Mês: setembro 2015 (Página 1 de 30)

Lages pode ganhar Centro de Distribuição

Do que se trata exatamente? A informação é de que a Rede de Farmácias São João, uma das maiores varejistas de medicamentos do Brasil, quer instalar em Lages o seu Centro de Distribuição para atender as mais de 400 lojas do grupo no Rio Grande do Sul e em Santa Catarina.

Com sete mil funcionários, a rede, sediada em Passo Fundo (RS), conta com uma farmácia em Lages e tem forte atuação no Oeste catarinense.

Somente para o ano de 2016, o grupo tem previsão de R$ 1 bilhão em compras de medicamentos e produtos de perfumaria.

Como o assunto evoluiu

rede de distribuição

Na última terça-feira, 29 de setembro, os representantes da Rede São João, acompanhados de Moacir Volpato, proprietário da rede de lojas Volpato, outra gigante do comércio no Sul do país, procuraram o secretário de Desenvolvimento Regional de Lages, João Alberto Duarte, para pedir o apoio do Estado por meio de incentivos fiscais a fim de concretizar os projetos da empresa.

A intenção da rede é instalar o seu Centro de Distribuição junto ao CD das Lojas Volpato, na antiga Battistella, às margens da BR-116, na área industrial de Lages.

Audiência com o Governador

Já nesta quarta-feira, João Alberto intermediou uma audiência entre os empresários e o governador Raimundo Colombo. A reunião ocorrerá nos próximos dias e, se depender do Estado, em breve a Rede de Farmácias São João fará em Lages um dos seus maiores investimentos.

(Informações e foto: Pablo Gomes)

Outubro Rosa: está lançada a campanha

O mês de outubro será todo dedicado à prevenção e detecção do câncer de mama. E, na tarde desta quarta-feira (30), a campanha foi lançada oficialmente, no gabinete do prefeito de Lages.

campanha1

Integrantes de entidades como a Rede Feminina de Combate ao Câncer (RFCC), Serviço Social do Comércio (Sesc), Associação Empresarial de Lages (Acil) e Clínica Le Santé, além de jogadoras do time feminino de futsal do Internacional de Lages (Leoas da Serra), órgãos de imprensa e secretários municipais acompanharam a solenidade.

O câncer de mama

A população brasileira é formada por 95 milhões de mulheres. O câncer de mama lidera o índice de mortalidade no Brasil, somente atrás dos acidentes automobilísticos, atropelamentos e assassinatos.

campanha

No Brasil, a cada ano morrem de câncer dez mil mulheres com faixa etária acima dos 35 anos.

Em Lages, entre janeiro e setembro deste ano, foram realizadas 2.853 mamografias por intermédio do Ceasm.

(Fotos: Sandro Scheuermann)

Novo incentivo ao abate de novilho precoce

A Comissão de Agricultura da Assembleia Legislativa aprovou, nesta quarta-feira, projeto de lei que pretende reter mais dinheiro nas propriedades rurais de Santa Catarina e, em consequência, fazer com que a carne chegue à mesa mais macia.

gado

A matéria estabelece novos parâmetros para o atual Programa de Apoio à Criação de Gado para Abate Precoce.

Modelo atual

Pelas regras atuais, recebem incentivos fiscais (ICMS) os produtores que entregarem aos frigoríficos bovinos e bubalinos (búfalos) de até 30 meses de idade, com no máximo quatro dentes incisivos e pesando pelo menos 240 quilos (machos) e 210 quilos (fêmeas) de carcaça (só a carne e ossos, sem víceras).

Os produtores rurais se mobilizaram por entender que esta meta é muito alta, mesmo considerando a evolução genética do gado nos últimos anos.

Nova alternativa

novilho

A proposta do Governo do Estado é manter este parâmetro e criar uma alternativa. O projeto do Executivo foi aprovado na comissão, mas com emenda do deputado Gabriel Ribeiro (PSD), relator da matéria.

