Tag: Aida Hoffer (Página 1 de 3)

Aida prospecta R$ 1 milhão em economia

A presidente da Câmara de Lages, Aida Hoffer (PSD), organizou uma reunião com representantes da sociedade civil organizada, esta semana, na qual, expôs algumas ações e iniciativas realizadas nos primeiros quatro meses da 18ª Legislatura.

Somente em folha salarial e diárias, a Câmara economizou R$ 286 mil em relação ao 1ª quadrimestre do ano passado. Soma-se a isso, a redução financeira em contratos licitatórios de materiais de consumo, expediente e serviços. A projeção é de uma economia de quase R$ 1 milhão aos cofres públicos neste ano.

Além da economia aos cofres públicos, as ações tomadas viabilizarão investimentos em áreas necessárias para o funcionamento do Poder Legislativo, tal como a reforma da cobertura da sede da Câmara e a adequação à televisão digital da TV do Legislativo Lageano.

Na reunião também foi apresentado o esboço proposto para o novo site do Legislativo Lageano, que será mais simples, intuitivo e acessível.

A próxima ação deverá reunir os presidentes das associações de moradores e líderes comunitários dos bairros de Lages.

Assessoria de Imprensa – Câmara de Vereadores de Lages

Pelo Fim da Violência Contra as Mulheres

A Mesa Diretora da Câmara de Vereadores de Lages promulgou o projeto de resolução 002/2017, que reativa a Frente Parlamentar Pelo Fim da Violência Contra as Mulheres no âmbito do Poder Legislativo Lageano.

Este agrupamento de pessoas é pluripartidário, composta por vereadores (as) que aderirem voluntariamente a ele. Os trabalhos serão coordenados por um presidente e um vice, escolhidos mediante aprovação absoluta dos aderentes, com mandato de dois anos.

A presidente Aida Hoffer (PSD) foi a responsável por trazer a matéria à tona no Plenário Nereu Ramos.

Finalidade

Promover eventos, estudos, debates, projetos e ações relacionadas à prevenção da violência contra as mulheres, com destaque ao cumprimento da Lei 11.340/06, conhecida como Maria da Penha; acompanhar e propor programas de políticas públicas voltadas ao combate da violência contra as mulheres no município;

Deputada ítalo-brasileira visitou Lages e São Joaquim

A deputada ítalo-brasileira, Renata Bueno (PPS/PR) esteve em São Joaquim e  Lages nesta sexta-feira,28.  O roteiro faz parte das comemorações dos 140 anos da imigração italiana no Brasil. Renata foi a primeira brasileira a assumir um vaga no parlamento italiano. A visita iniciou em São Joaquim, onde a deputada foi recebida pelo prefeito Giovani Nunes, a secretária da ADR, Solange Scortegagna Pagani e o vereador do PPS Clodoaldo de Souza Costa (PPS).

Renata que mora na Itália, ficou encantada com as belezas da Serra Catarinense e com a qualidade dos vinhos de altitude.

Após a visita nas vinícolas Villa Francioni e Leone Di Venezia, Renata Bueno se deslocou para Lages.Na Prefeitura ela se reuniu com prefeito Antonio Ceron, a presidente da Câmara de Vereadores, Aida Hoffer, o vereador Maurício Batalha (PPS) e demais vereadores.

Na conversa, o estreitamento sobre a possibilidade de trazer para Lages alguma fonte de integração com a Itália, tal como um curso da língua italiana.

Outra sugestão se referiu ao campo econômico. A proposição é de ela abrir um canal de conversações com empreendedores de lá com Lages, para futuros investimentos empresariais. Nesse caso, acha muito possível, pois, são muitos os industriais italianos que pensam em investir no Brasil.

Neste sábado, 29, a deputada irá se encontrar com os associados da Federação de Entidades Ítalo-Brasileiras e de Mestres e Ofícios da Cultura Italiana (FEIBEMO) e do Círculo Italiano de Lages. O evento acontece no Restaurante Bistrô, a partir das 9 horas.

