Categoria: Cultura (Página 1 de 31)

Maurício Garcia lança novo livro

O amigo Maurício Garcia, autor das obras “Ascensão do Poder”, e “Esquizo” está prestes a lançar mais um trabalho: o livro “Cenários da Serra Catarinense”.Conforme o autor é uma novidade no contexto fotográfico e didático da Região Serrana. A obra retrata imagens pitorescas de belezas da região para aproximar estudantes do gosto por conhecer a cultura, história e a atual realidade do Planalto Serrano.

Em mais de 130 imagens, 28 delas em formato tridimensional, o autor revela detalhes existentes em paisagens e outros pontos cotidianamente despercebidos.

Sobre a obra

O trabalho foi idealizado e desenvolvido com foco na distribuição gratuita de sua tiragem em escolas públicas. A obra tem patrocínio de empresas, através da lei federal de incentivo à cultura, e convênio com o governo do estado e a secretaria municipal da educação de Lages, para a distribuição de 850 exemplares que serão doados para escolas lageanas, municípios da Serra Catarinense e também do litoral do estado.

Maurício C. Garcia é natural de Lages, designer gráfico, editor e produtor audiovisual.

Lançamento

O lançamento vai acontecer na quarta-feira, 26 de abril, no centro cultural Vidal Ramos – SESC, a partir das 19h30min. Em seguida, a versão online do livro será disponibilizada pelo site www.cenariosdaserracatarinense.com.br.

Fotos: Maurício Garcia

Show com Leoni para quem for ao Shopping domingo

Para que curte música de qualidade, e ainda cercada de romantismo, não pode perder o show gratuito de Leoni em homenagem ao Dia dos Namorados no Palco Cultural Garden, no próximo domingo, dia 14, a partir das 18 horas.

leoniO cantor e compositor Leoni, ex-integrante e fundador da banda Kid Abelha, vai apresentar gratuitamente o show #comomudaromundo?

Ele ocupará um dos espaços mais nobres e que evidenciam as atividades artístico-culturais, o Palco Cultural Garden, localizado na Praça de Alimentação.

Apoiado por projeções de imagens e textos, o músico reunirá canções amarradas num roteiro que trata de assuntos como consumismo, individualismo, solidariedade, ditadura da felicidade, dependência digital, preconceito e as diversas formas de amor.

Marzio encaminha gravação do primeiro DVD

No próximo dia 13 (sábado), Marzio Lenzi & Raze Blues estarão gravando seu primeiro DVD.

O show ocorrerá no Teatro do Sesc, em Lages, às 20 horas, e a entrada é gratuita.

lenzi1

Marzio, que é integrante da banda Lenzi Brothers há 19 anos, tem dois discos gravados em seu projeto de Blues (2004 e 2014).

Clássicos do gênero e composições próprias farão parte do repertório.

A banda é formada por Fabiano Melo no contrabaixo e Guilherme Pitt na bateria. Como participação especial a banda contará com o órgão de Eliezer Fagundes, tecladista gaúcho que reside atualmente em Blumenau.

A produção de filmagem ficará a cargo da Coração Delator Produções.

RPM e Titãs: noite de rock na Festa do Pinhão

O nome da banda é Revoluções Por Minuto, mas consagrou-se com a sigla RPM.

Entre seus sucessos, Rádio pirata, Alvorada voraz, Olhar 43, Juvenília, Fatal, Rainha, Louras geladas e a instrumental Naja marcaram toda uma geração roqueira.

RPM1

A banda surgiu em 1983 e seu auge foi entre 1984 e 1987.

Houve separações, mas agora retornam em turnês especiais e o palco da 27ª Festa Nacional do Pinhão é seu palco na noite desta sexta-feira (5).

Outro grande show da noite é com os Titãs. Ativa no cenário do rock brasileiro há 32 anos, a banda se mantém nas paradas de sucesso desde 1982.

Titãs1

Os intérpretes de Sonífera ilha, Polícia, Comida, Cabeça dinossauro, Epitáfio, Televisão, Bichos escrotos e dezenas de outros hits atrairão fãs dos novos e velhos tempos da banda ao parque de exposições Conta Dinheiro.