A alternativa aprovada é dar repassar ao produtor o equivalente em ICMS que o frigorífico deixa de recolher aos gabriel comissãocofres do Estado ao entregar animais com até 20 meses de idade, com no máximo dois dentes incisivos e que pesem pelo menos 210 quilos (machos) e 180 quilos (fêmeas). A proposta original previa 18 meses de idade e fêmeas com pelo menos 190 quilos.

O projeto foi aprovado por unanimidade na Comissão de Agricultura. Em seu relatório, Gabriel Ribeiro destacou que o incentivo fiscal irá proporcionar melhoria na produtividade e o aprimoramento genético dos animais.

A mudança na legislação está baseada no desenvolvimento do gado a partir de novas tecnologias incorporadas ao sistema produtivo da pecuária de corte, tanto na alimentação, manejo sanitário, quanto em aprimoramento genético, aumentando a produtividade.

Projeto da Reforma Política é sancionado

A presidenta Dilma Rousseff sancionou, nessa terça-feira (29), o projeto de lei de reforma política aprovado pelo Congresso há 20 dias.

A presidenta vetou o financiamento empresarial de campanhas eleitorais e o voto impresso em urnas eletrônicas. O texto foi publicado em edição extra do Diário Oficial na tarde dessa terça.

O veto à doação de empresas tem consonância com decisão tomada, em 17 de setembro, pelo Supremo Tribunal Federal (STF), que, por maioria de 8 votos a 3, declarou inconstitucional o financiamento empresarial.

Em relação ao voto impresso, a presidenta informou que foram consultados os Ministérios da Justiça e do Planejamento e afirmou que “o Tribunal Superior Eleitoral manifestou-se contrariamente à sanção dos dispositivos, apontando para os altos custos para sua implementação”. Ou seja, a dúvida do voto eletrônico vai permanecer a cada eleição.

Municípios contemplados pelo Fundam

Prefeitos de cinco municípios da região da Amures participaram nesta quarta-feira, de solenidade Centro Integrado de Cultura (CIC), em Florianópolis com o governador Raimundo Colombo para assinatura de convênios do Fundo de Apoio aos Municípios (Fundam).

Ao todo foram liberados R$ 5.381.724,26 para obras de pavimentação e construção de ginásio de esportes.

Fundam para a SerraFoto: Julio Cavalheiro / Secom

A solenidade reuniu ao todo, prefeitos de 57 municípios catarinenses que ainda não haviam acessado os recursos do Fundam para ações de investimentos em áreas estratégicas.

Com as novas assinaturas se atingiu a marca de 442 convênios firmados com 291 prefeituras, o que corresponde a mais de 98% do total de municípios catarinenses.

Da região da Amures foram contemplados nesta etapa os municípios de Bom Jardim, Otacílio Costa, São José do Cerrito, Painel e Urubici.

Além de obras de infraestrutura alguns municípios operam pela aquisição de equipamentos, máquinas e veículos com os recursos do Fundam.

Reconhecimento e homenagem HTR

Com um moderno setor de radioterapia em funcionamento há dois anos após receber investimentos de R$ 6 milhões do Governo de Santa Catarina, e que todos os dias recebe pessoas de 66 municípios das regiões serrana, Meio-Oeste e Alto Vale do Itajaí, um atendimento humanizado que auxilia diretamente no tratamento dos pacientes e uma equipe técnica qualificada, a Unacon do Hospital Tereza Ramos recebeu uma homenagem da Câmara de Vereadores de Lages.

diploma

O evento proposto pelo vereador Pastor Mendes ocorreu na noite da última terça-feira, 29 de setembro, e contou com a presença de profissionais de saúde, autoridades e convidados.

(Foto: Elisandra Pandini)

Centro Lages apresenta “Compras e Moda”

desfileAcontecimentos devem movimentar o Calçadão da Praça João Costa neste sábado (3), tudo por conta da apresentação da proposta “Compra e Moda”, com desfiles e apresentações musicais.

A iniciativa do Sebrae que também aposta no projeto de revitalização dos espaços comerciais do centro da cidade, a partir do programa “Compre do Pequeno Negócio”.

Tudo acontece a partir das 9 horas, em um ambiente especialmente preparado para a recepção dos visitantes e das demais 17 lojas participantes.