(Fotos: Silviane Manrich e Greik Pacheco)

Deputada italiana em Lages

A deputada Renata Bueno, do parlamento italiano estará em Lages nesta sexta-feira (28), e, às 15 horas na Câmara dos Vereadores. Na própria Câmara também receberá a imprensa.Conforme o cronograma, às 15h terá reunião com a presidente da Câmara, Aida Hoffer, e com o vereador Maurício Batalha (PPS).

Às 16h, reunião com prefeito Antônio Ceron, no gabinete. Já no sábado, a parlamentar ainda cumpre agenda, pela manhã, em Lages.

Câmara oficia apoio ao Curso de Medicina da Unifacvest

O secretário da Agência de Desenvolvimento Regional, João Alberto Duarte, recebeu o documento assinado que manifesta apoio e interesse do Legislativo Lageano na implantação do Curso de Medicina na Unifacvest.

A entrega ocorreu na tarde da última quarta-feira (19), através da presidente da Câmara Municipal, Aida Hoffer (PSD) e do vereador Jean Pierre (PSD).

Todos os vereadores que compõem a 18ª Legislatura assinaram o documento que deverá ser encaminhado  ao governador Raimundo Colombo (PSD).

.

Histórico

O Centro Universitário Unifacvest foi criado em 2001 e dispõe de 33 cursos e habilitações, oferecendo mais de quatro mil vagas no ensino superior. De acordo com o ofício, essa implantação representará um significativo impacto no desenvolvimento e na assistência à saúde dos habitantes de toda a região serrana, bem como na qualidade de vida dos jovens, que não mais precisarão se afastar daqui, nem fazer sacrifícios enormes para cursar uma faculdade de medicina fora da cidade.

Câmara extingue cargos comissionados

O Legislativo Lageano aprovou na sessão deliberativa de terça-feira (4) o projeto de lei complementar 005/2017, proposto pela Mesa Diretora, que extingue 13 cargos comissionados do quadro funcional da Câmara.

Com esta redução estima-se uma economia anual de mais R$ 714 mil, totalizando ao longo de quatro anos uma contenção de R$ 2.8 milhões de gastos aos cofres públicos. O documento aprovado segue para o Executivo onde aguarda a sanção do prefeito Antonio Ceron (PSD).

Essa iniciativa contribui com o pacote de medidas que está sendo adotado na Câmara Municipal. Nele estão previstos a redução dos gastos no decorrer da legislatura com diárias, contratos, material de expediente e consumo.

Relação dos cargos que deixam de existir:

  • Gerente pessoal;
  • Gerente de orçamento e tesouraria;
  • Assessor da Escola do Legislativo;
  • Gerente de informática;
  • Assessor Jurídico;
  • 1 cargo de Assessor de Plenário;
  • 1 cargo Assessor das Comissões;
  • 3 cargos de Assessor Parlamentar (I);
  • 3 cargos de Assessor Parlamentar (II).

(Informações e foto: Ascom Câmara)

Apoio da Câmara a um novo Curso de Medicina

Na tarde desta segunda-feira (27), a presidente da Câmara de Vereadores de Lages, Aida Hoffer (PSD), recebeu a visita do reitor da Unifacvest, Giovani Broering, que esteve acompanhado dos professores Renato Rodrigues e Ceniro Ferreira de Sousa.

Eles solicitaram o apoio dos vereadores na implantação do curso de Medicina na instituição e entregaram à presidência o relatório da avaliação feita pelo Ministério da Educação (MEC), que aponta a Unifacvest como uma das melhores de Santa Catarina, com pontuações que classificam vários de seus cursos entre os melhores do estado e do país.

No encontro, o reitor disse estarem avançadas as tratativas para a instalação da Medicina na instituição, mas ressalta que é fundamental a participação de todos em Lages para que o projeto se concretize.

