Categoria: Geral (Página 2 de 971)

Presença do Governador em Lages

Com o prestígio do governador Raimundo Colombo, a Celesc lançou em Lages, nesta quinta-feira (17), pela manhã, no Órion Parque, a 2ª etapa do Projeto Banho de Energia.

Logo cedo, na ACIL, participou de Seminário com Jovens Empreendedores Rurais

O projeto, nesta nova fase, viabiliza a instalação de 800 trocadores de calor em fogões à lenha.

Na ocasião, também o anúncio de lançamento de edital de licitação para a contratação de empresa para cadastramento de consumidores na Tarifa Social de Energia Elétrica.

Ainda durante a solenidade, a apresentação dos resultados do Plano de Controle da População de Javalis, e o lançamento do Aplicativo Ambiental SC.

Ao meio dia almoçou com os representantes do Fórum de Entidades.

(Foto: Divulgação)

40 anos de vida artística do amigo Ader Godoy

Além de diretor do Museu Histórico Thiago de Castro, o ator Ader Godoy mantém sua vida nas artes como produtor, ator e incentivador do teatro.

São 40 anos de atividade cultural que serão comemorados com uma exposição fotográfica e audiovisual nesta sexta-feira (18), às 15h30min, no prédio da Fundação Cultural de Lages, com a presença de convidados especiais e admiradores das artes.

Conforme conta, a primeira vez em um palco foi no dia 17 de agosto de 1977, em Curitiba (PR), onde fez sua carreira, que quase chegou ao Guinness Book com o espetáculo “Renasce um Sonho”, visto por quase 100 mil pessoas. A peça ficou em cartaz por dez anos.

Ader é especial. Atua com um carisma impressionante. É dele o personagem do palhaço Tremendão. Isso há 30 anos.

 Segundo Ader, a ideia de comemorar os 40 anos de vida nas artes é um agradecimento aos amigos e incentivadores.

Esse cara eu respeito e tenho orgulho de chamar de amigo. Fica o meu reconhecimento e os sinceros parabéns!

Fotos: Fabrício Furtado

Havan doa Troco Solidário à APAS

A Havan realizou nesta segunda-feira (14), na filial Lages, a entrega do cheque simbólico de 25 mil reais à diretoria da Associação de Pais e Amigos dos Surdos (APAS).

O valor representa a arrecadação da Campanha Troco Solidário Havan no primeiro semestre de 2017, na loja da Havan do município.

O valor será utilizado para a quitação de despesas da APAS e também para o pagamento dos colaboradores.

Exposição da Udesc Lages na Câmara de Vereadores

Trata-se de uma exposição para divulgar as ações de extensão do Centro de Ciências Agroveterinárias (CAV), da Universidade do Estado de Santa Catarina (Udesc) em Lages, e está aberta ao público, no hall de entrada da Câmara Municipal de Vereadores, até sexta-feira, 18.

São 36 banners à mostra, que representam projetos, programas e prestações de serviço.

O intuito é dar visibilidade aos projetos articulados entre o conhecimento produzido na universidade e as demandas da sociedade.

Em 2016, havia 77 ações registradas, desenvolvidas por professores e estudantes dos quatro cursos de graduação da Udesc Lages: Agronomia, Engenharia Ambiental e Sanitária, Engenharia Florestal e Medicina Veterinária.

Este ano, serão 98 ações contempladas com recursos e com apoio de 52 bolsistas remunerados.

A Câmara Municipal de Vereadores permanece aberta de segunda a sexta-feira, das 13 às 19h. A entrada para visitação é gratuita e a previsão é que a mostra continue circulando por outros espaços públicos da cidade.

Foto: Tatiane Rosa

O fim da marca RBS em SC

O telejornalismo catarinense passa a conviver a partir de agora com a nova marca: NSC TV, que substitui definitivamente a da RBS TV.

Nesta quarta-feira (16), foi a vez da mudança do nome se caracterizar no principal telejornal da noite que passou a se chamar NSC Notícias. Antes, RBS Notícias, um nome que dificilmente será esquecido, porém, deixado de lado no território catarinense.

O que o telespectador viu na noite desta quarta, foi a produção inovadora – um novo cenário, uma identidade visual moderna e novidades editoriais compõem o programa comandado por Fabian Londero.

A apresentação diretamente da redação deu mais mobilidade ao apresentador, a abre para entrevistas ao vivo no estúdio. De resto, a manutenção do mesmo padrão jornalístico.