O evento também conta com a parceria da Câmara de Dirigentes Lojistas de Lages (CDL), além da Fundação Cultural.

Até mesmo uma passarela coberta será montada na praça para o desfile de roupas, calçados e assessórios masculinos, femininos e infantis.

O intuito é tornar a ida ao Centro ainda mais atrativa e agradável com dicas de moda e a chance de ouvir uma boa música num espaço bonito. As atividades na praça se estendem até às 15h.

NOTA OFICIAL sobre a Ponte Hercílio Luz

O Governo do Estado de Santa Catarina, bem como, outros governadores que antecederam Raimundo Colombo estão sendo criticados pelo investimento em torno de R$ 500 milhões na revitalização da Ponte Hercílio Luz. Diante do que está sendo dito, o Governo lançou uma Nota Oficial a respeito da questão. O Blog posta na íntegra:

ponte1

A respeito das obras de manutenção e conservação da Ponte Hercílio Luz, em Florianópolis, o Governo do Estado de Santa Catarina informa:

1 – O Governo do Estado contesta as informações divulgadas pelo procurador do Ministério Público de Contas do Tribunal de Contas do Estado, Diogo Ringenberg, e classifica de irresponsável e mentirosa a informação de que foram gastos R$ 562,5 milhões nas obras para a restauração da Ponte Hercílio Luz, nos últimos 30 anos. O cálculo divulgado pelo procurador considera, inclusive, os recursos aprovados pela Lei Rouanet, no total de R$ 64 milhões, sendo que até hoje só foram arrecadados R$ 4 milhões, que ainda não foram utilizados na obra e estão disponíveis em conta bancária. Também considera os destinados pelo BNDES, no valor de R$ 150 milhões. Desse total, foram investidos na ponte cerca de R$ 30 milhões.

2 – No atual Governo, de 2011 a 2015, foram investidos R$ 49.283.798,91 na conservação, na manutenção e na recuperação da Ponte Hercílio Luz. De 1980 até 2010, de acordo com valores atualizados pelo Tribunal de Justiça de Santa Catarina e Corregedoria Geral de Justiça, foram investidos R$ 141.460.297,04 milhões.

3 – A Ponte Hercílio Luz está fechada ao tráfego de veículos pesados desde 1982. Neste período, o Estado manteve, até 1991, contratos que garantiram a manutenção e conservação da ponte para a passagem de motociclistas, ciclistas e pedestres.

4 – De 1992 até 2005, mesmo com a ponte fechada completamente ao tráfego, o Estado manteve contratos de sua manutenção e conservação.

5 – Em 1997, a Ponte Hercílio Luz foi tombada como Patrimônio Histórico, Artístico e Arquitetônico do Brasil, pelo Ministério da Cultura. No mesmo ano, ocorreu também o tombamento pelo Estado.

6 – A partir de 2005, começou o processo de recuperação estrutural da Ponte Hercílio Luz, obras como a troca de peças nos dois viadutos das extremidades, a remoção e a substituição das peças enferrujadas e a restauração das passarelas de acesso. Em 2009, iniciou a recuperação da estrutura para suporte do vão pênsil.

7- Face à morosidade na execução das obras pelo consórcio Florianópolis-Monumento, em agosto de 2014, o Governo do Estado decidiu pela paralisação das obras e pela rescisão do contrato em 2015.

8 – Em abril de 2015, tendo em vista a situação emergencial para a conclusão da etapa da “ponte segura”, o Estado contratou a empresa Empa, do grupo português Teixeira Duarte, que garantirá a segurança da estrutura da Hercílio Luz. Esta etapa é fundamental para a estabilidade da ponte e permitirá a substituição das barras de olhal e das peças definitivas.

9 – O Governo do Estado está recebendo propostas para a futura contratação visando a completa restauração da Ponte Hercílio Luz. Quando concluída, a ponte será reincorporada ao sistema viário de Florianópolis, melhorando a mobilidade urbana.

Florianópolis, 30 de setembro de 2015

Página 1 de 30