Categoria: Geral (Página 1 de 995)

Governador nomeia novo desembargador do TJSC

O governador Raimundo Colombo nomeou o procurador de Justiça Sidney Eloy Dalabrida (foto) novo desembargador do Tribunal de Justiça de Santa Catarina, em vaga destinada ao Ministério Público por meio do Quinto Constitucional.

O ato foi publicado no Diário Oficial do Estado desta segunda-feira, 23 de outubro. 

MP e prefeituras juntos no combate à sonegação fiscal

Prefeitos, secretários municipais de Fazenda, fiscal de tributos, procuradores e responsáveis pelo setor de arrecadação das prefeituras dos 18 municípios da Serra Catarinense são convidados a participar na manhã desta terça-feira (24), de encontro com a Coordenadoria do Centro de Apoio Operacional da Ordem Tributária, do Ministério Público Estadual.

Na pauta o Programa de Saúde Fiscal dos Municípios, que objetiva combater a evasão fiscal e a renúncia de receitas das prefeituras.

O encontro no auditório da Associação Empresarial de Lages (Acil), inicia às 9 horas e se estende até final da manhã. O Promotor Giovanni Andrei Franzoni Gil, coordenador estadual do programa, discutirá com os municípios sobre as ações que estão sendo realizadas para combater a sonegação fiscal.

A geada foi danosa aos pomares serranos

A geada obviamente tem uma beleza singular, mas na época certa. Estive em São Joaquim nesta segunda-feira (23), e acompanhei algumas declarações de produtores e de especialistas sobre o fenômeno danoso fora de seu tempo.

Há mais de 20 anos não era registrada uma geada tão forte neste período, e em plena Primavera.

Os fruticultores são os mais preocupados. Não podiam, claro, prever uma mudança brusca da temperatura, desse jeito. Aliás, dizem que não tiveram nenhum alerta da Defesa Civil. O meteorologista Ronaldo Coutinho, da Climaterra, alertou, mas teve quem não acreditou.

Pelas informações, a geada foi danosa para a cultura da maçã que poderá ter, agora, um prejuízo significativo. Entre os principais efeitos da geada na cultura da maçã estão a queda do fruto, podendo também ocasionar o anelamento no fruto e russeting (dano fisiológico também ocasionado por frio excessivo).

Nos próximos dias, os produtores deverão avaliar o impacto da geada na produção sobre a qualidade e quantidade frutos. Inclusive, na uva.

Para esta terça (24), o fenômeno pode se repetir em menor intensidade e pontual. Não se descarta frio e geada, em novembro, inclusive.

(Informações e foto: Agência de Notícias São Joaquim Online)

Frio e geada em plena primavera

As cidades de São Joaquim e Urupema, no alto da Serra da Serra Catarinense, registraram uma forte geada em grande parte de seu território na manhã desta última segunda-feira (23) deixando os campos brancos e encobertos por uma densa camada de gelo.

Pelas ruas os automóveis também ficaram encobertos pela geada e tiveram seus para-brisas tomados por uma crosta de geada que se tornou difícil para raspar.

 

De acordo com o Climaterra as menores temperaturas registradas em São Joaquim foram de -3.0º no Vale do Cruzeiro, -2.7ºC na Estação do Caminhos da Neve.

No Cruzeiro foi a maior geada em mais de 20 anos, na estação mais antiga, deu -3,0°c com -8,4°C/relva, recorde no mês de outubro.

(Informações e fotos: Mycchel Legnagi – São Joaquim Online)

Aeroporto domina pauta do Gabinete Itinerante

O deputado estadual Gabriel Ribeiro (PSD) tem percorrido a região em conversa com lideranças, a partir do Gabinete Itinerante. Nesta sexta-feira (20), esteve em Correia Pinto.

Em meio à pauta, o futuro do Aeroporto Regional. Aliás, foi o assunto predominante.  Afinal, pelo que foi informado, o aeroporto está com todos os equipamentos prontos para operar, restando acertar os detalhes da administração com a Infraero.

Complicado. Ninguém consegue compreender a condução do processo desse Aeroporto, uma vez que, o de Lages, obteve altos investimentos e tem hoje um gestor terceirizado.

A comunidade da região carece de uma explicação clara sobre como as coisas deverão funcionar, caso o de Correia Pinto possa iniciar as operações.

Deixo essa responsabilidade nas mãos dos gestores políticos e empresariais de Lages e Região.

