Tag: deputado federal (Página 1 de 6)

Emenda Parlamentar é repassada em auxílio à APAE

O deputado João Rodrigues (PSD) estendeu as mãos para a Apae de Lages, através de emenda parlamentar.

Na manhã desta terça-feira (14), representado pelo vereador Jean Pierre foi efetivado o repasse de parte dos recursos. R$ 58 mil já estão na conta da entidade, e em dezembro, mais R¨$ 76 mil.

O repasse foi acompanhado por Ozair Coelho da Secretaria Municipal da Agricultura e Pesca, de Lages, e claro, dos dirigentes da Apae.

(Foto: Divulgação)

Transporte de bicicleta em ônibus?

Pois é. A proposta é um tanto diferente. Mas, de qualquer forma a Comissão de Viação e Transportes aprovou proposta que permite às empresas de transporte coletivo instalar suportes para bicicleta em seus ônibus.

Os suportes poderão ser instalados na parte traseira ou dianteira dos ônibus, que passariam a ser chamados de “bike bus”, de acordo com o Projeto de Lei 1488/15, do deputado Rogério Rosso (PSD-DF).

Ao recomendar a aprovação do projeto, o relator na comissão, deputado João Rodrigues (PSD-SC), ressaltou que a proposição “procura melhorar a mobilidade urbana no Brasil, ao incentivar e tornar possível a integração entre o transporte público coletivo e as bicicletas”, ressaltou.

Por orientação de Rodrigues, o texto foi aprovado sem a parte que determinava que os editais expedidos após a medida entrassem em vigor deveriam especificar as linhas do bike bus. A regra, explicou, criaria obrigatoriedades para o poder público municipal e estadual, que são os responsáveis pela implementação do sistema.

A proposta altera o Código de Trânsito Brasileiro (Lei 9.503/97) para estabelecer que o Conselho Nacional de Trânsito (Contran) discipline a implantação dos suportes.

Tramitação

Já aprovado pela Comissão de Desenvolvimento Urbano, o projeto será analisado agora, em caráter conclusivo, pela Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania.

Candidatos a deputado de fora da região

O assunto acabou sendo alvo de algumas falas na sessão ordinária desta terça-feira (05). Seja como for, ficou claro que alguns dos vereadores estão articulados com candidatos de fora e convictos de que eles podem ajudar até mais do que os locais.

Porém, houve quem entrasse na defesa para que o apoio seja direcionado aos de casa, como forma de manter a representatividade.

Não vou, por hora, citar nomes. Porém, alerto para o próximo pleito, de que  irá merecer atenção especial. Pois, avaliações prévias podem se confirmar. Ou seja, a Serra Catarinense corre o risco de não eleger ninguém, nas duas esferas, a estadual e a federal.

Do campo das hipóteses ao real

A política lageana está atrelada fortemente às suposições voltadas ao campo das hipóteses.

Mas, começa a ter uma leitura diferenciada. A referência é sobre o que pode acontecer em 2018.

gabriel-samu

A hipótese que está se tornando bem real, recai à decisão de o deputado estadual Gabriel Ribeiro (PSD) se lançar à esfera federal. Aliás, o projeto está praticamente definido.

Com atrelamento direto ao governador Raimundo Colombo, o jovem deputado ganha sustentação à ideia.

Mas, nesse caso como fica Carmen Zanotto (PPS)? Bem, poderá manter também a candidatura ou se retirar. Afinal, dois nomes de ponta na Serra Catarinense, é derrota eminente, para ambos.

carmen-projeto

Sendo assim, a escapatória para Carmen será a de mudar o foco para a Assembleia Legislativa. Pois, teria que tomar uma decisão forçada nesse sentido devido às circunstâncias, ou enveredar para outro projeto.

É esperar para ver o que acontece. Aliás, logo se saberá!

Consórcio de Saúde ganha aparelho de raio-x

Através de emenda parlamentar de R$ 250 mil, o deputado federal César Souza  garantiu a compra de um aparelho de raio-x. O dinheiro tem previsão de ser liberado no primeiro semestre de 2017.

saude

Agora, o Consórcio de Saúde, da Amures, deverá definir onde o aparelho será instalado. Há quem defenda a instalação da Unidade Básica de Saúde, do bairro Santa Mônica, em Lages.

