Categoria: Geral (Página 1 de 826)

Domingo à noite com relativa calma

O domingo está encerrando com relativa calma no atendimento às ocorrências de parte do pessoal da Defesa Civil de Lages. Porém, com a perspectiva de mais chuva, até a quarta-feira (31), há necessidade de que seja mantido o plano de contingência, ou seja, a organização e controle da situação de emergência visando minimizar qualquer fator negativo que possa ocorrer.

O monitoramento do rio Carahá ocorre de hora em hora.

À tarde, o prefeito Antonio Ceron acompanhou de perto algumas vistorias da Defesa Civil, inclusive, no interior.

Fones para qualquer emergência: 98406 4037 – 3222 9661 e 199.

Chuva castiga também SC

A chuva desse fim de semana deixou a população de algumas cidades catarinenses preocupada com o risco de deslizamentos e alagamentos. De sexta-feira, 26, até este domingo, 28, já houve registros de ocorrências em diversas regiões do Estado.

Rio das Antas. Fotos: Defesa Civil SC

A Secretaria de Estado da Defesa Civil, através das coordenadorias Regionais da Defesa Civil, acompanha a situação nos municípios.

Em Lages

No município de Lages não é diferente. A chuva não dá trégua. Em vários bairros houve o registro de alagamentos, queda de muro, de árvores, de fiações elétricas, destelhamento, entre outros problemas.

A Defesa Civil tem feito um trabalho coeso deu atenção a todas as situações. Desde sexta, o registro de precipitação de chuva beira os 80 mm. Porém, está, por hora tudo sob controle.

Mas, o alerta está valendo

O alerta que em princípio vale para até às 17 horas deste domingo (28), se deve à preocupação com os movimentos de massa, ou seja, possíveis deslizamentos em solo encharcado. Nesse caso, a atenção recai a alguns bairros como o Beatriz, Morro Grande e Ipiranga e adjacências.

Além disso, há o perigo de refluxo com a retenção da água do rio Carahá, que poderá ocasionar inundações nas partes baixas da cidade, especialmente da ponte da Av. Dom Pedro em direção ao Caça e Tiro.

Prefeito atento

O prefeito Antonio Ceron, juntamente com o vice, Juliano Polese e o secretário de Serviços Públicos e Meio Ambiente, Euclides Mecabô, se reuniu com os técnicos da Defesa Civil na manhã deste domingo, para tomar pé de toda a situação.

Foi informado que a situação até agora está sob controle, e que, caso seja necessário, já estão prontos três abrigos emergenciais dotados de toda a estrutura, desde cozinhas e suporte de assistentes sociais.

Preocupação

Um dos motivos que gera preocupação é o acúmulo de chuva na região do município de Painel, que influencia em Lages.

O rio Carahá, por exemplo, já está transbordando em alguns pontos, e pode subir muito, como já está ocorrendo no bairro do Novo Milênio.

O problema é que, quando a água do Carahá fica parada e não escorre mais, é sinal de que a situação não vai ficar boa. Pode haver inundação.

Telefones da Defesa Civil: Plantão 98406 4037 – 3222 9661 e 199.

Fotos: Greik Pacheco e Defesa Civil

Abordagem sobre a alta carga tributária

Nesta semana, a ACIL Jovem em parceria com a Confederação Nacional de Jovens Empresários (CONAJE) e do Conselho Estadual de Jovens Empreendedores de Santa Catarina (CEJESC) realizaram, em Lages, uma das ações previstas para a semana do Feirão do Imposto 2017, que neste ano ampliou sua abordagem.

Além de esclarecimentos à população sobre a alta carga tributária paga, os jovens empreendedores estão abordando o impacto da corrupção nos impostos pagos pelo cidadão.

 No último dia 23, na Uniplac, ocorreu uma palestra com o Promotor de Justiça, Jean Pierre Campos, e com o presidente do Observatório Social de Lages, Fabiano Ventura. Na ocasião eles falaram sobre corrupção, os órgãos de controle da administração pública, diferentes tributos, etc.

Caminhada

Era para ter acontecido neste sábado, 27, uma caminhada, seguindo a programação sobre o Feirão do Imposto.  O mau tempo impediu.

(Informações e fotos: Puel Assessoria)

Pontos para a discussão sobre a segurança na BR 116

A Autopista Planalto Sul, empresa do Grupo Arteris promove  evento sobre segurança viária na próxima segunda-feira, dia 29 de maio, às 14h, na sede da Polícia Rodoviária Federal, em Lages.

O diretor superintendente da concessionária, Cesar Sass, e o Chefe da Delegacia da Polícia Rodoviária Federal de Lages, Magno da Cruz Junior falarão sobre a parceria entre a Autopista Planalto Sul e a PRF nas campanhas de conscientização e de segurança viária da empresa.

Tais reuniões são realizadas com frequência ao longo da BR-116/PR-SC, visando criar ações para aumentar a segurança dos usuários e reduzir o número de acidentes e vítimas fatais.

