Categoria: Meio Ambiente (Página 1 de 12)

Limpeza e revitalização no Terminal Urbano

Um dos locais com maior fluxo de pessoas na cidade, o Terminal Urbano conta com uma média de aproximadamente 20 mil usuários, que circulam diariamente pela plataforma.

E para melhor atender a população, a Secretaria de Serviços Públicos e Meio Ambiente iniciou uma operação de limpeza e revitalização completa, tanto da parte interna como externa, nesta semana.

Os trabalhos iniciaram há quatro dias, sendo que a expectativa é de que sejam concluídos dentro de mais dez dias.

Todo o serviço é realizado após as 23h e se estende madrugada adentro, quando encerra a movimentação dos coletivos, indo e vindo com passageiros.

Na parte externa, será realizado um trabalho de paisagismo na Praça Vidal Ramos Sênior, anexa ao Terminal Urbano, incluindo roçadas, podas, limpeza, arborização e plantação de flores da estação.

(Fotos: divulgação)

Pedalada Ecológica é transferida

Estava prevista para acontecer neste sábado, a pedalada ecológica, em Lages. Mas, as condições do tempo com previsão de muita chuva não foi possível.

O evento então foi transferido para o próximo sábado (3), com a mesma programação, com saída às 14h30min, da Praça Joca Neves, com destino ao Parque Natural Municipal, às margens da BR-282.

O objetivo da programação do Mês do Meio Ambiente é promover a conscientização sobre a preservação, tendo como tema este ano “Mata Atlântica: conhecer para conservar”.

Durante todo o mês de junho haverá diversas atividades envolvendo a comunidade, estudantes, professores e pesquisadores.

(Foto: divulgação)

Lages lança projeto de arborização urbana

Dia desses quando derrubaram dois pinheiros num determinado lugar em Lages, no bairro Universitário, foram muitas as críticas. Havia, na ocasião, razão para tanto, e a devida autorização. As árvores também tem limite de vida.

Por outro lado, já havia o projeto do plantio de 200 novas araucárias em troca daquelas duas. No Horto Municipal, pinhões plantados logo se transformarão em mudas.

Mas, a boa notícia para os amantes do meio ambiente, é o fato de que, a Secretaria de Serviços Públicos e Meio Ambiente  já protocolou junto ao Ministério Público projeto de arborização urbana, o qual prevê o recebimento de mudas de árvores nativas advindas de medidas compensatórias que recaem sobre aqueles que degradam o meio ambiente.

A proposta é povoar a cidade com mais de 20 mil mudas de árvores durante os quatro anos da administração de Antonio Ceron.

Por hora, para quem não sabe, cerca de 400 mudas de ipê, aroeira salsa, araçá, dentre outras espécies nativas, já estão plantadas às margens de ruas, avenidas, praças e logradouros públicos. Méritos!

Fotos: Carlos Becker

Em defesa da integridade animal e humana

Um trabalho feito com discrição, mas de grande importância no atendimento e tratamento de animais, é feito em Lages pela Gerência de Proteção Animal.

Os profissionais são devidamente capacitados e atendem a diversos chamados da comunidade, realizando operações diárias e cautelosas em favor da convivência com segurança garantida entre os seres humanos e os animais.

Recentemente, um desses casos serve de exemplo, quando um cavalo estava deitado em um terreno e que precisava de cuidados. Mas não estava doente devido aos maus tratos.

Resgatado, o animal foi levado até o hospital veterinário do Centro de Ciências Agroveterinárias (CAV), numa parceria com o Projeto Amigo do Carroceiro, onde recebeu cuidados, pois estava deitado e não conseguia se levantar.

O diagnóstico era de que o animal estava com laminite crônica (patologia que atinge o sistema locomotor de equinos) sem cura. Infelizmente o animal seguirá para eutanásia.

Em outro caso, uma égua foi encaminhada para o hospital do CAV, onde esteve internada para recuperação. Após, seguiu para adoção. A ocorrência teve suporte da Polícia Militar (PM).

O animal foi tratado, teve alta hospitalar e foi adotado. O antigo dono será notificado e multado por maus tratos.

Vistorias

As vistorias são feitas in loco diariamente de acordo com o fluxo de solicitações. Em torno de 30 notificações são expedidas mensalmente devido à sazonalidade e relatividade das ocorrências.

Sobre os cães, a gerente explica que cabe ao setor de Proteção somente as situações extremas que envolvem cachorros que tenham proprietários, pois, é imprescindível haver o registro do nome e endereço, levada em conta a eventualidade e necessidade de notificação e aplicação nominais de multa ao infrator.

