Tag: Expoalges

Caminho mais curto para resolver conflitos

Na Expolages, além da exposição dos setores da indústria e do comércio, a prestação de serviço também ganhou espaço. Um dos projetos, e que faço questão de evidenciar é o da empresa Compor, especializada em negociação, mediação e arbitragem.

A proposta do serviço é a de atuar através de uma Câmara de Negociação, especializada na resolução de conflitos. Os profissionais são capacitados exatamente para resolver questões a partir do diálogo, e que podem resultar num entendimento entre as partes, sem a necessidade de judicializar, com ações que podem levar anos e anos para serem resolvidas.

A equipe tem especialistas que atuam na solução de diversos tipos de conflitos, desde os familiares, aos comerciais, escolares, empresariais ou trabalhistas.

Sendo assim, creio que a vida de muita gente se torna bem mais fácil diante de um meio que tenha uma resolução rápida, mais barata, e especificamente eficaz. E mais. Todo o processo ocorre com celeridade, e principalmente com total sigilo.

Tenho certeza de que muita gente precisa de um serviço deste gênero, nas mais variadas circunstâncias, e sequer sabe que existe. E assim, acaba nas mãos da Justiça com uma espera interminável até o veredicto.

Caso queira obter informações a respeito, eu sugiro que entre em contato sem compromisso com a Compor. Fones: (49)3018 5248, e ou, (49) 98822 7130.

Pode ainda se informar pelo portal www.camaracompor.com.br ou pelo e-mail atendimento@camaracompor.com.br.  Fica a dica que pode ser bem útil a você!

Mais renda no campo a partir da piscicultura

As atividades no Parque Conta Dinheiro nesta quarta-feira (11) se concentraram nos últimos detalhes de parte dos expositores, que recebem os visitantes nesta quinta-feira (12). Os portões se abrem às 10 horas.

Mas, nem tudo foi apenas trabalho de organização. Paralelamente, ocorreu o III Seminário Regional de Piscicultura organizado pela Secretaria Municipal de Agricultura e Pesca.

A proposta do evento foi informar que as propriedades rurais, especialmente as pequenas, sejam estimuladas a produzir peixe, e transformar a atividade num forte potencial de renda.

No entanto, a discussão foi além da simples proposta da criação de peixe nas propriedades. A ideia maior é a de alavancar a produção, transformando-a em oportunidade de negócio, com alta rentabilidade, aproveitando o fato de Lages possuir uma indústria de pescados, e que carece de matéria-prima.

O próprio prefeito Antonio Ceron, que acompanhou parte das explanações,  entende que o campo precisa criar novas alternativas de produção, e a atividade com o peixe pode estar atrelada a outras culturas. Para tanto, o Município será parceiro ao estímulo à criação de peixes e fazer com que as propriedades tenham as adaptações necessárias para a produção.

Desenvolvido em WordPress & Tema por Anders Norén