Festa do Pinhão: o que a quarta-feira reserva

Na véspera do feriado, a presença de grandes nomes no Palco Nacional da Festa do Pinhão.

Pois é. Foi o que a Gaby Produções preparou, ou seja, uma noite bem especial para o visitante com quatro grandes atrações.

michelMichel Teló é uma das grandes atrações nacionais desta quarta (3)

Léo Rodriguez, Victor e Leo, Thaeme e Thiago e Michel Teló sobem ao palco nacional neste dia 3.
A programação promete lotar o Conta Dinheiro. Os ingressos para o camarote esgotaram nesta terça-feira (3).

.

Para não perder nada

A expectativa dos organizadores é de receber nesta quarta um grande público.

Por isso, é importe estar atento aos horários para não perder nada da festa. Léo Rodriguez é o primeiro a se apresentar. O show está marcado para às 22h. Victor e Léo sobem ao palco às 23h30min. A dupla Thaeme e Thiago está agendada para 1h. Às 2h30min é a vez de Michel Teló.

.

Recomendações

A dica é fazer festa e não pegar fila. Para isso, é importante comprar o ingresso antecipado e economizar.

Os bilhetes podem ser adquiridos nas lojas Berlanda, Multisson, Honolulu, Moda Ativa e Juliu´s Café.

Na internet, a venda é feita pelo site www.minhaentrada.com.br.

As bilheterias estão abertas a partir das13h30min para venda de ingressos e troca de vouchers.

Intérprete lageano vence a Sapecada Nacional

Tive a honra de acompanhar a apresentação da última noite da 23ª Sapecada Nacional, nesta terça-feira (02), na Festa do Pinhão.

Com músicas de alto nível, interpretadas, inclusive, por grandes nomes do nativismo do Sul do País. Algo que somente quem vê de perto pode ver e sentir a diferença.

A Sapecada, tem sido dito, de que é a Fórmula Um ou a Copa do Mundo do nativismo, tamanha a qualidade e a procura em termos de participação. Este ano, foram mais de mil músicas inscritas.

kiko1

Mas, o grande momento, desta vez, foi vivido por um artista lageano, o Kiko Goulart.
Conhecido e muito premiado pela performance com o violão. Um excelente instrumentista, sem dúvida.

Mas, confesso que a minha surpresa ainda foi maior, quando o vi interpretando duas músicas, e de sua autoria. Outra grande virtude de Kiko.

Kiko2

Portanto, diante do que ele fez à frente do público e do microfone, ao defender a composição “O último Tirão”, dava para sentir que algo bom viria pela frente.

E foi assim, Kiko garantiu o prêmio mais cobiçado da Sapecada Nacional, e tornou-se o primeiro lageano a conquistar o primeiro lugar.

E ele foi ainda mais longe. Conquistou o segundo lugar interpretando a milonga “Algo D’Antes”, com música de sua própria autoria e letra de Rafael Machado, de São Gonzaga (RS).

Também venceu como o melhor intérprete defendendo a mesma música, e melhor arranjo e melhor melodia com o “Último Tirão”.

Kiko3

Realmente merecido. Pelo pouco que entendo, ao vê-lo interpretando, brotou um sentimento de que a música poderia ser reconhecida, e foi, como a melhor de todas. Um grande orgulho! Parabéns Lages! Parabéns Kiko e todos os integrantes do grupo!

.

Vencedores:

1° lugar – “O Último Tirão”

Letra: Rogério Villagran

Música: Kiko Goulart

Ritmo: Chamarrita

.

2° lugar – “Algo D’Antes”

Letra: Rafael Machado

Música: Kiko Goulart

Ritmo: Milonga

.

3° lugar – “Moço Domero, Moça Bonita”

Letra: Rogério Villagran

Música: Cristian Camargo

Ritmo: Chamarrita

.

Música mais popular – “Tropeando Origens” (classificada na Sapecada da Serra Catarinense)

Letra: Renato Gomes e Fabrício Costa

Música: Renato Gomes

Ritmo: Vaneira

.

Melhor intérprete – Kiko Goulart com a música “Algo D’Antes”

Melhor instrumentista – Fabrício Ocanha

.

