção do governador Raimundo Colombo.

A data de 18 de maio representa o dia da fundação do Movimento Tradicionalista Catarinense, ocorrida em 1973, depois transformado em Movimento Tradicionalista Gaúcho do Estado de Santa Catarina (MTG-SC).

Gabriel Ribeiro ressaltou que a figura do laçador está ligada a formação do povo serrano, região por onde atravessavam as tropas que seguiam do Rio Grande do Sul para São Paulo.

(Informações e foto: Tarcísio Páglia)

Penitenciária Industrial da Região de Chapecó

A inauguração da Unidade II da Penitenciária Industrial da Região de Chapecó constitui-se numa marca da ampliação da segurança em Santa Catarina. Um exemplo de como a comunidade chapecoense assume a responsabilidade diante do mais grave problema social.

penitenciária

Digo isso, porque exemplos de discordância na construção de novos presídios são comuns em vários municípios. A população quer segurança e criminosos na cadeia. Porém, grande parte não quer uma penitenciária por perto. Ou seja, o bandido solto e invisível como vizinho soa como a melhor alternativa.

.

A Penitenciária

A nova Unidade de Chapecó edificada no Bairro Efapi, terá 599 vagas distribuídas em 8,6 mil metros quadrados e conta com espaços para saúde, educação e instalação de empresas que irão empregar apenados. Também há áreas de vivência dos reeducandos para banho de sol, visita familiar e atendimento dos advogados.

penitenciária1

O lugar abre a possibilidade real das pessoas detidas poderem reconstruir suas vidas de maneira mais humana. A inauguração na sexta-feira (18), contou com a presença do governador Raimundo Colombo.

Fotos: Jaqueline Noceti/Secom

Inauguração de obra do Colégio Agrícola

Uma das principais instituições de ensino técnico de Santa Catarina contará com uma nova e moderna infraestrutura a partir da próxima segunda-feira, dia 26 de outubro.

colégio a

Com investimentos de R$ 471 mil, o Governo do Estado inaugura as obras de revitalização e ampliação do Centro de Educação Profissional (Cedup) Caetano Costa, o tradicional Colégio Agrícola, em São José do Cerrito.

O evento está marcado para 11h30min e contará com as presenças do governador Raimundo Colombo e do secretário de Desenvolvimento Regional de Lages, João Alberto Duarte.

(Informações e foto: Pablo Gomes)

Aproximação entre Alemanha e Brasil

De 20 a 22 de setembro, Santa Catarina vai reunir autoridades governamentais e lideranças empresariais do Brasil e da Alemanha, durante o 33º Encontro Econômico Brasil-Alemanha 2015, em Joinville no Norte do Estado.

O evento que pretende promover debates sobre questões de interesses recíprocos é considerado o mais importante da agenda bilateral dos países.

A abertura oficial do encontro será na segunda-feira, 21, às 9h no Complexo Expoville com a presença do governador de Santa Catarina, Raimundo Colombo.

Raimundo ganha projeção nacional

O governador Raimundo Colombo concedeu entrevista aos jornalistas Fernando Mitre, Fábio Panuzio e Rafael Colombo para o programa Canal Livre, da TV Bandeirantes, nesta sexta-feira em São Paulo. A entrevista foi ao ar na noite deste domingo (9).

Com informações de Cláudio Thomas, abaixo, um resumo dos assuntos abordados pelo Governador durante a entevista.

Band02Fernando Mitrê e Fábio Panunzzio conduziram a entrevista

Bem na foto, Colombo falou sobre o crescimento da economia em SC, os desafios de sua gestão e analisou o momento político brasileiro.

Sobre a crise, Raimundo salientou que a crise política contaminou a economia e o Brasil como um todo. “Há uma crise profunda do sistema e vamos ter que muita maturidade e bom senso para construir um cenário melhor. Não dá pra deixar como está”, disse.

Sobre o governo catarinense

Abordou a simplificação do governo visando garantir a produtividade e a geração de empregos a fim de revitalizar setores como o da maçã, o madeireiro e o têxtil que já começam a dar sinais de recuperação.

Também faliu em reduzir impostos sempre com equilíbrio fiscal, pois, as contas estão equilibradas, e usa como estratégia acelerar os investimentos para que esse dinheiro movimente a economia.

Investimentos

“SC é destaque em vários indicadores sociais e econômicos. Setor madeireiro se revigorou. O setor têxtil dá sinais de retomada. A safra foi boa e também temos além do setor de pescados o segmento do turismo. Nossa agroindústria é muito forte e alta do dólar favorece a exportação. O setor metal mecânico está se ressentindo por outro o setor público lado temos recursos para investir, nossas contas são equilibradas e a nossa estratégia é acelerar para que esse dinheiro ajude a movimentar a economia.”

Sistema público

“O estado tem que ser o agente motivador para combater o pessimismo e propor ações e estratégias para ter resultados. Com o voto você muda pessoas e isso é um processo simples. Para mudar o sistema é preciso conscientização”.

Band01

Ele reconhece que o sistema público está podre, não tem chance de dar certo em nenhum lugar do Brasil. Se mantivermos esse modelo que está aí, com, por exemplo, déficit da previdência, inchaço dos órgãos de fiscalização e controle.

O estado brasileiro foi feito para não funcionar e as pessoas percebem isso. Se não mudar o sistema a crise será cada vez maior.

Troca o partido A pelo B, troca as pessoas e não acontece nada, piora mais. Então me parece lógico que tem alguma errada no sistema! Com o voto você muda pessoas e isso é um processo simples, ma, para mudar o sistema é preciso conscientização. Por isso que a crise nos permite olhar além do que estamos vivendo agora com fator novo e relevante – os movimentos das ruas. Hoje a classe política está acovardada, foge do debate, tem vergonha de defender seus pontos de vista.

Reforma eleitoral

Todos os brasileiros de bem sabem que tem que mudar o sistema e acabar com esse número de 30 partidos. Disse que é a favor do voto distrital. O político precisa estar próximo de sua comunidade.

“Nossos políticos vão entender que é a hora da virada, que não é mais possível fazer o combate do déficit da previdência, derrubando o fator previdenciário; programar o reajuste do salário acima da inflação e aumentar o salário do judiciário quando teve ajuste fiscal. A reforma eleitoral virou essa palhaçada que está aí.”

Projeção nacional

Em minha opinião, o governador Raimundo Colombo tem estado cada vez mais concedendo entrevistas à imprensa nacional. Ele e o Estado estão se destacando como um bom exemplo na condução da economia, garantindo um crescimento de 1,5% do PIB, neste ano de 2015, apesar da crise nacional.

Página 1 de 2