Tag: Autopista Planalto Sul (Página 1 de 2)

Pontos para a discussão sobre a segurança na BR 116

A Autopista Planalto Sul, empresa do Grupo Arteris promove  evento sobre segurança viária na próxima segunda-feira, dia 29 de maio, às 14h, na sede da Polícia Rodoviária Federal, em Lages.

O diretor superintendente da concessionária, Cesar Sass, e o Chefe da Delegacia da Polícia Rodoviária Federal de Lages, Magno da Cruz Junior falarão sobre a parceria entre a Autopista Planalto Sul e a PRF nas campanhas de conscientização e de segurança viária da empresa.

Tais reuniões são realizadas com frequência ao longo da BR-116/PR-SC, visando criar ações para aumentar a segurança dos usuários e reduzir o número de acidentes e vítimas fatais.

Neste mês, em especial, a concessionária realiza atividades voltadas para o Maio Amarelo, e, algumas delas são voltadas para os caminhoneiros, como o Serra Segura, em que os caminhões passam por uma avaliação dos componentes de segurança, como freios e suspensão, o Saúde na Boleia, campanha que oferece exames de saúde gratuitos aos caminhoneiros.

Liberadas novas terceiras faixas na BR 116

A Autopista Planalto Sul, concessionária do Grupo Arteris, responsável pela rodovia BR-116 entre Curitiba e Capão Alto, na divisa com Rio Grande do Sul, liberou nesta semana mais um segmento de terceiras faixas no trecho de Santa Catarina.

 O município de Monte Castelo recebeu 1,5 quilômetros de faixas adicionais, entre o km 66,5 e o km 68. Ao todo já são 13 quilômetros liberados de um total de 48,3 previsto no contrato de concessão.

 Recentemente, foi liberado um segmento no município de Mafra (SC), do km 13 ao 14. Na próxima semana serão mais 2,5 quilômetros, do km 31,2 ao 33,7, em Itaiópolis (SC).

 O critério para definição dos pontos de implantação de terceiras faixas se dá através de um estudo de nível de serviço da rodovia, onde os pontos críticos, no que diz respeito à fluidez de tráfego, são levados em consideração.

Sendo assim, hora de pensar também as terceiras faixas no trecho de Lages à divisa do Rio Grande do Sul.

(Foto: Divulgação)

Interdição de pista na BR 116

A Autopista Planalto Sul, empresa do Grupo Arteris, informa que a rodovia BR-116/SC ficará interditada na madrugada de sábado, dia 22/04 das 00h às 6h, com liberação do tráfego a cada duas horas, para obras emergenciais de melhoria no pavimento do trecho da Serra do Espigão, no município de Monte Castelo.

Na manhã desta sexta-feira, dia 21/04 a intervenção ocorrerá no Km 118, porém a rodovia irá operar em sistema pare e siga, das 8h às 14h.

Devido ao fluxo intenso na Serra, a concessionária vai realizar a intervenções no pavimento, com execução de reparos localizados e, posteriormente, recapeamento do trecho.

As interdições são necessárias para garantir a segurança dos usuários e trabalhadores durante a execução das obras.

Duplicação da BR 116 somente em 2019

Ao ouvir as representantes da Autopista Planalto Sul, na tarde desta segunda-feira (10), as jovens Maria Christina de Oliveira,  que é analista de comunicação, e com Pamella Fragoso, assistente de projetos, objetive o conhecimento de como a empresa se esforça para manter a malha rodoviária, a qual, ela é responsável, na BR 116, em Santa Catarina.

Soube por exemplo, que sofre uma severa fiscalização, e de quebra, passa pelos mesmos calos burocráticos vividos pelo poder público, nas licitações.

Tudo também foi exposto ao prefeito Antonio Ceron, ao vice, Juliano Polesi, e ao executivo de Turismo, Luis Carlos Pinheiro.

Entre os inúmeros projetos ligados, inclusive ao social e cultural, está o da duplicação em áreas urbanas. Mas, nada para agora. O processo é tão moroso, devido às burocracias, que somente deverá iniciar a execução, por Lages, em 2019.

Um ponto que não estava contemplado no projeto, foi alcançado a pedido do governador Raimundo Colombo, ou seja, para que a duplicação incluísse o trecho do cruzamento da BR-282 até a ponte do Rio Caveiras.

Na mesma ocasião foi ressaltada também a parceria que a empresa sempre teve com o Natal Felicidade, e que neste ano deverá estar novamente apoiando o evento e na divulgação dos atrativos turísticos de Lages, nos postos de pedágio.