Neste mês, em especial, a concessionária realiza atividades voltadas para o Maio Amarelo, e, algumas delas são voltadas para os caminhoneiros, como o Serra Segura, em que os caminhões passam por uma avaliação dos componentes de segurança, como freios e suspensão, o Saúde na Boleia, campanha que oferece exames de saúde gratuitos aos caminhoneiros.

Associação de Delegados busca apoio a projetos

A diretoria da Associação dos Delegados de Polícia de Santa Catarina tem capitaneado reuniões regionais pelo estado em busca do apoio de lideranças e parlamentares para a aprovação de projetos de interesse da classe.

Nesta sexta-feira (26), o encontro será em Lages, no auditório da Universidade do Planalto Catarinense. A comitiva de delegados será recebida pelo deputado estadual Gabriel Ribeiro, da Comissão de Finanças da Assembleia Legislativa do Estado.

Na semana passada, os delegados da ADEPOL estiveram  na região Sul, com abrangência em Tubarão, Laguna, Criciúma e Araranguá e foram recebidos pelos deputados José Nei Ascari e Ricardo Guidi.

É o que queremos?

O que se viu, especialmente em Brasília nesta última quarta-feira, 24, foi realmente inadmissível. Um protesto nas proporções que chegaram não há significado democrático. O vandalismo prevaleceu ao ponto de o Governo pedir ajuda das Forças Armadas.

Em que pese a situação do presidente Michel Temer, a ordem, de alguma forma, precisava ser mantida, sob a alegação de que a Força Nacional era insuficiente para controlar a ações dos manifestantes, que se transformaram em puro terrorismo.

O manifesto não teve controle e descambou para a desordem. Prédios incendiados, depredações diversas, pondo em risco vidas de muita gente. Então, como aceitar?

Brasília – Vandalismo na Esplanada dos Ministérios durante protestos (Wilson Dias/Agência Brasil)

O que o Brasil está vivendo em tempos de hoje, tem reflexos em todos os estados e municípios. Pois, a esfera federal não trabalha dentro da normalidade, e não se sabe até quando isso tudo irá continuar. Um caos. E pode piorar ainda mais.

Uma boa providência na entrada da Rua Correia Pinto

Pois, a mureta que fazia a divisória na bifurcação das Avenidas Presidente Vargas e Duque de Caxias com a Rua Correia Pinto acaba de ser retirada por estar totalmente deteriorada, em razão dos inúmeros acidentes.

A retirada também segue um novo plano de viabilização da segurança e de embelezamento que está sendo implantado em vários pontos da cidade.

A ideia é criar uma nova divisória que amenize possíveis impactos de veículos, com a utilização de pavers de concreto.

Outra providência será a instalação de uma mini rótula no final da Av. Duque de Caxias para o retorno, sem interferência no acesso à Correia Pinto. O trabalho será executado em períodos de menor pico no trânsito e à noite.

Fotos: Carlos Becker

Revitalização do Centro perto de começar

A boa nova é que o projeto executivo da revitalização do Centro de Lages está quase pronto e logo deverá ser licitado.

Os últimos detalhes foram apresentados na tarde desta quarta-feira (24), ao prefeito AntonioCeron, através do diretor geral da empresa IDP, de Florianópolis, o engenheiro civil, Carlos Roberto Olsen e pelo secretário de Planejamento e Obras, Clayton Bortoluzzi.

A finalização do projeto foi resultado do consenso sobre as pequenas alterações necessárias no projeto, que não irão comprometer no resultado final.

O que mudou

As alterações resumem-se na inclusão de um posto da Polícia Militar no Calçadão da Praça João Costa, com uma estrutura melhorada e vidros blindados, além da ampliação dos banheiros públicos e adequação dos estacionamentos, especificamente nas ruas Coronel Córdova e Nereu Ramos.

A expectativa é de que a obra esteja concluída em aproximadamente um ano após seu início. A revitalização vai contemplar as ruas Nereu Ramos, Coronel Córdova, parte da Correia Pinto, e todo o Calçadão da Praça João Costa. 

Sobre o Colégio Aristiliano Ramos, o prefeito Antonio Ceron argumentou permanência ou retirada do prédio do antigo Colégio Aristiliano Ramos não vai impedira licitação e nem o início dos trabalhos.

É uma mais uma notícia boa, de uma série que vem pela frente.

Legislativo sugere que se faça “Sessão Cidadã”

Através do requerimento 080/2017, de autoria do vereador Thiago Oliveira (PMDB), vem a sugestão para estudo de viabilidade à Mesa Diretora em instituir sessões especiais na Câmara Municipal com projetos apresentados diretamente pela comunidade.

Aprovado na sessão de segunda-feira (22), o objetivo do documento é assegurar o direito à participação direta no Legislativo aos cidadãos lageanos, permitindo que qualquer morador faça uso da palavra e proponha projetos durante as sessões instituídas especificamente para esse fim.

O autor da recomendação sugere a realização da “Sessão Cidadã” a cada três meses, na primeira quarta-feira de cada trimestre.           

Página 1 de 826