Tag: desafrio

Novo registro de geada

Parece que o frio de formar geada não quer deixar a Serra Catarinense. Nesta terça-feira (14), voltou a registrar geada no amanhecer, em São Joaquim.

O belo espetáculo paisagístico com uma ligeira camada de gelo cobrindo a relva dos campos no Vale do Caminhos da Neve, a cerca de 3km do centro da cidade, não está agradando os produtores de frutas.

A mínima registrada na estação do Caminhos da Neve, onde se formou a geada, a mínima foi 2.4ºC.

E o detalhe que mais chama a atenção é o nuance entre o branco da geada com o amarelo das flores de Maria Mole que surgem na Serra Catarinense já no final da primavera. Ver este contraste é tipicamente incomum para esta época do ano.

Esta foi a 5ª geada do mês de novembro em São Joaquim, repetindo o feito dos anos de 1999 e 2006.

Os registros de geada em São Joaquim, feitos pelo profissional Mycchel Hudson Legnagi, do São Joaquim Online, tem evidenciado nacionalmente o município. No entanto, poucos valorizam, nem mesmo a Administração Municipal.

(Foto: Mycchel Hudson)

Pertinente o seminário sobre prevenção de desastres

O Estado de Santa Catarina está vivendo momentos de grande preocupação, no que tange à prevenção quanto aos desastres naturais. O que ser é que no futuro, as consequências possam ser amenizadas.

seminário regionalAlém da abordagem sobre o tema, nesta quinta-feira (5), no auditório da CDL, em Lages, o Governo, através da SDR Lages, contemplou 23 prefeituras com kits que vão interligar os municípios ao Centro de Monitoramento da Defesa Civil.

O kit é composto por microcomputador, impressora, televisor e GPS – Sistema Global de Posicionamento.

seminário regional1O sistema permitirá que a Defesa Civil monitore em tempo real os 295 municípios do Estado.

O objetivo é antecipar ações para minimizar os impactos causados pelas intempéries climáticas.

São providências que realmente podem contribuir em situação de desastres naturais que ocorrem com frequência no Estado. 

(Informações e fotos: Fábio Ramos)

Desafrio: Atletas em busca da superação dos próprios limites

O jornalista Oneres Lopes, sempre atento aos acontecimentos na Região da Amures, compartilha com a gente outro fato relevante.

desafrio

Conforme ele, ter coragem, resistência e condicionamento físico não basta. Tem de ser persistente. O Desafrio, a maior competição de esportes radicais de Santa Catarina levou 620 atletas maratonistas de diversas regiões do Brasil, a enfrentar os próprios limites nas montanhas geladas de Urubici, neste sábado (22).

Segundo os organizadores no Brasil não existe outra competição com estas características. A altitude, o frio, o terreno acidentado, a umidade e o percurso de 52 quilômetros são uma provocação aos desafiadores. A questão para a grande maioria não foi a classificação de chegada, mas cumprir da prova.

desafrio1

Os atletas passaram por alguns dos pontos mais bonitos da Serra Catarinense, como a Cascata Véu de Noiva. Ao todo atletas de 15 estados e 82 cidades do Brasil participaram do evento.

O Desafrio atraiu alguns dos melhores maratonistas do Brasil. E junto vem corredores de rua, amadores e admiradores de esportes radicais. Muitos participam do evento como preparação para maratonas em outros países. Desde a recepção até o cumprimento da prova, os atletas recebem atenção especial.

O Desafrio já está incorporado ao calendário de eventos do município.