Categoria: Educação (Página 1 de 23)

Edital para a Colônia de Férias 2018

A Secretaria Municipal da Educação lançou o edital da Colônia de Férias 2018, e as pré-inscrições já estão abertas e se estendem até esta sexta-feira (17 de novembro).

Os pais ou responsáveis que, comprovadamente, trabalham no mês de janeiro de 2018, e que têm interesse no programa, devem preencher o formulário de inscrição disponíveis na escola onde a criança está matriculada.

A Colônia de Férias é destinada ao atendimento de alunos do sistema municipal da Educação Infantil, na faixa etária de zero a cinco anos de idade.

Os polos da Colônia de Férias estarão sediados em quatro Unidades Escolares do município, com atendimento durante todo o mês de janeiro de 2018. Confira os locais:

Centro de Educação Infantil Filhos dos Funcionários, no Centro;

Centro de Educação Infantil Irmã Dulce, Caic do bairro Guarujá;

Centro de Educação Infantil Nossa Senhora dos Prazeres, Caic do bairro Santa Catarina;

Escola Municipal de Ensino Fundamental Santa Paulina, no interior.

Importante

Os pais interessados devem retirar os formulários na própria escola onde a criança estuda. O preenchimento e protocolo de entrega são feitos na mesma unidade. Neste ato será indicado qual polo é de interesse para o aluno frequentar no programa.

Ao preencher e assinar os formulários e Termo de Compromisso, os pais e seus respectivos empregadores se comprometem com a veracidade das declarações, sob pena de sofrerem as responsabilidades civil, penal e administrativamente, cabíveis.

Foto: Divulgação

Prêmio aos vencedores da Olimpíada de Português

Neste ano de 2017, a Secretaria de Educação de Lages promoveu em 16 escolas do município a 1ª Olimpíada Lageana de Língua Portuguesa.

Trata-se de um concurso de produção de textos para alunos do 6º ao 9º ano do ensino fundamental e que teve como tema – Cenário da Serra Catarinense: o que o lugar onde moro tem a dizer. O certame foi subdividido em quatro categorias: poema, memórias literárias, crônicas e artigos de opinião.

Como forma de parabenizar a realização do concurso, a presidente do Legislativo Lageano, vereadora Aida Hoffer (PSD), apresentou a moção 311/2017, de aplausos à iniciativa.

O documento foi encaminhado à Secretaria Municipal de Educação e às unidades escolares premiadas. Já nesta terça-feira (14), acontece a entrega do diploma de mérito aos vencedores, logo após o término da sessão deliberativa, com início às 18 horas.

Baseado na Olimpíada Nacional de Língua Portuguesa, a competição percorreu todo o ano letivo, no qual alunos, professores e escolas trabalharam a prática da leitura e da escrita. Seguindo os moldes do concurso nacional, o concurso em Lages acontecerá a cada dois anos, sendo preparatório para a Olimpíada do país.

Comunicado relevante!

A Prefeitura de Lages informa a todos os candidatos inscritos para o concurso do Município, cujas provas estão marcadas para domingo, dia 12, a seguinte alteração:

Provas da Educação – que seriam realizadas na Uniasselvi foram adiadas, e serão realizadas no dia 19 Novembro, no mesmo local.

As provas marcadas para o CAV e para o Centro Educacional estão mantidas para os mesmos locais e horários.

Lages, 10 novembro 2017

Antônio Cesar Alves de Arruda

Secretário Administração e Finanças

Curso Superior: faço minha sugestão!

Olá você que está ainda indeciso sobre qual o Curso que deverá optar na inscrição do Vestibular de Verão.

Sugiro que olhe com atenção, todas as 27 opções disponíveis no Portal da Universidade do Planalto Catarinense (Uniplac), ou na página das inscrições. Tenho certeza que uma delas estará alinhada com o seu objetivo profissional.

Posso falar da Universidade e da estrutura nela existente, incluindo de pessoal do corpo docente, pois estou nela estudando pela terceira. Formei-me, em Letras, Pós graduei-me em  Produção e Revisão de Textos, e agora, terminando o Curso de Jornalismo.

E digo mais. Quero aqui fazer uma indução a quem pensa em fazer Jornalismo. Pois, faço parte dele.

Afinal, as opções nesta área envolve o sonho que pensa em um dia trabalhar, no rádio, na TV, num jornal, numa revista, ou ainda ser independente com assessoria de imprensa, ou ainda criar um dos inúmeros projetos com utilização na Web.

O jornalismo está ampliado, mais criativo, e com oportunidades no exercício de uma profissão magnífica. Caso decida por ele, estarei lá, lhe esperando, a partir de janeiro.

As inscrições do Vestibular de Verão da Uniplac encerram no dia 12 de novembro. Venha fazer parte desta Instituição. Tenho certeza de que você fará a escolha certa, e não vai se arrepender.

Professor Cadu é indicado à premiação nacional

A iniciativa foi da deputada federal Carmen Zanotto que entregou na tarde desta sexta-feira (03), o Diploma de Mérito pela indicação do Prêmio Darcy Ribeiro de Educação 2017, ao professor Carlos Eduardo Canani (Cadu), da rede municipal de ensino de Lages. A premiação é realizada pela Comissão de Educação da Câmara Federal.

O professor natural de Anita Garibaldi, foi um dos 10 finalistas do prêmio nacional e um dos mais importantes da América Latina, Educador Nota 10, que avalia projetos bem ­sucedidos na área pública educacional. O professor desenvolveu o projeto chamado “Por um fio de memória”.

