Autor: Paulo Chagas (Página 2 de 1396)

Deputado Coruja escolheu homenageado

Por indicação do deputado Fernando Coruja, o médico lageano Celso Anderson de Souza será homenageado na  Assembleia Legislativa de Santa Catarina, na próxima segunda-feira (20/11), às 19h, durante sessão solene de entrega de Comenda do Legislativo para pessoas e entidades com destacada atuação na comunidade.

O deputado justificando a indicação, ressaltando que  o  médico ginecologista e obstetra, aos 90 anos continua atuante, atendendo  pelo SUS no Posto de Saúde num bairro de Lages, em seu consultório e também repassando conhecimento aos alunos do curso de Medicina, na Universidade do Planalto Catarinense – Uniplac.

Para Coruja, como político, coordenou projetos inovadores e fez história. Como cidadão, é um exemplo de fé, bondade e vitalidade.

(Foto: divulgação)

Município ainda aguarda pelos recursos

Imagine você se o Lages estivesse até agora dependendo dos recursos federais para atender às necessidades causadas pela enchente do meio do ano.

A decretação de situação de emergência é necessária, mas, depois, esbarra num processo burocrático sem fim.

Seis meses depois e nada dos recursos do Governo Federal para suprir os gastos com a enchente de junho passado.

Felizmente o Município teve o apoio da Defesa Civil de Santa Catarina e conseguiu com recursos próprios, por exemplo, recuperar todas as pontes do interior levadas pelas águas.

Mas, o prefeito Antonio Ceron tem esperança de que tais recursos ainda entrem nos cofres, e cubram parte dos gastos em razão dos prejuízos com a chuva e a enchente.

Revitalização do Centro de Lages só em 2018

Mesmo que se quisesse seria difícil iniciar as obras de revitalização do Centro de Lages ainda este ano. Pois, depende da finalização do processo de licitação, que deverá ser lançado no final de novembro, e cumprindo o prazo, somente para janeiro de 2018 em diante.

Nesse meio tempo, a parte da demolição do velho prédio do Aristiliano Ramos deverá estar executada.

Este um resumo do que o prefeito Antonio Ceron revelou em uma entrevista a este espaço e também ao Lages Hoje.

Ceron: o que a imprensa não fala

O prefeito Antonio Ceron, em meio à coletiva com o deputado estadual Sílvio Dreveck disse que a imprensa fala do tomógrafo estragado e da dívida da saúde do Estado.

Mas não coloca nenhum contraponto. Por exemplo, de que o Governo do Estado preferiu não aumentar impostos. Se tivesse seguido o exemplo de outros estados, estaria hoje com a dívida da saúde zerada e com dinheiro em caixa. “Isso ninguém fala!”, lamentou.

O prefeito Ceron defende Raimundo, e sente na pele os efeitos das notícias ruins

Além disso, apesar de todas as dificuldades é um Estado que nunca deixou atrasar um dia sequer os salários dos servidores, e tem hoje a maior taxa de emprego do Brasil, e fez investimentos em todos os campos.

Se fosse enumerar os pontos positivos do Governo, a lista seria grande. Mas, o que há de negativo é o que rende notícia.

Ceron tem razão. Infelizmente este é o viés do gestor público. A repercussão é sempre maior quando a notícia bate forte pelo lado ruim.

César Souza Filho comunica emendas do pai

Em meio ao movimento da visita do deputado estadual e presidente da Alesc, Sílvio Dreveck (PP), o prefeito Antonio Ceron também recepcionou o deputado estadual César Souza Filho (PSD).

Boas notícias para os cofres da Prefeitura. O secretário de Administração e Finanças, Antonio Arruda acompanhou de perto o comunicado.

Ele veio informar Ceron de que está garantida uma emenda do deputado pai, o federal Cesar Souza, também do PSD, de R$ 400 mil reais para serem investidos em diversos setores da Prefeitura.

Além disso, na companhia do vereador Jean Pierre (PSD), também o comunicado de que o federal Cesar Souza garantiu para a Secretaria da Saúde de Lages, um Odontomóvel, numa reivindicação do vereador Jean Pierre, no valor de R$ 200 mil e que deverá ser adquirido ainda no primeiro semestre de 2018.

Conforme informações, o deputado federal César Souza foi quem mais conseguiu emendas parlamentares para Lages, depois da deputada Carmen Zanotto, em 2017. Foram aproximadamente R$ 1,5 milhões.

Dreveck afina discurso entre PP e PSD

Em roteiro pela região desde a última quarta-feira (15), do deputado estadual e presidente da Assembleia Legislativa esteve na manhã desta sexta-feira (17), visitando o prefeito Antonio Ceron.

Na ocasião, com a participação da imprensa, relatou os feitos da Assembleia e a importância dela na socialização dos trabalhos pelo Estado.

Politicamente ratificou a parceria do Partido Progressista (PP), com o PSD, numa composição que vem sendo articulada há bastante tempo, visando obviamente não deixar para acertar tudo às vésperas das eleições em 2018.

Seja como for, a presença dele na região fortaleceu ainda mais os laços entre os dois partidos, o PP e o PSD, na região.

Chape garante permanência na Série A

A Chapecoense precisou renascer nas cinzas após o acidente aéreo que vitimou a equipe no dia 29 de novembro de 2016, na Colômbia.

Mesmo com todo o peso da tragédia, um novo grupo de jogadores se formou. E, entre altos e baixos, conseguiu, ao vencer o Vitória (2 X 1), de virada, na noite desta quinta-feira (16), na Arena Condá, em Chapecó, confirmar a permanência na elite do futebol brasileiro em 2018, chegando aos 47 pontos.

 Após a confirmação, os jogadores comemoraram no vestiário aos gritos de “vamos, vamos, Chape”, exatamente como fez o time vitimado em 2016.

O presidente do Clube, Plinio De Nês, disse que o time se superou e foi muito além do normal. É que no início do Campeonato, muitos da imprensa esportiva não acreditavam que o grupo recém-formado teria condições de sobreviver na Série A.

Já o Avaí precisará de um milagre para sobreviver ao rebaixamento.

Moção de repúdio ao Secretário da Saúde

A declaração, realmente infeliz do secretário de Estado da Saúde, Vicente Caropreso, a respeito dos exames de mamografia no Hospital Tereza Ramos, em Lages, repercutiu mais do que se esperava.

O  vereador Lucas Neves (PP) está colhendo assinaturas dos demais vereadores para apresentar  uma moção de repúdio na sessão da próxima semana.

É por aí. Como vereador e representante da população lageana, não pode aceitar que se faça uma declaração totalmente descabida para um homem da posição do Secretário.

Quero crer que haja unanimidade entre os vereadores, e assinem a moção. Aliás, depois dessa não vejo nem motivo para Caropreso vir a Lages novamente. Nada justifica a asneira que falou para todo o Estado ver.

Página 2 de 1396