Mês: junho 2014 (Página 1 de 30)

Política em retalhos, se redesenha em SC

Confesso que até a última sexta-feira (27), eu não poderia sequer imaginar que o rumo das convenções poderia tomar caminhos tão diferentes.

O resultado da assembleia do PMDB, no sábado, 28, ditou os caminhos das demais, realizadas no início da noite desta segunda-feira (30).

A mais esperada, era, sem dúvida, era a do PP, e qual o caminho que o Partido Progressista tomaria.

Pois, a reação foi a de negar Raimundo Colombo, sem, no entanto, culpa-lo pelas decisões dos aliados do PMDB.

Diante do novo quadro, não teve alternativa a não ser se projetar para o lado dos tucanos, e discutir como fica a composição da aliança com o PSDB, se como vice ou cabeça de chapa. Até isso pode ocorrer.

Por fora, corre Joares Ponticelli que sonha sem ser candidato ao senado, mas esbarra no outro parceiro do PSDB, o PSB, que ajustou o nome de Paulo Bornhausen par a vaga do senado.

Sabe-se, no entanto, que há divisão entre os eleitores pepistas. Muitos vão continuar ao lado de Raimundo.

De outro lado, o Partido dos Trabalhadores (PT), homologou a candidatura do ex-deputado Cláudio Vignatti, que por sua vez, deixou as vagas de vice e do senado em aberto, sonhando em ter ainda o PP, junto, em seu projeto. Se não conseguir, Vignatti prometeu lutar com chapa pura.

O PSD ressentido com todos os acontecimentos que nortearam todas as convenções, principalmente, as dessa segunda-feira, homologou a candidatura de Raimundo Colombo ao governo e de Eduardo Pinho Moreira, como vice.

O PSD também perdeu o apoio que estava declarado, do PPS, de Carmen Zanotto. O Partido se viu obrigado a seguir a orientação da executiva nacional e ficou com Paulo Bauer, do PSDB.

O ruim dessas perdas, se refletem negativamente para a Serra Catarinense, onde os parceiros de fé, de Raimundo, como a própria Carmen (PPS), e Renatinho (PP), se viram atropelados por um processo inesperado.

A não ser que individualizem seus apoios a Raimundo, em nome da Serra. Desde que declarados abertamente.

Para Raimundo, ficou a certeza de que as coisas não fecharam como queria. Terá agora que juntar o que tem, e trabalhar, mostrando para o eleitor, que realmente a política tão somente, não constrói pontes, estradas, escolas ou hospitais.

O rumo das convenções do PP foi definido. O certo é que não será mais ao seu lado.

Por fim, agora é esperar pelos últimos ajustes dessas alianças, e ver como o quadro se define oficialmente.

PP fecha com PSDB

Convencionais do PP, por aclamação, aprovam aliança com o PSDB, de Paulo Bauer, com a garantia de que terão a indicação do vice.

Sobra nesse caso, Joares Ponticelli, que, juntamente com a executiva, vai tentar dissuadir Paulinho Bornhausen, PSB, a abrir mão da candidatura ao senado, em favor do pepista.

Vignatti convençãoFoto de Vignatti, na convenção, postada no Face dele

Por outro lado, no PT, Cláudio Vignatti teve a candidatura homologada, e ainda sonha com a participação do PP, oferecendo as vagas de vice e ao senado.

Caso contrário, vai de chapa pura.

PPS decide apoiar Bauer

O PPS, de Carmen Zanotto, também em convenção, seguindo orientação nacional, decidiu apoiar a candidatura de Paulo Bauer, do PSDB.

Sendo assim, nada impede de Carmen ser a vice, caso o PP não feche com o PSDB.

O PSB também dará apoio ao tucano, e terá Paulinho Bornhausen como candidato ao senado na coligação.

Convenção do PSD

PSD, como se previa, homologou sem problemas a candidatura à reeleição de Raimundo Colombo e de Eduardo Pinho Moreira (PMDB), como vice.

AberturaPSDPor outro lado, não homologou nenhum nome ao senado, aguardando as definições dos demais partidos em convenção.

O Partido agora deve se organizar para o lançamento oficial da candidatura de Raimundo, dia 16 de julho.

PP próximo de definir novo rumo

Ainda não se sabe qual será o resultado de tanta conversação política e divergências partidárias, em meio às convenções.

Paulo e JoaresPela manhã, tais desacertos, levaram o PP a dialogar com o PSDB, conforme registro de Ponticelli cumprimentando Paulo Bauer.

Joares e VignattiEm outra ocasião, Ponticelli aparece ao lado da cúpula do PT, liderada por Vignatti.

(Fotos Júlio Cancellier)

Divergências no caminho das decisões

Como a política diverge em seus caminhos. Notem, que o PMDB catarinense comemora a unidade partidária após as definições na convenção de sábado (28).

Por outro lado, enquanto se vangloria disso, especialmente, ao lançar candidato próprio ao senado, no caso Dário Berger, pode estar pondo em risco o projeto de governabilidade.

A não ser que subestime por completo a competência dos adversários, especificamente, o PP.

Vale lembrar que o projeto vitorioso de 2010, era formado pela tríplice aliança, entre o próprio PMDB, PSD e PSDB.