Foto: Zé Rabelo

 

 

Premiação da Olimpíada da Língua Portuguesa

A  obra Cenários da Serra Catarinense, do escritor lageano Maurício Garcia, inspirou a temática da 1ª edição da Olimpíada Lageana de Língua Portuguesa, promovida pela Secretaria Municipal da Educação de Lages (SMEL).

No Teatro Marajoara, na tarde desta segunda-feira (30), foi conferir a entrega da premiação aos alunos, professores e escolas vencedoras, em quatro categorias: poema, memórias literárias, crônica e artigos de opinião.

O bonito neste processo que durou cerca de seis meses, foi o envolvimento de aproximadamente 2 mil alunos do 6º ao 9º anos, de mais de 20 escolas.  Um trabalho que até chegar à final, passou por pelo menos três ciclos, em forma de oficinas de elaboração de textos e avaliação.

Vale lembrar, que a iniciativa, embora motivacional, se deveu a uma grande preocupação, ou seja, devido aos fracos índices de desenvolvimento, especificamente nas disciplinas de Português e de Matemática. Porém, a Olimpíada, ajudou na possibilidade de reversão,  a partir do enorme engajamento das escolas, professores, e claro, dos alunos.

Ao conversar com a secretária Municipal de Educação, Valdirene Vieira, na foto ao lado do professor Carlos Eduardo Canani, o Cadu, senti nela a emoção de mostrar o quanto é possível fazer pelo ensino, fora da sala de aula, e longe do quadro negro.

Antes da premiação, os meninos da Fábrica de Gaiteiros se apresentaram

Segundo ela, o exercício que a Olimpíada de Língua Portuguesa propiciou foi altamente positivo. Os alunos nem perceberam o quanto aprenderam na arte de escrever textos, sem falar na afeição pela leitura.

Deputado estadual Gabriel Ribeiro (PSD, esteve prestigiando a premiação da Olimpíada

E mais, a Secretaria de Educação está realizando vários projetos nos bastidores. A Olimpíada é só um exemplo, e que nasceu numa mesa redonda, com muita discussão, até se chegar ao trabalho da execução e ao final.

A dinâmica com os alunos acontece dentro e fora da escola, inclusive com professores parceiros, voluntários que apoiam os projetos, desde a doação de brindes como forma de recompensar as crianças, valorizando todos os envolvidos, tanto alunos como os professores.

Por fim, a secretária Valdirene destacou a obra de Maurício Garcia, e, em cima dela, ou seja, a fonte de inspiração com o livro Cenários da Serra. Assim, os textos premiados dos alunos foram também de uma enorme inspiração e de muita qualidade.

A Olimpíada foi um belo processo inserido na dinâmica do aprendizado, e os professores abraçaram a causa. “A produção de textos floresceu entre os alunos, a paixão de buscar o aprender a escrever e  os textos literários, incluindo a gramática”, resumiu a Secreária.

Fica o registro, e meus cumprimentos pela iniciativa. E, independente de quem foi premiado, creio que todos foram vencedores nessa iniciativa.

I Concap na Uniplac encerra nesta sexta

O I Congresso Nacional de Ciência, Arte e Tecnologia (Concat) chega nesta sexta-feira (26) ao sexto e último dia.

Com uma programação variada e abrangente, os acadêmicos de todas as áreas tiveram a oportunidade de comungar diversas experiências com a participação de palestrantes vindos de outras regiões. Aliás, muitas das palestras foram dirigidas especificamente às respectivas disciplinas

Ao longo da semana, os acadêmicos também participaram de mostras científicas, várias atividades nas áreas das humanas, além de exposições no campo tecnológico envolvendo cursos como os de engenharia, arquitetura, e Sistema de Informação.

Não foram de lado as áreas da saúde tais como a Medicina, Fisioterapia, Odontologia, Enfermagem e Biomedicina.

No campo social, os cursos de Administração e Serviços Sociais propuserem, além das palestras, uma ampla explanação da importância de cada campo das profissões, no intuito de que a comunidade seja mais participativa, e que , os futuros acadêmicos possam também visualizar esses dois campos para a formação profissional.

O evento ainda se abriu para a Feira das Profissões e a Feira de Robótica SESI/Fiesc. Nesta sexta-feira (27, no último dia de atividades, centenas de alunos de escolas estaduais e particulares de Lages deverão visitar a Uniplac. Méritos!

Ex-aluno da Uniplac entre os ganhadores do Prêmio Nobel de Física

Os cientistas Rainer Weiss, Barry Barish e Kip Thorne receberam o Prêmio Nobel de Física de 2017 por terem sido pioneiros na observação de ondas gravitacionais, previstas por Einstein há 100 anos, informou no dia 3 deste mês a instituição responsável pela premiação.

A primeira detecção foi realizada em setembro de 2015 pelo grupo de pesquisadores por meio do Observatório de Ondas Gravitacionais por Interferômetro Laser (LIGO).

O estudo comandado pelos três contou com apoio de outros cientistas, inclusive do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE), em São José dos Campos (SP).

Na foto: Marcio Constancio Jr, (aluno Doutorado) Cesar Costa (pós-Doc), Tábata Ferreira (aluna Mestrado), Allan Douglas (aluno Iniciação Científica), Marcos Okada (Técnico), Odylio Aguiar (Pesquisador)

Entre os cientistas do INPE está o lageano César Augusto Costa, 44 anos, graduado em Matemática pela Uniplac no período de 1995 a 1999. Residindo desde 2000 em São José dos Campos/SP.

Lá, ele obteve Mestrado e Doutorado em Astrofísica pelo INPE, ele conta ainda com Pós-Doutorado em Física e Astronomia pela USP e Pós-Doutorado em Astrofísica pela LSU (Lousiana State University, Baton Rouge, EUA). Méritos!

Página 1 de 23