Dá-se aí a busca pelo apoio do Legislativo para que possa unir forças com a Prefeitura e demais representantes políticos de Lages para oferecer mais uma alternativa de ensino superior na cidade.

A vereadora Aida Hoffer se dispôs a reunir os 16 vereadores para elaborar um documento pedindo o apoio do Executivo e, caso precise, para organizar uma comitiva até Brasília a fim de demonstrar o interesse e a necessidade do município pela formação de mais profissionais nessa área.

A presidente da Casa entende de que Lages precisa de mais médicos e que vai lutar para que a cidade não perca essa oportunidade.

Informações e fotos: Assessoria de Imprensa/Câmara de Vereadores de Lages

Colombo inaugura novo auditório da ACIL

O governador Raimundo Colombo foi recepcionado pelo presidente da ACIL, Sadi Montemezo e pelo prefeito de Lages Antonio Ceron, e pela presidente da Câmara de Vereadores, Aida Hoffer, na noite desta quinta-feira (23).

O auditório da entidade foi reformado com recursos do Governo do Estado, via Secretaria do Desenvolvimento Econômico Sustentável (SDS), com R$ 700 mil.

Uma palestra do governador Raimundo Colombo sobre os desafios do atual cenário econômico e político do país marcou a abertura do novo auditório da Associação Empresarial de Lages (Acil).

O local tem capacidade para 300 pessoas sentadas e conta com sistema de climatização, som, iluminação, camarim, saída de emergência e acessibilidade.

A Acil foi fundada em agosto de 1940 atuando junto a empresários da Serra Catarinense e vem se firmado como m das mais importantes entidades de classe da região, trabalhando pelo fortalecimento da atividade empresarial, do associativismo, além de estar ligada aos principais projetos de expansão econômica da Serra.

.

Palestra do governador

Colombo destacou o protagonismo da sociedade ao cobrar um Estado mais eficiente e a importância de surgirem líderes, em todos os segmentos, comprometidos com a construção de um novo modelo.

O governador argumentou que o Estado, por um conjunto de ações, como maior rigor nos gastos, investimentos em setores estratégicos e pela decisão de não aumentar impostos, será o primeiro a sair da crise.

“Graças a esse esforço, e não só do Governo, mas de todo o catarinense que trabalha e não se curva diante das dificuldades, conseguimos ser competitivos, para atrair novos investimentos. Somos uma potência no agronegócio e em tantos outros indicadores, e por isso não vamos desanimar. Há um processo de mudança em curso e teremos que ser fortes e responsáveis para construir a ponte do futuro sobre essas adversidades”, concluiu.

Informações: Francieli Dalpiaz – Fotos: Paulo Chagas

Hortas comunitárias nos terrenos baldios

Eis uma boa sugestão. A vereadora Aidamar Hoffer (PSD) propõe a implantação de hortas comunitárias nos terrenos baldios dos bairros de Lages.

AIDA3

A moção legislativa é destinada ao prefeito Antonio Ceron (PSD) e ao secretário de Meio Ambiente, Euclides Mecabô.

.

Vantagens

Segundo Aida, são várias as vantagens das hortas comunitárias: motiva um cuidado maior com o meio ambiente, ocupa cidadãos desempregados, promove a sustentabilidade e a produção de hortaliças para a merenda escolar e famílias de baixa renda, além de eliminar os terrenos baldios – muitas vezes utilizados como depósitos de entulhos, vetor de doenças como a dengue e para a proliferação de animais peçonhentos.

A ideia é que as hortas comunitárias sejam instaladas em lotes vagos e que sua produção abasteça as famílias residentes próximas a eles.

O modelo a ser seguido é o da agricultura orgânica, ou seja, sem os inseticidas e fungicidas tradicionais, o que garante maior qualidade aos alimentos.

Assessoria de Imprensa

Câmara de Vereadores de Lages

Página 1 de 3