 (crédito: Betina Humeres – Diário Catarinense)

Projeto Reuso: boa iniciativa

O Município de Lages acaba de oficializar o Projeto Reuso. É uma maneira encontrada para o reaproveitamento de diversos materiais retirados de obras, e que muitas vezes, simplesmente são jogados fora.

Assim, materiais como telhas, pias, vasos sanitários, portas, janelas, pisos, e outros tantos que as pessoas retiram de velhas construções ou de reformas, serão encaminhados para famílias carentes e que saberão dar uso ideal com o reuso nas suas casas.

O projeto foi lançado na manhã desta quarta-feira (16), no gabinete do prefeito Antonio Ceron, e contou com a presença de empresários ligados ao Sindicato da Construção Civil. Todos estão engajados.

Um benefício e tanto também para o meio ambiente. Pois, materiais de construção seguidamente são descartados em terrenos baldios.

O resto de obras de construções é também aproveitado para fazer cascalho. E assim, as famílias poderão contar com o material reutilizável. Mais de 10 mil pessoas já estão cadastradas e assim que forem solicitando, as peças vão sendo distribuídas.

Isso tudo já está sendo colocado em prática através da Secretaria de Assistência Social e Habitação, em parceria com a Secretaria de Serviços Públicos, de Desenvolvimento, Planejamento e Obras e ainda a Defesa Civil.

(Fotos: Greik Pacheco)

Obras executadas no feriado

Os trabalhos começaram cedo nesta terça-feira (15), feriado municipal em Lages. Funcionários da Secretaria de Planejamento e Obras vão passar o dia executando serviços de infraestrutura no cruzamento das avenidas Belizário Ramos e Papa João XXIII.

O local está interditado para a passagem de veículos até o final do dia e uma equipe da Coordenação de Segurança e Trânsito auxilia nos trabalhos de orientação.

Neste sentido, para melhorar o fluxo de veículos neste ponto que representa uma importante ligação de alguns bairros com a região central, está sendo realizado o alargamento da pista sobre a ponte.

A calçada de pedestres foi reduzida para a implantação de uma terceira pista, que favorecerá quem trafega sentido bairro – Centro.

Com a mudança, também será feito o recapeamento do asfalto nos quatro sentidos do trecho. Durante a semana, o trabalho será concluído com a pintura e sinalização das vias.

(Fotos: Macelo Pakinha e Ary Barbosa)

Setor do transporte pode entrar em colapso

Aumentam a cada dia as dificuldades de manutenção das empresas de transporte. Vários fatores contribuem negativamente para a elevação dos custos, sem a necessária contra partida.

A situação é crítica e exige providências urgentes para evitar previsível colapso da atividade. É o que afirma o presidente do Sindicato das Empresas de Transporte de Carga e Logística de Chapecó – Sitran, Deneraci Perin.

A região é uma das que mais utiliza o transporte rodoviário em Santa Catarina, em razão do agronegócio.

Em pesquisa realizada neste mês pela NTC&Logística em colaboração com a Agência Nacional de Transportes Terrestres – ANTT, os dados só no primeiro semestre deste ano e relevam a calamitosa e longa fase de dificuldades.

A pesquisa aponta que a queda no faturamento alcançou 70,5% e as receitas diminuíram 10,32%. Nos seis meses o valor do frete caiu em média 2,98% e as empresas diminuíram de tamanho em 91%. Percentual de 54,7% das empresas tem recebido frete com atraso.

Fatores

Alguns fatores que contribuíram para este quadro foram os aumentos de custos, os aumentos concedidos aos salários, reajustes de combustível, as péssimas condições das rodovias, despesas administrativas e manutenção veículos.

A redução do volume de cargas causada pela crise econômica nacional também contribui de forma determinante. O setor enfrenta, ainda, o comprometimento do faturamento com a elevação cada vez mais acentuada de fretes atrasado.

Infelizmente, a deterioração do setor e o sucateamento que não condizem com a importância deste segmento econômico.

Não há como condenar os protestos e as paralisações de caminhoneiros. A classe está sendo castigada.

Em Lages, um amigo que sobrevivia de fretes viajando por todo o Brasil, há 20 anos, vendeu o caminhão. Não suportou a situação.

(Informações: José Carlos Linhares – Fotos: Divulgação)

Página 2 de 971