Categoria: Geral (Página 1 de 984)

Vem aí a Expolages 2017

A  Expolages acontece entre os dias 10 e 15 de outubro. O palco do evento, o Parque Conta Dinheiro aguarda expositores dos mais diversos segmentos.

Os animais seguem sendo as estrelas em meio aos negócios que fomentam a economia de Lages.

Conforme antecipa o presidente da Associação Rural, Márcio Pamplona, mais uma vez, a perspectiva em torno do evento é das melhores.

Pouco ou quase nada, se fala em crise. Pelo contrário. Segundo ele, os produtores seguem investindo em melhorias, na quantidade e na qualidade, gerando animais com o melhor padrão genético de Santa Catarina.

Mercado bovino

O otimismo do líder rural se deve à movimentação do mercado bovino, especialmente no Mato Grosso.

A leitura é de que por lá a procura é crescente, e os preços também estão reagindo para cima. Portanto, há evidência de que haverá reflexo, em breve, nas comercializações no território catarinense.

Outro fator que deverá movimentar o comércio animal nos próximos meses será a procura de aproximadamente 4 mil bovinos jovens para exportação, a exemplo do que aconteceu em 2015.

Atração nacional

Pela primeira vez a Expolages irá contar com uma exposição nacional de ovinos, da raça cara negra (hamshire dawn). Um animal de origem inglesa, considerado um bom produtor de carne, com rendimento médio de 50% a 60%. Está confirmado um grande volume desses animais, bem maior, inclusive, do que o registrado na Feira de Esteio (RS).

Além disso, como curiosidades, terá a participação de cães adestrados, e também de aves para a comercialização (galinhas), da raça Orpington, desenvolvida inicialmente na Inglaterra. Haverá também exposição especializada de cavalos manga larga, entre outros atrativos.

SC é o segundo estado mais competitivo do país

Com indicadores sociais e econômicos que são referência nacional, Santa Catarina é o segundo estado mais competitivo no país, aponta o Ranking de Competitividade dos Estados 2017, divulgado nesta quarta-feira, 20, em São Paulo, em evento com a presença do governador Raimundo Colombo.

Santa Catarina venceu ainda o Prêmio Excelência em Competitividade na categoria Destaque Internacional, diante da forte presença do estado no mercado externo.

As duas premiações são realizadas pelo Centro de Liderança Pública (CLP). No ranking geral, o estado tem melhorado a sua posição ano a ano.

Em 2011, Santa Catarina ocupou o sétimo lugar; em 2012 e em 2013, ficou em sexto; em 2014, alcançou a quinta posição; e em 2015 e 2016, ficou em terceiro.

 Neste ano, Santa Catarina subiu uma posição e ultrapassou o Paraná, garantido o segundo lugar geral, atrás apenas de São Paulo.

Pontuação

Merece destaque a evolução na pontuação catarinense, passando dos 74,3 em 2016 para 77,2 em 2017, enquanto a média nacional caiu de 50,2 para 47,9. São Paulo segue no topo com 87,8 e o Paraná ficou em terceiro com 71,1.

Apenas nove estados apresentaram melhoras em seus resultados nesta edição. Os resultados completos estão disponíveis no site www.rankingdecompetitividade.org.br.

O governador Raimundo Colombo comemorou o bom desempenho obtido por Santa Catarina, destacando a superação catarinense ao longo dos anos, em especial nos últimos anos diante do cenário de crise econômica nacional.

Entre os diferentes pilares do estudo, Santa Catarina ficou em primeiro lugar em segurança pública e em sustentabilidade social. Destacou-se ainda com o terceiro lugar em indicadores como infraestrutura, educação, capital humano e inovação. E no pilar potencial de mercado, pulou da 19ª posição para o 10º lugar entre todos os estados.

Mesmo com tanta evidência positiva, há ainda quem tenha os olhos voltados sempre para o negativo.

Fotos: Julio Cavalheiro/Secom

“Ações Sustentáveis do Campo à Mesa”

O Poder Legislativo Lageano envolvido em uma nova parceria na realização de eventos. Trata-se do projeto “Ações Sustentáveis do Campo à Mesa”, do Mesa Brasil Sesc, nesta quinta-feira (21) na sede da Câmara de Vereadores.

No dia seguinte, em várias instituições da área no município. Serão palestras e debates com pesquisadores e profissionais especialistas na área de Segurança Alimentar e Nutricional.

A programação é voltada aos parceiros doadores do Programa Mesa Brasil, instituições sociais cadastradas, acadêmicos, produtores rurais, e interessados no tema proposto.

Vale lembrar que no local, também haverá uma feira de produtos orgânicos (Agricultura Familiar da Região da Amures) e troca de sementes crioulas. As inscrições são gratuitas.

Nova vida à Praça dos Bandeirantes

Agora é torcer para que os vândalos não voltem a depredar a Praça dos Bandeirantes, localizada na Av. Marechal Floriano, próxima ao Unifacvest.

É que depois de muitos anos desativado o chafariz da Praça voltou a funcionar, graças a uma ação da Secretaria de Águas e Saneamento (Semasa) que “adotou” o espaço público proporcionou a revitalização geral do local.

Além da reforma do sistema de iluminação pública, ocorreu o plantio de flores, podas de árvores, trocas de peças do sistema hidráulico, do motor e bombeamento do chafariz, entre outros.

A Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Serviços Públicos também auxiliou na execução dos serviços de recuperação da Praça dos Bandeirantes.

O prefeito Antonio Ceron e o vice Juliano Polese prestigiaram o ato de entrega na noite de segunda-feira (18).