Portanto, por que o PMDB se sente no direito de ter o vice e o candidato ao senado?

Não pode então ser alguém do PSD, ou de qualquer outro aliado, já que o do PP não serve?

Enfim, já disse aqui. Nossos maiores líderes políticos se acham muito inteligentes, e que somente as decisões deles são as que contam.

Eu, pelo menos, tenho a liberdade de expressar o quanto os vejo fracos e incapazes, em alguns momentos, como o de agora.

Lages não vai decretar estado de emergência

O prefeito Elizeu Mattos achou melhor não decretar situação de emergência mesmo com os transtornos das chuvas em Lages.

Não será necessário decretar situação de emergência em Lages (2)Ele chegou à essa conclusão, após ouvir, durante reunião, os secretários que trabalharam e seguem trabalhando nestes dias intensos de chuva.

Lages registrou alagamentos e desabrigou centenas de pessoas, sem contar os transtornos na infraestrutura viária.

Por outro lado, a administração municipal fará um esforço conjunto para captar recursos e mobilizar equipes para amenizar os estragos.

Cheias desabrigam famílias em Lages  (8)A resposta dada pelas equipes no atendimento geral reforçou a ideia de não decretar estado de emergência.

Além disso, pesou na avaliação, o fato de outras cidades estarem em situação pior do que Lages. Assim, a recuperação se dará por meios próprios.

.

Medida emergencial

Uma ação emergencial envolvendo várias secretarias, mais diretamente a de Meio Ambiente, na limpeza de ruas, manutenção de iluminação pública e sinalizações; de Infraestrutura, na recuperação de ruas e avenidas.

Já a Agricultura e Pesca, começa a recuperação das estradas do interior, pois, muitas localidades estão seriamente afetadas.

.

Auxílio aos atingidos

O município vai auxiliar também na limpeza das casas alagadas e desocupadas com a desinfecção para não colocar em risco a saúde dos moradores.

Nesses dias difíceis, as Secretarias de Assistência Social e de Saúde prestaram auxílio com disponibilização de alimentação e atendimentos médicos.

.

Dimensão do problema

De acordo com relatório da Defesa Civil, ao todo foram cerca de 250 famílias desalojadas, o que pode representar aproximadamente 800 pessoas.

.

Bairros atingidos

Cheias desabrigam famílias em Lages  (9)Foram atingidos 12 bairros. Todos com pontos de alagamentos, em especial na região do Várzea, Habitação, Universitário, Caça e Tiro, Caravágio, Ferrovia, Vila Nova, Dom Daniel, Popular, São Vicente, São Sebastião e Cruz de Malta.

Houve deslizamentos nos bairros Bom Jesus, Ipiranga, Morro do Posto e Morro Grande. Neste último, 40 famílias precisaram deixar suas casas imediatamente devido aos riscos de desmoronamento de pedras.

SC tem 41 cidades prejudicadas pelas chuvas

Balneário Rincão e Ibicaré também informaram ocorrências à Defesa Civil devido às chuvas da última semana no Estado.

Rio do Sul chuva

Com isso, o número de cidades afetadas sobe para 41, com 18 em situação de emergência.

Os dados foram divulgados às 12h desta segunda-feira, 30.

Apesar da melhora no tempo, a Defesa Civil mantém alerta para risco de deslizamentos, principalmente nas regiões Oeste e Meio-Oeste.

.

Desabrigados

Foram contabilizados até o momento cerca de quatro mil desabrigados e mais de 41 mil desalojados em Santa Catarina.

Os números ainda estão em atualização, já que muitos municípios ainda estão na fase de atendimento às vítimas das cheias.

As regiões Oeste, Meio-Oeste e Extremo-Oeste foram as que mais sentiram os efeitos das chuvas nos últimos dias.

(Foto: Jeferson Marzani/Rio do Sul)

Inter de Lages com novidades

O Internacional de Lages que se prepara para o Catarinense da Série B anuncia para a próxima quinta-feira (3), a apresentação oficial do elenco para a disputa do Estadual.

Entre as novidades, o lançamento do Plano Sócio Torcedor Colorado 2014, e a última contratação, a do atacante Brasão que defendeu o Atlético de Ibirama, no Estadual, deste ano.

Brasão3O atacante foi campeão da Divisão de Acesso pelo Inter em 2013.

.

Sobre o Plano

O plano Sócio-Torcedor Colorado 2014 foi elaborado como forma de facilitar – e baratear – o acesso dos torcedores aos jogos do Inter nesta temporada.

Sócio-Torcedor Colorado 2014O clube vai vender os ingressos para todos os seus nove jogos em casa de maneira antecipada.

Será possível parcelar a compra dos ingressos em até seis vezes, com cheque pré-datado ou cartão de crédito.

.

Carteirinha

Quem comprar todos os nove jogos de maneira antecipada receberá uma carteirinha de membro do plano.

Essa carteirinha dará direito a descontos de até 50% na compra dos ingressos para os jogos do Inter na fase decisiva do campeonato – caso o clube se classifique.

O evento da quinta-feira será destinado à imprensa. Na sexta-feira começam as vendas dos planos. A venda será feita na loja que o clube vai abrir no piso térreo do Serra Shopping.

Página 1 de 30