Tag: Esperidião Amin (Página 1 de 6)

Começou o rodeio, em Santa Isabel

O Rodeio de Santa Isabel, em São Joaquim, abriu nesta quinta-feira (11), oficialmente.

O medo era do tempo ruim, mas, nada que prejudique o evento. Tanto que já recebi alguns registros da movimentação na tradicional primeira noite em que são servidos carreteiros e carne assada de carneiro.

Lá estiveram nossos políticos, também na tradicional mexida do carreteiro e marcando presença.

Nos registros o deputado estadual Gabriel Ribeiro, junto com o federal Esperidião Amin, acompanhados do prefeito interino de Lages, Juliano Polese.

A expectativa do evento é das melhores. É esperado um público em torno de 30 mil pessoas até domingo (14).

Nesta foto, ao fundo percebe-se a presença também da deputada federal Carmen Zanotto, do empresário Roberto Amaral, e de Toni Duarte.

Atrações também não faltam. Além do grande rodeio, shows, bailes e festival de música fazem parte da programação do Parque Nenzo Sá. Esta é a 51ª edição do evento organizado pelo CTG Mangueira Velha, visando manter viva a tradição e a cultura gaúcha na região.

(Fotos: Nilton Wolff)

Coeficiente Eleitoral Digital SC trás novos dados

A edição do Coeficiente Eleitoral Digital coloca Bauer (PSDB) e Amin (PP), juntos em empate técnico. 

Com ineditismo nacional e exclusividade para Santa Catarina, o Instituto MAPA divulgou nesta quinta-feira (28), o Coeficiente Eleitoral Digital (CED) de Santa Catarina para os cargos de presidente da República e de governador do Estado.

A empresa, com sede em Florianópolis, tem expertise de 26 anos em pesquisa de opinião e de mercado. O CED está sendo tratado como a maior novidade do Instituto para as eleições de 2018.

Para presidente da República, o resultado junto ao público nacional indicado pelo Coeficiente Eleitoral Digital do Instituto MAPA mostra lideranças a Lula (23%) e a Bolsonaro (21%), entre os presidenciáveis apontados espontaneamente.

Outros nomes que têm aparecido como potenciais candidatos têm índices bem menores: Luciano Huck (8%), Sérgio Moro (4%), João Dória (3%), Ciro Gomes (2%), Geraldo Alckmin (2%), Marina Silva, Álvaro Dias, Fernando Haddad e Henrique Meirelles todos com 1%.

O CED para eleição ao governo do Estado indica, atualmente, a ida ao segundo turno dos pré-candidatos Esperidião Amin (PP), 18%, e Paulo Bauer (PSDB), 17%, empatados na inferência de voto.

Entre os outros governáveis espontaneamente citados formou-se um bloco com percentuais muito próximos: Dario Berger (PMDB), com 13%, Gelson Merisio (PSD), com 12%, Mauro Mariani (PMDB), também com 12%, e Décio Lima (PT), um pouco atrás, com 9%. (Veja nos gráficos)

Ciência

O método consiste em monitoramento da internet, incluindo as principais mídias sociais, entre outros, por meio de análise integrada de dados – aprendizagem automática por robôs e inteligência cognitiva, resultando em prognóstico de voto.

Não se trata de índice de intenção de voto das pesquisas por amostragem, porém o método tem assertividade comprovada em comparação às pesquisas tradicionais.

A partir da Internet, do meio digital, é possível deduzir um provável resultado eleitoral, sendo um termômetro para comparação com o resultado das urnas.

Assim, o Coeficiente Eleitoral Digital é fruto da expertise do Instituto de pesquisa MAPA com o Grupo Nexxera, multinacional de tecnologia da informação e com suas empresas associadas.

Por Andréa Leonora – Editora Coluna Pelo Estado

Amin se assanha em ser candidato ao Governo

As mudanças de comportamento no meio político são até uma dinâmica interessante. Notem bem. Até então se sabia que o PP e PSD tinham estabelecido parceria para o Governo em 2018, ao lado do PSB, entre outros partidos.

Agora, a notícia de bastidores decorre de que o deputado federal Esperidião Ami n está decidido também em se lançar a pré-candidato para o Governo do Estado, em 2018.

Desde já as antenas de todos os lados ligaram, e deverá implicar internamente com os progressistas. É que o deputado Sílvio Dreveck é o maior defensor de uma aliança com o PSD.

Seja como for, tem “confusão” pela frente. Pois, o PSD também tem candidatura própria, com Mérisio.

Por fim, vejo que o quebra-cabeça do processo político visando o pleito de 2018 está cada vez mais complexo.  

Quando a gente imagina uma coisa, entra outra, e já muda tudo. É esperar para ver o que de fato irá acontecer.

PSD se divide entre pré-candidatos ao Governo

A queda de braço na política catarinense, especialmente no PSD, segue traçando rumos inesperados para 2018.

De um lado, o deputado federal João Rodrigues apregoa a unidade do partido, mas defende que o nome do candidato ao Governo da sigla seja definido pela  base, ouvindo prefeitos, vices e vereadores do PSD.

Em recente encontro em Florianópolis, disse ter recebido o apoio de mais 40 prefeitos, entre outras lideranças.

Por outro lado, o deputado estadual Gelson Merisio segue costurando apoio. O PDT, de Manuel Dias está em fase de inclusão, ao lado dos já definidos o PP e o PSB. Merisio tem dito que não irá disputar outro cargo, a não ser o de governador.

Enquanto isso, lideranças como a do deputado Esperidião Amin (PP), tem sido solidárias a Merísio. O ex-governador é contra qualquer possibilidade de se aliar ao PMDB. Algo que pode ocorrer com João Rodrigues, que pode se tornar um vice de Mariane ou Udo Döller.

