Depois da visitação o governador fez rápida exposição dos números alcançados por Santa Catarina, mesmo em meio à crise do País. Também apontou o mês de março para poder inaugurar.

Com a nova ala, o Hospital Tereza Ramos, Lages, será um dos maiores e mais modernos de Santa Catarina. Nos próximos dias começam a montar o mobiliário.

Conforme explicou o engenheiro Marcos Gonçalves agora falta pouco. Estão apenas trabalhando nos acabamentos, e, na medida em que os setores forem ficando prontos, os imobiliários e os equipamentos já serão instalados.

Por outro lado, de forma rápida e informal, Raimundo apresentou um resumo dos dados alcançados em sua gestão, mesmo o país estando atravessando uma das maiores recessões econômicas da história.

Segundo ele, somente agora a crise está dando sinais de recuperação, e acredita que 2018 será um ano melhor, mas que, somente sentirá os efeitos da normalidade em 2019.

Santa Catarina, na condição de 6ª melhor economia do Brasil, se superou a partir de medidas anticrise, tais como, o não aumento de impostos, enquanto que 21 outros estados o fizeram; o fato de o Estado ter liderado a renegociação da dívida com a União, e ainda, a Reforma da Previdência (SC Prev).

Raimundo ainda apresentou dados sobre o desemprego e contratações com carteiras assinadas, e que resultaram em bons índices com destaque nacionalmente.