Tag: gado

Última feira de gado do ano em Lages

Neste próximo sábado, 18, a partir das 14 horas, mais de 300 animais estarão prontos, no Parque Conta Dinheiro para o último leilão do ano.

São animais selecionados e de alto padrão racial. Como se pode notar, quantidade não significa qualidade.

O fato de ser o último leilão do ano só aumenta a expectativa de que haja pista limpa. Por outro lado, a valorização dos animais tem se mantido regular.

Os preços médios tiveram pouca oscilação durante o ano. O destaque fica exatamente para os reprodutores que tiveram valorização acima dos preços praticados em 2016.

Pelo histórico da Expolages e pelos leilões particulares, conforme lembrou o presidente da Associação Rural, Márcio Pamplona, ficou evidenciada a confiança do produtor em seguir investindo na pecuária, embora o resultado das novas aquisições sejam sentidas no rebanho daqui há dois anos, quando começam a nascer os bezerros.

Leilão de animais jovens

O número de animais inscritos para a segunda etapa da Feira do Terneiro e da Terneira se manteve na mesma média da primeira etapa, ou seja, em torno de 1,1 mil, entre machos e fêmeas.O evento deste sábado, 13, a partir das 14 horas, fecha o período inicial de comercialização de animais jovens, no Parque Conta Dinheiro, em Lages.

Mais uma vez, há expectativa em torno dos negócios, pois, estão confirmados compradores de todo o Estado.Para este sábado, os compradores poderão novamente contar com linhas de crédito diferenciadas oferecidas por quatro agências bancárias: o Banco do Brasil, Sicoob, Sicredi e Santander. Para a obtenção do crédito, os interessados deverão estar com os cadastros atualizados.

Feira de Gado Geral: começam os leilões em 2016

Começa por Lages, no Parque Conta Dinheiro,  neste sábado, 2, às 14 horas, a temporada de leilões de animais. A Feira de Gado Geral, promovida pela Associação Rural irá dispor de quase 600 animais.

ciclo de leilões

Vale dizer que alto número de inscrições surpreendeu a diretoria da entidade, que destaca para o leilão um grande lote de terneiros, e outro, de vacas prenhas confirmadas a partir de inseminação artificial.

A Feira do Gado Geral também abre o ciclo de comercialização em toda a Região, e estará cercada de grande expectativa.

ciclo de leilões1

“O leilão servirá de referência para o balizamento dos preços médios em negócios futuros, tanto na venda como na compra”, salienta o presidente da Associação Rural, Márcio Pamplona.

Novo incentivo ao abate de novilho precoce

A Comissão de Agricultura da Assembleia Legislativa aprovou, nesta quarta-feira, projeto de lei que pretende reter mais dinheiro nas propriedades rurais de Santa Catarina e, em consequência, fazer com que a carne chegue à mesa mais macia.

gado

A matéria estabelece novos parâmetros para o atual Programa de Apoio à Criação de Gado para Abate Precoce.

Modelo atual

Pelas regras atuais, recebem incentivos fiscais (ICMS) os produtores que entregarem aos frigoríficos bovinos e bubalinos (búfalos) de até 30 meses de idade, com no máximo quatro dentes incisivos e pesando pelo menos 240 quilos (machos) e 210 quilos (fêmeas) de carcaça (só a carne e ossos, sem víceras).

Os produtores rurais se mobilizaram por entender que esta meta é muito alta, mesmo considerando a evolução genética do gado nos últimos anos.

Nova alternativa

novilho

A proposta do Governo do Estado é manter este parâmetro e criar uma alternativa. O projeto do Executivo foi aprovado na comissão, mas com emenda do deputado Gabriel Ribeiro (PSD), relator da matéria.

A alternativa aprovada é dar repassar ao produtor o equivalente em ICMS que o frigorífico deixa de recolher aos gabriel comissãocofres do Estado ao entregar animais com até 20 meses de idade, com no máximo dois dentes incisivos e que pesem pelo menos 210 quilos (machos) e 180 quilos (fêmeas). A proposta original previa 18 meses de idade e fêmeas com pelo menos 190 quilos.

O projeto foi aprovado por unanimidade na Comissão de Agricultura. Em seu relatório, Gabriel Ribeiro destacou que o incentivo fiscal irá proporcionar melhoria na produtividade e o aprimoramento genético dos animais.

A mudança na legislação está baseada no desenvolvimento do gado a partir de novas tecnologias incorporadas ao sistema produtivo da pecuária de corte, tanto na alimentação, manejo sanitário, quanto em aprimoramento genético, aumentando a produtividade.

Recorde de valorização em Feira em Campo Belo

Campo Belo do Sul, no Parque Sobradinho protagonizou uma das melhores e mais emocionantes Feira do Terneiro e da Terneira, neste último sábado, 10.

cavaleirosMuito se deve ao empenho na organização da diretoria do Sindicato Rural, inclusive, na abertura com a entrada de cavaleiros portando bandeiras.

autoridadesComo todo o grande evento, não poderiam faltar as autoridades e algumas falas.

SecretárioNo decorrer no evento, olha quem apareceu no leilão, o novo secretário regional, João Alberto. Foi uma visita rápida, mas importante para marcar presença.

leilãoMas, sobre o leilão, do qual falei de emoção, foi no sentido do excelente resultado e com alguns duelos de lances, como no melhor lote de terneiros de Tadeu Martins que atingiu a melhor marca na região, fechando com R$ 9,45 o quilo.

camargo

Outro diferencial, foi a boa média das fêmeas, recorde estadual, com R$ 6,66. Os machos, um pouco abaixo, com R$ 5,93.

joão pedroO pecuarista João Pedro de Oliveira Primo foi homenageado pelo pioneirismo nas feiras de gado em Campo Belo

Por fim, registre-se que a Feira teve pista limpa, ou seja, todos os animais foram vendidos, e muito bem, por sinal, e outra coisa, os negócios foram protagonizados apenas por criadores do próprio município. O resultado em números foi de R$ 810 mil 270 reais.

História que divido com vocês

A Serra Catarinense reserva alguns mistérios do seu passado. Com ele, belezas comuns no interior. Somente com as lentes de uma câmera fotográfica é possível mostrar.

SítioTirei um tempo nesse tempo de Carnaval para andar por alguns destes lugares incrustados no interior de Campo Belo do Sul.

taipa1Lugares raros e jamais mostrados, assim, abertamente, como essa taipa de aproximadamente 200 anos, na Fazenda do Socorro.

galpão1Só vendo para acreditar. Logicamente, a lâmpada é o que não faz parte desta história

galpãoNela também um galpão de 115 anos, construído em 1899.

sítio1

taipaApreciar lugares assim é algo indescritível. Aliás, foi na fazenda do Socorro, que João Pedro de Oliveira Primo, ex-prefeito de Campo Belo do Sul, nasceu e viveu por 30 anos.

pialoNesta foto, um registro dele, bem atual, ainda na lida do campo, ajudando o capataz a segurar uma rês para medicar o animal e curar de uma “bicheira”.

taipa2Hora dessas, conto mais dessas histórias, bem vivas, e à espera de uma nova exploração.