Mas, futuramente o mesmo aparelho deverá ocupar espaço na futura sede do Consórcio da Saúde, a ser construída próxima ao aeroporto.

Porém, aí tem outra questão a ser definida. A cobrança recai à Prefeitura de Lages para a liberação da área, em compromisso assumido anteriormente pelo ex-prefeito Elizeu Mattos.

saude1

O procurador da República, Nazareno Wolff lembrou que a já foi desmembrada. Falta então, o prefeito Toni Duarte encaminhar o projeto à Câmara de Vereadores.

Por fim, o destino final do aparelho de raio-x deverá ser a nova sede, depois de pronta.

(Informações e fotos: Oneres Lopes)

João Rodrigues: um deputado municipalista

O deputado federal João Rodrigues (PSD) é o parlamentar catarinense que mais se preocupa com a viabilidade das administrações públicas. 

joao-rodrigues

Ele aparece na 36ª colocação, dentre os 542 deputados que já passaram pela Câmara Federal neste mandato, o que inclui os suplentes.

O ranking, apresentado semana passada em Brasília, durante Seminário Novos Gestores, que foi promovido pela Confederação Nacional dos Municípios, lista todos os deputados federais do país e o respectivo empenho de cada um para com as reivindicações das administrações municipais e leva em conta, por exemplo, a votação dos deputados em projetos que trazem benefícios, ou malefícios, aos cofres dos municípios.

Batizado de Observatório Político, este portal tem o objetivo de pressionar os deputados a se alinharem às demandas das prefeituras.

De acordo com o Observatório, o deputado que mais se preocupa com a viabilidade das administrações municipais é Hildo Rocha, do PMDB do Maranhão.

Mais detalhes no link http://www.politico.cnm.org.br/pagina/parlamentar/1601

Projeto de lei quer o fim do Horário de Verão

deputado-federal-valdirO deputado federal segue a incansável luta contra o Horário de Verão. É dele o projeto de lei 397/2007, que tramita na Câmara dos Deputados, que extingue a modalidade do horário.

Como se sabe, novamente neste ano, os relógios serão adiantados em uma hora na virada do dia 16 para 17 de outubro nas regiões Sul, Sudeste e Centro-Oeste, permanecendo até 19 de fevereiro de 2017.

O deputado tendente que, mais uma vez se prejudica a saúde das pessoas com uma medida de pouco ganho na economia do país.

Colatto ainda rebate lembrando que não existe economia na conta de energia elétrica, mas sim o aumento no consumo de energia neste período. Para saúde, a situação ainda piora.

O organismo fica completamente desequilibrado. Estudos apontam sintomas indesejados como dores de cabeça, aumento da fadiga, taquicardia, diminuição de rendimento nos estudos e no trabalho, principalmente em pessoas com mais idade.

Conforme o parlamentar, os trabalhadores rurais são os que mais sentem as consequências do horário diferenciado. O desconforto que a adoção deste horário acarreta é experimentado por todos que são obrigados a acordar mais cedo, incluindo as crianças.

.

A solução para o deputado

Uma das medidas propostas pelo parlamentar e que pode solucionar o alto consumo de energia é o desenvolvimento de ações permanentes do governo que possam orientar e educar a população brasileira sobre o uso consciente de energia nos horários de ponta, das 18 horas às 21 horas. “Está claro que quem paga a conta dessa medida é o Sistema Único de Saúde (SUS) e a população”, alerta.

Desconto para idosos na renovação da CNH

Valdir Colatto1 O projeto de Lei número 5806/2016, apresentado em julho pelo deputado federal Valdir Colatto (PMDB/SC), prevê 50% de desconto para idosos no pagamento das taxas cobradas para renovar a Carteira Nacional de Habilitação (CNH).

  De acordo com deputado, os motoristas com mais de 60 anos têm gastos com a renovação periódica a cada três anos, enquanto os demais motoristas são obrigados a renovar a cada cinco anos.

Para Colatto, essa situação coloca os condutores idosos em desvantagem e afronta as garantias estabelecidas pelo Estatuto do Idoso.

Página 1 de 6