Alguns cães foram recolhidos do Terminal Urbano pela Gerência e estão em tratamento de sarna no Centro de Zoonoses. No dia 10 de maio a Gerência realizou vistorias e apreendeu um animal em condições de maus tratos no bairro Ferrovia.

Assim segue a rotina desta gerência, na busca e salvamento de animais. Denuncie os maus tratos!

(Fotos: divulgação)

Água do Tanque é boa

Houve quem questionasse a qualidade da água do Tanque, no Parque Jonas Ramos, no Centro de Lages. Assim, para tirar qualquer teima, o secretário de Serviços Públicos e Meio Ambiente, Euclides Mecabô solicitou uma análise de laboratório, junto ao Consórcio Águas do Planalto.

A constatação é de que as características dela são muito boas. No entanto, a observação é que, devido ao alto fluxo de pessoas; da grande circulação de animais no ambiente e ao ar livre, a poluição no local é inevitável, e por isso sugere a limpeza periódica do local.

Foto: Iran Rosa de Moraes

Plano de Preservação da Mata Atlântica

Dentro de pouco tempo Lages terá à disposição um documento contendo o Plano Municipal de Preservação da Mata Atlântica, fazendo com que Lages seja o primeiro grande município a ter aprovado e praticado um projeto desse nível.Uma vez aprovado, Lages poderá também buscar recursos para novos projetos, por exemplo, junto ao Fundo Nacional da Mata Atlântica.

O prefeito Antonio Ceron, ao tomar conhecimento sobre a execução do Plano solicitou sua continuidade e espera a conclusão para que possa ser colocado em prática.A exposição na terça-feira (9) foi feita pela conselheira da Associação de Preservação do Meio Ambiente e da Vida (Apremavi), Mirian Procknow, e pela bióloga da Secretaria de Serviços Sociais e Meio Ambiente, Michelle Pelozato.

O Plano reúne e normatiza os elementos necessários à proteção, conservação, recuperação e uso sustentável da Mata Atlântica.

Passo para concretizar o turismo ecológico

Excelente a iniciativa a ser tomada nesta quinta-feira, 4, quando será assinado o termo de cooperação técnica entre a Secretaria de Estado de Turismo, Cultura e Esporte (SOL) e Fundação do Meio Ambiente (Fatma) para a realização de estudos para visitação turística em sete parques estaduais existentes em Santa Catarina.

A Fatma e a SOL indicarão representantes para compor um grupo de trabalho que terá como tarefa elaborar um plano de ações para o fomento do turismo nas unidades de conservação. A proposta é que os técnicos façam um mapeamento das potencialidades e atrativos, bem como da estrutura necessária para a visitação.

A parceria terá vigência de dois anos e será assinada pelo presidente da Fatma, Alexandre Waltrick Rates e pelo secretário da SOL, Leonel Pavan.

Bem que o Parque Natural Municipal João José Teodoro da Costa Neto , o Parque Ecológico, de Lages, poderia estar incluído no processo. Talvez ainda dê tempo.

Atualmente a Fatma é responsável por dez Unidades de Conservação. Dessas, sete podem receber visitantes e, atualmente, quatro estão já abertas ao público.

Cortes de pinheiros araucária

Assim como muitas outras pessoas, os vereadores Bruno Hartmann (PSDB) e com a coautoria dos vereadores Jair Júnior (PSD), José Amarildo Farias (PT), Lucas Neves (PP) e Osni Freitas (PDT), reagiram ao corte de araucárias em Lages.

Todos tiveram pedido de informações para saberem a razão dos cortes de árvores de pinheiros araucária realizados recentemente em Lages.

A matéria questiona se os cortes das araucárias feitos nas últimas semanas foram realizados pelo Poder Executivo. Caso positivo, pede explicação sobre os motivos técnicos que motivaram os atos e se foram precedidos das devidas autorizações.

No caso de resposta negativa, também se pergunta se estes tiveram autorização e a razão para tal. Outra indagação é se os cortes foram efetuados em locais públicos e qual a destinação das madeiras cortadas.

Por fim, o pedido requer uma explicação sobre os procedimentos técnicos e legais autorizadores do corte de araucária e em quais circunstâncias se tornam necessário.

Primeira geada forte

Resta saber se o sábado (29), também irá amanhecer bastante frio, assim como foi no amanhecer desta sexta.São Joaquim na Serra Catarinense ficou assim, com – 5,2°C. Foi a maior geada também registrada no mês de Abril em São Joaquim de acordo com o Climaterra.

(Foto: São Joaquim Online)

Página 1 de 12