(Foto: Nilton Wollf)

Epagri anota as demandas dos piscicultores da Serra

O pessoal da Epagri, responsável pela antiga Base Avançada de Painel (BAP), e que agora se transformou no Campo Experimental de Piscicultura, se reuniu com piscicultores durante todo o dia nesta sexta-feira (20), lá mesmo na Estação ou Campo.

Neste encontro foram colhidas as demandas, as necessidades e as dificuldades para que seja aplicada em sintonia com os produtores, uma linha de trabalho.

A reunião também serviu para que a Epagri reúna informações para a elaboração do Plano Plurianual (PPA 2018-2021).

Com os produtores de truta

Pela manhã, a reunião contou com produtores de truta. E um dos problemas conversados foi a respeito da produção de alevinos da espécie que estão cruzando entre si, o que diminui o vigor dos peixes e a qualidade.

Mas que, com a estrutura que está sendo montada lá no campo, haverá laboratório para pesquisa, e a partir de parcerias, inclusive, com o CAV, e irem busca de soluções como matrizes em outras regiões, e eliminar os parentescos entre os alevinos da truta.

Dedo da Acatruta

E digo mais. Tudo o que está acontecendo de bom para a produção dos peixes na estrutura do Campo Experimental teve o dedo da Associação Catarinense de Truticultura (Acatruta).

Foi a entidade que lançou o desafio e lutou pela conquista, e conseguiu. O presidente Vilso Isidoro ressaltou que o local será um marco para a Região, tanto para a criação de truta, quanto para outras espécies. Como produtor de truta, ele tem agora a certeza de que o projeto vai deslanchar, assim que a estrutura para atuar na melhoria genética, estiver pronta.

Conhecendo a estrutura

Por fim, lembro que a reunião com os piscicultores também serviu para apresentar a todos a estrutura do local, e para dizer que ninguém ficará desassistido. Pois, 4 técnicos darão suporte para o setor nos 18 municípios da Amures. Além disso, a criação de alevinos de espécies nativas poderá começar em breve. É o novo momento para a piscicultura serrana.

Em Curitibanos começa a Semana do Contestado

Chega-me a informação de que a Semana do Contestado, em Curitibanos, começou nesta sexta-feira, dia 20 e vai até o dia 27 de outubro.

O marco dessa semana se deu em função de uma visita do prefeito, José Antonio Guidi, do secretário de Educação Kleberson Lima e do historiador e chefe de gabinete, Aldo Dolberth ao Museu Histórico Antonio Granemann de Souza.

Lá foram recepcionados pela equipe que conduz os trabalhos em uma das referências históricas mais importantes do Estado de Santa Catarina, pelo conteúdo cultural e os desdobramentos de fatos que até hoje refletem no cotidiano local.

Durante a visita, Aldo Dolberth surpreendeu os presentes ao apresentar uma escultura de uma das protagonistas da Guerra Sertaneja do Taquaruçu – Maria Rosa, em madeira, produzida por ele.

A Semana do Contestado foi instituída pela Lei Municipal 5.622/2015, e no Estado, foi instituída em 2002, com a Lei 12.143.

O principal objetivo de celebrar a Semana do Contestado é fazer com que o evento seja lembrado anualmente e passe a integrar o calendário cultural da cidade.

(Informações e fotos: Ascom Prefeitura de Curibanos)

Etc & Tal

  • Em Lages, entre 16 a 18 de outubro, aconteceu o Circuito Estadual de Cinema Infantil. Foram sessões gratuitas matutinas e vespertinas no Teatro Municipal Marajoara para crianças da rede pública de ensino. O evento surgiu da necessidade de ampliar a ação da Mostra de Cinema Infantil de Florianópolis, levando os curtas-metragens brasileiros exibidos durante o evento na capital para os outros municípios catarinenses.
  • Neste final de semana, na pista Júlio César Sens, ao lado do Ginásio Jones Minosso, acontece a 4ª etapa do Campeonato Catarinense de Bicicross. Serão cerca de 250 participantes de diferentes municípios catarinenses, e também dos estados do Rio Grande do Sul e Paraná. A equipe lageana participará da disputa com um total de 16 pilotos em diferentes categorias.
  • A Prefeitura de Lages, através da Secretaria de Agricultura e Pesca, realizou, na tarde desta sexta-feira (20 de outubro), a entrega de um trator novo para a Comunidade Rural Organizada (CRO) de Santa Terezinha do Boqueirão. O maquinário, no valor de R$ 115 mil, foi adquirido através de uma emenda parlamentar federal, sendo 80% dos recursos provenientes da emenda e o restante de uma contrapartida do Município.

Página 1 de 995