Fotos: Ari Junior e Toninho Vieira

CDL, ambulantes e a repercussão negativa

A Câmara de Dirigentes Lojistas de Lages entrou na velha ferida que tem gerado muita discussão e pouca prática, no que tange à normatização dos ambulantes, ou, mais precisamente, no combate aos que atual em desacordo com a lei, sem cumprir com as obrigações tributárias, trabalhistas e sociais.

Sendo assim, a  CDL combatido o comércio ambulante ilegal e clandestino. Há mais de 10 anos, busca por intermédio dos órgãos fiscalizadores, métodos mais eficazes de fiscalização como forma de coibir esta prática ilegal, mas sem conseguir efetivamente o objetivo.

Uma solução

Uma solução encontrada foi a alteração da Lei Complementar 448/2014, que dispõe sobre o Comércio Ambulante no Município de Lages, para que em seu artigo 22, haja a informação da possibilidade de realização de convênio entre a Prefeitura Municipal de Lages e o Estado de Santa Catarina, através da Polícia Militar (PM), que teria então, a partir de termo de convênio próprio, a atuação delegada de fiscalização. Este formato já é praticado em muitas cidades brasileiras, e com resultados positivos.

Responsabilidade do município

Vale ressaltar que o município não deixa de ser o responsável pela fiscalização, através da Secretaria de Serviços Públicos e Meio Ambiente, apenas tem um reforço a mais, por meio da gestão compartilhada com a PM/SC, no caso de Lages por intermédio do 6º Batalhão de Polícia Militar.

Referência aos vereadores

Por todo o empenho realizado até aqui e pela certeza do benefício que a realização deste convênio trará para a nossa cidade e o seu desenvolvimento,  é que houve uma grande repercussão negativa entre a Diretoria da CDL e seus associados, pela não aprovação do projeto que tramitou na sessão do dia 12 de setembro na Câmara de Vereadores de Lages, com 12 votos contrários à alteração de Lei.

Eventos transitórios

Paralelo à reivindicação da fiscalização de ambulantes ilegais e clandestinos, a CDL Lages com o apoio da Federação das Câmaras de Dirigentes Lojistas de Santa Catarina (FCDL/SC), também atua fortemente em ações de conscientização sobre o prejuízo da realização de feiras e eventos transitórios que tem a prática da comercialização de produtos ilegais e pirataria no comércio de Lages.

(Informações e fotos: Catarinas)

Infracea: conversa na ACIL

Conforme estava previsto, a diretoria da Associação Empresarial de Lages (ACIL) recebeu nesta segunda feira, 18/09, Fernando Siqueira, Lilia Siqueira e Luis Cesar Santos, diretores da Infracea Controle do Espaço Aéreo, Aeroportos e Capacitação Ltda,

Foi a empresa vencedora da licitação para administrar o Aeroporto Federal Antonio Correia Pinto de Macedo, em Lages. Esta é a mesma empresa que já atua no canal de inspeção (raios x) do aeroporto.

A Infracea assumiu a administração do aeroporto nesta segunda feira (18), segundo Siqueira a transição será um processo tranquilo de se fazer.

A empresa tem um prazo de 30 dias para efetivar esta transição, mas ele acredita que bem antes disso será concluída.

Ele contou ainda que já iniciou a contratação de funcionários, inclusive os atuais gestores do aeroporto, Klaus Klinger e George Picinato já foram contratados para exercerem a mesma função.

 Um estudo da vocação do aeroporto e uma reunião com os diretores da Azul Linhas Aéreas, estão nos planos dos empresários.

(Fotos: Scheila Rosa)

Gabriel monta gabinete itinerante

O plenário da Câmara de Vereadores de Bocaina do Sul lotou para acompanhar o Gabinete Itinerante do deputado Gabriel Ribeiro. Durante uma hora e meia, na noite de segunda-feira, 18,a população expôs as suas reivindicações, que serão encaminhadas pelo parlamentar.

Antes de ouvir a comunidade, Gabriel Ribeiro explicou a função de um deputado e apresentou ações em dois anos de mandato.

As reivindicações de Bocaina se misturam entre anseios estaduais e locais. O que não for da alçada estadual, o deputado fará o encaminhamento para os órgãos competentes.

Um dos pontos mais enfatizados pelos moradores é a construção de uma unidade de saúde com gabinete odontológico na comunidade de Campinas, para o qual Gabriel Ribeiro buscará o apoio da Secretaria de Estado da Saúde.

Um dos compromissos assumidos pela parlamentar com a comunidade é a ajuda para a construção de um espaço para os grupos do vime (produção forte em Bocaina) e Sabores da Terra.

Outras duas reivindicações vão ser encaminhadas pelo deputado sob a forma de indicações, pois são atos exclusivos do Poder Executivo.

(Informações e fotos: Tarcísio Poglia)

Nota de Esclarecimento sobre o Águia 4

O Governo do Estado de Santa Catarina esclarece que o helicóptero Águia 4 da Polícia Militar, sediado em Lages desde maio de 2015, não está parado por falta de combustível. A aeronave está devidamente abastecida, porém, encontra-se inoperante desde o último fim de semana devido à necessidade de manutenção programada e obrigatória para a troca de uma peça chamada FCU, que funciona como um carburador do helicóptero. O comando da 5ª Companhia do Batalhão de Aviação da PM já está providenciando o componente novo, que é fabricado na França e será importado de lá, e nos próximos dias o Águia 4 voltará aos céus da Serra Catarinense.

Página 1 de 984