Aliás, a aliança com o PMDB ainda não está encerrada. O próprio governador Raimundo Colombo não determinou o rompimento, mediante ao projeto de chegar ao Senado, e nem ainda definiu o seu futuro de permanência ou não na Casa da Agronômica, no ano que vem.

Tudo pode acontecer. Até mesmo de ele optar em seguir no Governo até o fim do mandato. Caso desincompatibilize, no mais tardar em abril, e com os encaminhamentos do PSD definidos, haverá ou não desembarque do PSD dos escalões do Governo.

(Foto: divulgação)

Nascendo uma nova chapa?

Depois da pesquisa do Instituto Mapa, divulgada na última quinta-feira (23), e que colocou o tucano Paulo Bauer liderando um cenário, e o Progressista Esperidião Amin, em outro, os “bizus” correm soltos nos bastidores, dando conta de que pode surgir uma nova chapa com a participação dos dois, rumo ao Governo do Estado em 2018.

Tudo, claro, para tirar do páreo os pedessistas de Raimundo Colombo e os pelegos de Eduardo Pinho Moreira.

Se a ideia vai vingar, não sei. Mas, que o campo das hipóteses entrou em cena, isso sim!

Lá em Campos Novos

O deputado estadual Gabriel Ribeiro foi conhecer de perto o que significa o “MICHUIM”, que se transformou em festa, na cidade de Campos Novos, e chegou na 24ª edição.

Aliás, eu, longe de saber o que era, o MICHUIM, é um carneiro recheado que tem tempero especial, servido como prato principal, e que agrada a todos de origem Marroquina, aperfeiçoado pelos franceses e adaptado para as condições locais.

A 24ª edição Michuim aconteceu neste último sábado, 25, e reuniu cerca de 2.300 pessoas entre Lideranças do Agronegócio, autoridades políticas e parceiros de negócios das Coocam.

O evento foi na fazenda São João e estiveram presentes políticos catarinenses como Esperidião Amim, prefeitos, deputados estaduais e federais.

O deputado Gabriel Ribeiro foi um dos presentes na edição deste ano, e aproveitou para conversar de perto com o federal Esperidião Amin.

(Fotos: Nilton Wolff)

Surpresas na pesquisa Mapa

A maior surpresa nesta pesquisa foi ver o senador Paulo Bauer (PSDB) liderando um dos cenários, e, obviamente, o deputado Gelson Merisio (PSD), entre os últimos. O deputado estadual e ex-presidente da Alesc ,tem estado presente em diversas ações pelo Estado, sempre que pode, colado ao governador Raimundo Colombo.

Esteve, por exemplo, em Lages, em vários atos e marcou presença na última quinta-feira (23), sempre bem visualizado. Num segundo cenário da pesquisa, sem Merisio, lá estava na ponta, o ex-governador Esperidião Amin (Progressista).

O que muda?

Por hora, nada ou pouca coisa. A simetria política, que inclui também o deputado federal do PMDB, Mauro Mariani e o petista Décio Lima, na busca de terem seus nomes consolidados ao pleito de 2018, ainda não é definitiva. De qualquer forma, a pesquisa exerce alguma influência desde já, servindo de alerta entre os pretensos candidatos, que podem e devem começar a pensar em traçar um novo norte em suas ações.

Projeto Eleições 2018 levado à Brasília

Lembro que o Portal Lages Hoje e integra a Rede SC com outros 12 portais espalhados pelas principais cidades do Estado. Faz parte de um pool de comunicação, do qual, estão ainda incluídos os periódicos da Associação dos Diários do Interior (ADI-SC)  e o Grupo RIC.

Pois, este pool acaba de lançar o Projeto Eleições 2018 que, desde já estará trabalhando o desenrolar das eleições.

Vice-presidente da ADI-SC, Adriano Kalil, representando todas as organizações, ladeado pelos deputados Esperidião Amin (PP) e João Paulo Kleinubing (PSD).

Depois de apresentar ao TRE/SC, na última terça-feira (21), nesta quarta-feira (22), o mesmo projeto chegou ao conhecimento de alguns partidos como PP, o PT, o PMDB e o PSD.

Deputado Décio Lima (PT) e Adriano Kalil

Em Brasília, foi entregue em mãos aos deputados federais Mauro Mariani, Décio Lima, Esperidião Amin e a João Paulo Kleinubing.

Kalil com o deputado Mauro Mariani (PMDB/SC)

Dito pelo deputado Mauro Mariani, a iniciativa dos espaços torna-se forte ampliação da cobertura das eleições regionalmente. Já Amin ressaltou a agilidade do grupo, que “saiu na frente” na organização e planejamento para a cobertura de uma das mais importantes eleições da história do país.

Prévia eleitoral

Parte do Projeto Eleições 2018 começa a virar realidade hoje à noite, com a divulgação, pela RIC TV Record, da primeira prévia eleitoral, realizada pelo Instituto MAPA.

Na sequência, os sites RIC Mais (ricmais.com.br/sc) e SC Portais (scportais.com.br) vão colocar as informações no ar, as mesmas que estarão amanhã, completas, nos diários da rede ADI-SC e no jornal Notícias do Dia, do Grupo RIC.  Serão divulgadas seis pesquisas até o primeiro turno.

Portanto, nesta sexta-feira, 24, o Lages Hoje, estará com a prévia eleitoral completa, à disposição dos senhores.

Como se vê, o Portal Lages Hoje está completamente integrado com outros no Estado, com alta visibilidade, e que deverá crescer ainda mais. É um modelo inédito de parceria, que poderá ser ampliado para os demais estados do Sul.

(Fotos: divulgação)

Página 1 de 6

Desenvolvido em WordPress & Tema por Anders Norén