Melhor letra – Rafael Machado com a música “Algo D’Antes”

.

Melhor arranjo – “O Último Tirão”

.

Melhor melodia – “O Último Tirão”

.

Melhor conjunto vocal – “Mango Carneador”

.

Melhor tema campeiro – “Mango Carneador”

.

Melhor tema sobre a região serrana – “Tropeando Origens” de Curitibanos

Transmissão da Sapecada da Canção Nativa ao vivo

A 23ª Sapecada da Canção Nativa, realizada na noite desta segunda-feira, 1º de junho, em sua primeira etapa, a classificatória, atrai olhares de outros Estados e evidencia Lages como um celeiro de talentos nativistas.

O festival conta com 16 canções que estão sendo interpretadas no palco Nativista e passarão pelo crivo de sete jurados.

Nesta terça-feira (2), 12 canções concorrerão à final, junto às três primeiras colocadas e música eleita como a mais popular da 15ª Sapecada da Serra Catarinense.

sapecada ao vivo

Na bancada do palco estão acomodados sete meios de comunicação radiofônicos que estão transmitindo o festival ao vivo. São eles: Radiosul.net (rádio web, de Porto Alegre), com música gaúcha e folclore latino-americano; Rádio Catarinense (Joaçaba), e rádios Band FM, 101 FM, Clube e Guri (todas de Lages).

Na final, TV e portal nacional e internacional

A esperada final da Sapecada da Canção Nativa contará com a cobertura, além das emissoras de rádio, do Sistema Brasileiro de Televisão (SBT) e do portal de notícias nacional e internacional da Rede Globo de Comunicação, o G1, ambos com transmissão ao vivo.

(Fotos: Sandro Scheuermann)

CD da Sapecada como lembrança

Cerca de 1500 unidades do CD duplo com todas as canções apresentadas no palco Nativista, durante a 23ª Sapecada da Canção Nativa e a 15ª Sapecada da Serra Catarinense, foram disponibilizadas para os interessados na obra.

CD Sapecada

O CD traz as 32 composições apresentadas nos festivais e podem ser adquiridos, pelo valor de R$ 20, ao lado do palco Nativista, onde acontecem as apresentações, no pavilhão do Shopinhão e na loja Viola de Ouro, no Centro.

(Foto: Marcio Avila)

Arthur Boscato o melhor da Sapecada da Serra

Foram 16 os intérpretes que subiram ao Palco Nativista para entoar canções com ritmos como toadas, chamarritas, rasguidos e milongas.

O festival aconteceu na noite deste domingo (31), na 27ª Festa Nacional do Pinhão e nesta segunda-feira (01) inicia a 23ª Sapecada da Canção Nativa.

O troféu de primeiro lugar do festival ficou com o chamamé “Carpideira”.

artur

Além de garantir o primeiro lugar geral na 15ª Sapecada da Serra Catarinense, a composição “Carpideira” foi eleita a canção de melhor arranjo, melhor melodia, melhor letra e melhor intérprete, com o músico e cantor Arthur Boscato.

kiko

A milonga “No Bojo da Minha Guitarra”, com letra e música de Kiko Goulart, ficou com o segundo lugar; a milonga “Por que negar?”, interpretada por Michel Martins, com letra de Michel Martins e Aldo Martinss Neto, ficou com a terceira colocação; e a vaneira “Tropeando Origens”, de Renato Gomes, com letra de Fabricio Costa e Renato Gomes, foi a escolhida como canção mais popular do festival.

jurados2

A milonga “Ilusão”, de autoria de Arthur Boscato, Felipe Silveira e Rafael Vieira e letra de Felipe Silveira, foi eleita na categoria “melhor conjunto vocal”; A chamarra “Balaio de Taquara”, de Reginaldo Faber e Maykel Torres, com letra de Vera Martins, foi escolhida “melhor tema sobre a região serrana”; a milonga “Tapui Taipeiro”, de Renan Netto e letra de Renan Netto e Fernando Costa foi escolhida como “melhor tema campeiro”; e o músico Kiko Goulart levou o troféu de melhor instrumentista com a música “No bojo da minha guitarra”.

Fotos:Sandro Scheuermann e Nilton Wolff

Página 1 de 31