(Fotos: Greik Pacheco)

Obras de contenção na Serra do Espigão

A Autopista Planalto Sul, concessionária do Grupo Arteris que administra a BR-116/PR e SC informa que iniciou esta semana o primeiro segmento das obras de contenção na Serra do Espigão, localizada no município de Monte Castelo (SC).

espigão

Esta primeira etapa de obras está concentrada entre o Km 108 ao Km 108+390 Pista Norte e Sul. No local, será instalada tela chumbada para grampear os blocos com risco de desprendimento e cortina atirantada. 

espigão1

Para as obras, há sinalização provisória (pare/siga durante 24 horas). Quando as outras obras tiverem início, em meados de fevereiro, todo o trecho da obra estará sendo operado através de semáforos.

Autopista Planalto Sul convoca imprensa

A empresa quer conversar com a imprensa em uma coletiva agendada para a próxima terça-feira (10), junto à sede da Amures.

A obra na Serra do Espigão (entre os kms 103 ao km 110 da BR 116) no município de Monte Castelo/SC, que terá início no dia 16 de janeiro próximo será o tema a ser explanado.

Neste trecho a geologia é extremamente complexa e apresenta alguns fenômenos de instabilidades relacionados principalmente a queda de blocos de arenito.

A execução da obra se torna bastante complexa. É exatamente isso que os dirigentes da Autopista querem explicar à imprensa.

Redução de acidentes na BR 116

A Autopista Planalto Sul persegue a meta de reduzir em 50% os acidentes fatais no trecho sob concessão no período de 2011-2020.

Sobre a questão realiza um encontro para apresentar o que já foi feito e o que ainda será realizado para cumprir essa meta, com destaque para o trecho catarinense da rodovia.

As ações são coordenadas pelo GERAR – Grupo Estratégico para Redução de Acidentes, que reúne as principais áreas da concessionária para analisar pontos críticos e os acidentes que ocorreram, propondo medidas corretivas e preventivas nestes locais.

Entre as ideias estão as correções na rodovia, implantação de passarela, delineadores em curvas, redutores de velocidade, fechamento de acessos irregulares/retorno, entre outros.

Assim, imprensa e demais interessados, são os convidados para conferir a apresentação do que já foi feito, e quais as ações previstas para o trecho de Santa Catarina visando a redução de acidentes, os pontos críticos e as tratativas para estes locais.

gerar

Menos mortes com a duplicação da BR 116

A duplicação tem potencial de reduzir em 54% o número de mortos em acidentes no trecho da BR-116 que passa por Santa Catarina.

116 duplicação

A estimativa foi apresentada nesta quarta-feira (06) pelo engenheiro Newton Gava, que realizou estudo sobre a viabilidade da obra para a concessionária Autopista Planalto Sul.

 Segundo o especialista, as colisões frontais foram responsáveis por 42% das mortes entre 2011 e 2014, enquanto as colisões transversais causaram 12% dos falecimentos.

Com a duplicação das pistas e eliminação dos cruzamentos em nível, estes tipos de acidente tenderiam a zero.

Gava apresentou seu estudo em reunião da Câmara para Assuntos de Transportes e Logística da Federação das Indústrias de Santa Catarina (FIESC).

.

Custos

De acordo com o engenheiro, dos 380 quilômetros da rodovia sob concessão no Paraná e em Santa Catarina, a duplicação se mostrou viável no trecho entre Curitiba e Lages, com 270 km ainda em situação de pista simples.

116 duplicação1

Esta obra teria custo aproximado de R$ 3 bilhões e estaria concluída em sete anos. O estudo mostrou que a duplicação, se realizada unicamente com recursos da concessionária, teria potencial para mais que dobrar o valor do pedágio na rodovia.

Nesse caso, a preocupação: “Esta perspectiva de aumento no valor pago pelos usuários é preocupante. É preciso encontrar uma solução que viabilize esta importante obra sem que o custo seja repassado para as tarifas de pedágio”, ressaltou o engenheiro.

Informações e fotos: Fábio Almeida (Assessoria de Imprensa da FIESC)

Pavimentação no acesso à BR-282

São 400 metros de pavimento que estão sendo executados em parceria entre a Secretaria de Infraestrutura a Autopista Planalto Sul, concessionária da BR-116, em acesso do Ponte Grande, em Lages.

Infraestrutura pavimenta acesso à BR 282 no Ponte Grande (3)

O trecho de chão batido abrange a Rua Rui Zappelini, bairro Ponte Grande, desde a esquina com a Avenida Corina Caon até o cruzamento com a marginal da BR-282, em frente ao viaduto que divide rodovia e perímetro urbano.

O primeiro dia de trabalho foi nesta terça (8), devendo se estender até dia 15 a 20, dependendo das condições meteorológicas.

(Foto: Nilton Wolff)

Página 1 de 2